Saiba como consultar a tabela Fipe

A tabela FIPE é extremamente útil para aqueles que estão em busca da venda ou compra de um veículo, pois com ela é possível estimar o valor exato do automóvel.

Através deste artigo será possível saber como consultar tabela Fipe gratuitamente.

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas já é muito conhecida em nosso país, sendo uma entidade sem fins lucrativos com direito privado. A tabela FIPE é divulgada mensalmente com valores de veículos usados ou zero quilômetro.

Sendo assim, ela é fundamental no cotidiano de muitos brasileiros pois ela sempre considera os valores exatos que são praticados em todo o território nacional. A seguir você saberá melhor como funciona esta tabela e como consultá-la.

Como a tabela Fipe é calculada?

Todos os valores que são demonstrados na tabela Fipe são baseados em coletas de preços de carros, caminhões e motos, usadas ou novas em todo o mercado nacional. Tais números são então analisados por pesquisadores que estabelecerão seu valor final.

O papel dos pesquisadores é descartar os preços muito baixos ou muito altos para evitar discrepâncias estatísticas. A partir disso, os valores são filtrados e o que resta são utilizados para criar uma média, e ela estará presente quando você consultar tabela Fipe.

No início de cada mês, os pesquisadores do órgãos responsáveis atualizam a tabela Fipe para que esta sempre siga o andamento do mercado nacional. Sendo assim, você sempre poderá confiar nos valores que nela estarão presentes.

Tabela Fipe para indenização de seguros

É possível consultar tabela Fipe no caso de indenização de seguros, já que este é um valor pago para o segurado quando o veículo em questão sofre perda total ou não é recuperado após um furto ou roubo.

Para estabelecer o valor do seguro, é necessário saber que o mesmo equivale ao valor do capital segurado da apólice, que é o valor máximo que o segurado poderá receber no caso de um automóvel com cobertura.

Além do mais, a indenização varia conforme a apólice fechada pelo segurado no momento da contratação. O valor estipulado pode então ser pré-determinado ou seguir à risca o que está presente na tabela Fipe.

Como consultar tabela Fipe

Para consultar o valor de um veículo através da tabela Fipe, basta que você tenha em mãos um dispositivo com acesso a internet. Ademais basta prosseguir da seguinte forma:

  • Acesse o site oficial da tabela Fipe; https://veiculos.fipe.org.br/
  • Clique agora no tipo de veículo que você deseja consultar tabela Fipe entre carros utilitários e pequenos, motos, caminhões e micro-ônibus;
  • Independente do tipo de veículo escolhido, os próximos passos serão os mesmos;
  • Será necessário que você preencha os campos com a marca do veículo, modelo e ano de fabricação. Feito isso, clique em “Pesquisar”;
  • Uma tabela será aberta automaticamente e nela constará o mês de referência que pode ser usado por você. Ao final da tabela Fipe você poderá visualizar o preço médio do veículo;
  • Caso seja do seu interesse saber o preço dos meses anteriores, basta mudar o período de referência;

Novos investimentos para 2019

Investir em 2019, é uma das opções que os mais brasileiros mais têm procurado, porém, para saber quais são os novos investimentos para 2019, é preciso conhecer as principais tendências para este mercado. Assim, você não erra na hora de plicar o seu dinheiro, podendo ter o retorno desejado.

Com a crise econômica brasileira, o modo de investir no país acabou sendo alterado, criando assim, novas possibilidades de investimento. Assim, tanto aqueles que possuem muito dinheiro, como os que possuem pouco dinheiro, podem fazer os seus investimentos.

Saiba onde investir em 2019

A renda fixa, vem perdendo a sua atratividade, assim, novos investimentos para 2019, com aplicações mais arrojadas, estão ganhando a preferência dos investidores. Veja a seguir algumas opções:

Mercado de ações;

Investir na bolsa de valores, mesmo para os investidores mais conservadores, pode ser uma boa opção para o ano de 2019. Como os planos para a privatização de diversas empresas, faz parte do novo governo, isso promove a entrada e o crescimento de muitas companhias na bolsa de valores.

Por isso, é importante manter sempre os mesmos cuidados, optando por investir em ações de empresas sólidas, para não lidar com a incerteza.

Fundos imobiliários;

Um outro setor que promete render bons lucros para novos investimentos em 2019, são os fundos imobiliários.

Este tipo de negócio funciona da seguinte maneira, um grupo de pessoas investidoras, aplicam o seu dinheiro em diversos tipos de empreendimentos imobiliários que já estão em funcionamento. O retorno, vem através das locações, vendas ou arredamento destes imóveis.

Uma boa opção para investir neste seguimento, que dá muito retorno, é em prédios comerciais, e shoppings de grandes cidades.

Franquias;

Para quem possui dinheiro e está querendo empreender, a franquia pode ser uma ótima opção para você. Existem franquias de todos os aportes iniciais, então, para as pessoas que possuem pouco dinheiro, assim como para aquelas que possuem muito dinheiro para investir, este é um negócio.

A grande vantagem de investir em uma franquia, é pelo fato de você já está comprando um modelo de negócio pronto, que já conhecido pelo público, e possui solidez no mercado.

Desta forma, as chances deste negócio ser um sucesso, são altas, prometendo também haver um bom retorno financeiro. Porém, vale ressaltar que, este tipo de investimento, possui uma renda variável.

Títulos de Renda Fixa;

Alguns dos títulos poderão se manter fortes durante o ano de 2019, por isso, os investidores que possuem um perfil mais conservador, devem optar pelos investimentos que tenha retorno garantido, logo no início da aplicação.

Novos investimentos para 2019

Neste seguimento, os que mais se destacam são:

  • Títulos públicos do Tesouro Direto;
  • CDBS
  • Letras de Crédito

Para escolher a melhor opção, é necessário averiguar as taxas que são praticadas para um cada um destes investimentos, e escolher entre aquele que possui o maior percentual de faturamento do CDI.

O segredo para não errar, é sempre conhecer bem o tipo de investimento que você vai fazer, mantendo uma reserva em caixa, caso algum imprevisto venha a acontecer.

Como vimos aqui, existem investimentos atuais, para todos os tipos de pessoas, com muito, ou pouco dinheiro. Assim, para quem está em busca de começar a investir, ou ampliar os seus investimentos, ter estes conhecimentos é essencial.

É importante também que você conheça o seu perfil investidor, que você saiba o porquê está investindo, e em quanto tempo você precisará resgatar o seu dinheiro.

Desta menira, conhecendo as principais tendências para novos investimentos em 2019, fica mais fácil tirar os seus planos do papel, e começar a ter renda através de investimentos, para assim realizar os seus sonhos.

Investimento para Ganhar Dinheiro

Atualmente, devido à crise econômica que o nosso país vem enfrentando, e a alta taxa de desemprego e desvalorização dos profissionais no mercado de trabalho, surgiu uma nova demanda de investimento para ganhar dinheiro, e conseguir ter aquela renda extra, ou um novo negócio.

A verdade é que, existe uma vasta lista de investimento para ganhar dinheiro, e negócios para ter dinheiro, porém, é importante conhecer quais são as principais tendências de investimento, para que você possa ter lucro, e se destacar no mercado.

Existem negócio que podem ser desenvolvidos dentro da sua própria casa, para que assim, você não precise investir muito, e ainda assim possa ganhar dinheiro.

Investimento para Ganhar Dinheiro

Conheça algumas ideias de investimento para ganhar dinheiro

Além de ter dinheiro para investir, que neste caso, não precisa ser muito, é importante que você tenha criatividade e muita dedicação, para que o seu negócio possa dar certo, trazendo para você os rendimentos desejados.

Trabalhe com marketing digital;

O marketing digital, é uma das áreas que mais cresce no país, chamando a atenção de empresas de todos os portes, e dos mais diversos tipos de seguimentos. Além disso, para trabalhar com o marketing digital, você não precisa ter muito dinheiro para investir, e pode fazer isso sem sair de casa.

A criação de infoprodutos por exemplo, pode render bons lucros, através de vendas no facebook, usando estratégias de e-commerce.

Tenha uma franquia;

As franquias também estão na lista do investimento para ganhar dinheiro. Existem vários tipos de franquias, de diferentes valores, por isso, para quem tem muito, ou para quem tem pouco dinheiro, esta pode ser uma ótima opção.

Elas são uma boa opção, porque já chegam totalmente planejadas e montadas, com um modelo especifico de atendimento. Por isso, é necessário que você tenha somente o dinheiro pata investir, e muita força de vontade para fazer dar certo.

Comida fitness;

As comidas saudáveis, estão em alta no mercado, as pessoas estão cada vez mais preocupadas em se alimentar de forma saudável, porém, com a correria doa dia a dia, acabam não tendo tempo para fazer a sua própria comida.

Com isso, se abriu um mercado vasto de comida saudável, onde o seu investimento pode ser em um restaurante, em lanchonete, ou fazendo marmitas para atender este público.

Hospedagem de animais;

Sabemos que as pessoas que tem pets de estimação, amam os seus animais como se fossem alguém da sua família. Por isso, procuram sempre oferecer o melhor para eles.

Uma boa opção de investimento, que tem se tornado muito popular no Brasil, são as hospedagens para pets, onde quando os seus donos vão viajar, eles ficam em hotéis destinados a animais.

Este investimento, não precisa necessariamente ser alto, porém, você vai precisar ter um local adequado, que atenda a todas as necessidades dos pets, e também uma equipe preparada para lidar com eles.

O retorno deste investimento tende a ser bom, principalmente nas grandes cidades.

Investimentos financeiros;

Uma outra forma de investir, é através dos investimentos financeiros, onde existem muitas opções no mercado.

Para que você possa fazer um bom investimento que vai te dar retorno, o principal é conhecer o seu perfil de investidor, e ter em mente o que você deseja fazer com este dinheiro, para escolher entre um investimento de curto ou longo prazo.

Estas são algumas opções de investimento para ganhar dinheiro, que podem atender tanto as pessoas que possui um alta valor para investir, assim como aqueles que não tem muito dinheiro, mas que desejam investir.

Sendo assim, agora você já conhece opções de investimento para ganhar dinheiro, podendo fazer investimentos de diferentes formas.

Investimento no Brasil

Hoje em dia muitos brasileiros sonham em conquistar sua independência financeira trabalhando por conta própria e mantendo uma lucratividade. Mas poucos sabem qual o melhor investimento no Brasil.

É muito importante levar em consideração o seu perfil e as suas aptidões quando se busca por investir em algum negócio. Esses fatores contribuem para que o negócio tenha sucesso e boa administração.

Para um investimento no Brasil, não precisa ter muito dinheiro, nessas horas, vale muito a criatividade e a persistência de cada pessoa. Sem contar que é possível ter ajuda dos bancos e financiadoras para se ter uma linha de crédito, o que ajuda muito todos os negócios do Brasil.

Investimento no Brasil

Investimento no Brasil, qual o melhor?

Já destacamos que você deve levar em consideração seu sonho, seu perfil e suas aptidões na hora de escolher um ramo para se investir.

Mas, com a finalidade de te ajudar na hora da escolha, separamos alguns segmentos quem veem se destacando como negócios do Brasil e que são promissores para o futuro.

  1. Alimentação: o setor de alimentação é um que não para de crescer, ele está cada vez mais se inovando e apresentando novas tendências para o mercado. Um investimento no Brasil que tem apresentado excelentes resultados é a franquia de quiosques, ele é uma ótima opção para as pessoas que desejam começar seu próprio negócio, mas que ainda não possuem muito dinheiro para investir. A franquia de quiosques são fáceis para se gerenciar, podendo ser comprada por aqueles que não tem nenhuma experiência nesse ramo. Outra tendência de negócios no Brasil que está em constante crescimento, são as redes de comida saudáveis e orgânicas. Uma grande demanda desse segmento surgiu nos últimos anos, tudo isso devido ao crescimento de pessoas que buscam uma vida saudável e qualidade de vida;
  2. Educação e tecnologia: Como a educação no Brasil não vem sendo considerada das melhores. As franquias desses segmentos foram lançadas com finalidade de ajudar jovens, adultos e até idosos a melhorarem seus índices nos estudos e até mesmo seu desenvolvimento pessoal. Nos últimos dez anos, as escolas vêm investindo em tecnologias que ajudam seus alunos como: inteligência artificial, experiências virtuais, entre métodos. Essas ferramentas estão sendo utilizadas por novas e antigas empresas que tem investimento no Brasil, e elas estão cada vez mais obtendo sucesso com essa nova metodologia;
  3. Serviços inovadores: Nesse segmento de investimento no Brasil, vale tudo o que for “diferente” ou seja todo serviço que foge do comum no dia a dia. São exemplos: franquias de portaria, telecomunicações, aluguel de bagagem. Outro ramo que continua em ascensão são os negócios no Brasil voltados para os animais, o setor PET faz sucesso, pois os consumidores buscam oferecer uma vida confortável e saudável aos seus animais de estimação.

Dica importante para quem deseja ter um investimento no Brasil

Uma dica importante e valiosa para todas as pessoas que estão pensando em um investimento no Brasil, seja ele no ramo de franquias ou particular é começar o marketing cedo.

Muitos empreendedores que estão iniciando seu negócio gastam todo o seu tempo e seu dinheiro na concepção e lançamento do novo produto, mas quando chega a hora de investir no marketing e anunciar a novidade já estão sem recursos financeiros.

Logo no começo, assim que você pensar no seu investimento no Brasil, pesquise por meios efetivos e de custos baixos para atingir seu consumidor. E quando tiver obtendo lucros, reinvista em marketing, pois quanto mais melhor.

Ter um investimento no Brasil é um dos muitos sonhos dos brasileiros. Mas escolher o ramo correto é primordial para se ter sucesso durante toda a caminhada.

Investimentos com Maior Rentabilidade

Fazer investimentos com maior rentabilidade, é o que todas as pessoas que estão começando a investir desejam. Mas, para que isso seja possível, é muito importante conhecer mais sobre investimentos altos, para que você não erre na hora de aplicar o seu dinheiro em algum lugar.

Quando pensamos em investir, a primeira coisa que nos vem à mente é a poupança, mas, há tempos ela já deixou de ser um investimento com maior rentabilidade, apesar de ser muito segura.

Sabemos que o país vem passando por uma crise econômica, e isso, afeta diretamente os meios de investimentos, e o quanto eles podem ser rentáveis e seguros. Por isso, a melhor dica é sempre procurar um investimento que tenha o seu perfil, e diversificar a sua carteira.

Investimentos com Maior Rentabilidade

Conheça os investimentos com maior rentabilidade

Na hora de escolher um investimento para colocar o seu dinheiro, é importante observar além da rentabilidade, também a liquidez, e o que você deseja fazer com este dinheiro, se o investimento é a longo, ou a curto prazo. Para que assim, você escolha um tipo de investimento que realmente vai atender as suas necessidades.

Investimento a curto prazo:

CDB de liquidez diária;

O CDB é um tipo de investimento popular, que significa Certificado de Depósito Bancário. Ele é um empréstimo onde você empresta um capital para o banco, para que ele possa fazer empréstimos para os seus clientes.

Neste caso, a rentabilidade está nos juros que o banco vai te devolver sobre o valor que você emprestou. A rentabilidade, se aproxima da taxa Selic, tendo um aporte inicial de R$ 1.000,00.

LCI e LCA;

A Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e a Letra de Crédito Agronegócio (LCA), são bem parecidas, só o que muda, é onde o banco vai aplicar o seu dinheiro.

Você pode encontrar estes investimentos em opções de curto prazo, que vão de 90 a 180 dias. Sendo que o seu rendimento é de 90% a 96% do CDI.

Ele possui isenção de imposto de renda, e tema data e a rentabilidade acordados no momento do investimento.

Fundos DI;

Eles, são Fundos de Renda Fixa Referenciados DI, nele, o indicador de rentabilidade, acompanha o benchmark. Ele possui a taxa básica de juros Selic, ou dos títulos indexados ao CDI.

Para investir nesta modalidade, o investimento mínimo deve ser de 95% do valor total de investimento em títulos públicos que são atrelados à Selic, ou em títulos privados de baixo risco.

O rendimento neste caso, pode ser superior a 100% do CDI, mesmo diante das reduções.

Veja quais são pontos importantes do Fundo DI

Veja quais são os pontos importantes que devem ser observados para investimentos com maior rentabilidade:

  • Acompanha a taxa básica de juros Selic, ou os títulos indexados ao CDI,
  • Ele é o fundo mais conservador entre todos os fundos;
  • É indicado para os investidores que desejam proteger o seu patrimônio;
  • O investimento pode ser resgatado a qualquer momento, sem haver período de carência, e sem comprometer o rendimento.

Estes, são os investimentos com maior rentabilidade no momento. Porém, existem ainda outras opções para investir, como já mencionamos aqui, é importante estar atendo ao seu perfil investidor, e ao que você planeja fazer com o seu dinheiro investido.

Assim, você poderá escolher corretamente o investimento que vai trazer para você alta rentabilidade, e que seja seguro para o que você planeja.

Sendo assim, foi possível conhecer os investimentos com maior rentabilidade, que estão disponíveis no mercado, e entender melhor como cada um deles funciona. Assim, você está pronto para fazer o seu investimento, e ter alta rentabilidade para concluir os seus projetos.

Investir Dinheiro com Segurança

Investir Dinheiro com Segurança

Para investir dinheiro com segurança é necessário adquirir conhecimento em relação ao mercado financeiro, pois, o mundo dos negócios, apesar de fantástico, também pode esconder armadilhas perigosas.

Por isso, antes de se arriscar em qualquer ideia é preciso que certos fatores sejam levados em consideração como uma forma de auxiliar na aplicação financeira mais adequada.

Dessa forma, será possível fazer com que o dinheiro trabalhe para você e o risco de prejuízos desnecessários diminua, até porque, diante da variedade de opções nem sempre acertar na escolha é uma tarefa fácil.

Investir Dinheiro com Segurança

Como é possível investir dinheiro com segurança?

Basicamente, para investir dinheiro com segurança é necessário tomar algumas medidas, entre ela, o primeiro passo mais importante é definir o seu perfil investidor que pode ser dividido em:

  • Conservador: aquele que prioriza a preservação de seus recursos e prefere não correr riscos que possam comprometer seu patrimônio, visando evitar prejuízos financeiros.
  • Moderado: aquele que investe de forma equilibrada e está disposto a correr um pouco de riscos em busca de uma rentabilidade acima da média para garantir sua segurança financeira.
  • Arrojado: investidor que assume riscos mais altos, buscando maior rentabilidade possível e possui bom conhecimento do mercado.

Além disso, também é importante levar em consideração o seu nível de conhecimento em relação ao mercado financeiro, pois, dependendo da aplicação realizada, haverá a exigência de um entendimento mais amplo do assunto para conseguir verificar a tendência de alta ou baixa dos ativos, por exemplo.

Sendo assim, pode-se dizer que investidores mais experientes sabem administrar melhor os possíveis riscos e consequentemente têm mais chances de conseguir um bom desempenho lindando com os recursos disponíveis para investir dinheiro com segurança.

Quais as opções mais rentáveis para investir dinheiro com segurança?

Mesmo que a caderneta de poupança se manifeste como uma das primeiras opções de quem quer investir dinheiro com segurança e facilidade, devido ao seu baixo rendimento ela acaba não sendo uma boa alternativa para esse objetivo, já que o risco de perder poder de compra é grande.

Consequentemente, pesquisando um pouco mais é possível perceber que o mercado oferece diversas aplicações financeiras tão seguras quanto a tradicional caderneta de poupança e no fim das contas acabam sendo bem mais rentáveis, por terem renda fixa como:

  • Certificado de Depósito Bancário (CBD): funciona como uma espécie de empréstimo do seu dinheiro para a instituição bancária, onde você recebe uma taxa de rentabilidade que é definida no momento da compra.
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI): obviamente os recursos captados nesse segmento são utilizados para o financiamento das atividades do setor imobiliário, oferecendo em troca uma taxa de rentabilidade anual que também é definida no momento da compra.
  • Letra de Crédito do Agronegócio (LCA): como o próprio nome já supõe, a captação do dinheiro é direcionada para financiar as atividades do setor do agronegócio, que por possuir uma data de vencimento estabelecida no momento da compra, torna possível que o investidor já tenha uma noção do rendimento.

Aliás, é válido ressaltar que investir dinheiro com segurança nas aplicações de renda fixa sempre será uma boa opção, pois, a maior parte deles conta com a proteção do FGC (Fundo Garantido de Créditos), que se responsabiliza pelo ressarcimento dos prejuízos de até R$ 250 mil por CPF e por instituição financeira.

Investir Dinheiro com Segurança

É possível investir dinheiro com segurança pela internet?

Embora muita gente demonstre certo receio ao fazer investimentos pela internet, fazer aplicações financeiras online é uma alternativa que oferece maior praticidade.

Até porque, como as melhores e mais rentáveis opções do mercado estão ao alcance de qualquer pessoa através das plataformas de investimento, favorecendo o uso do seu dinheiro com os menores custos e contando com uma consultoria especializada, se torna um grande diferencial.

Em todo caso, para evitar surpresas desagradáveis a recomendação é não usar senhas óbvias e atualizar com frequência o software de vírus do computador e não usar as plataformas em máquinas públicas.

Portanto, concluímos que para investir dinheiro com segurança é preciso observar a sua realidade financeira com cautela e priorizar aplicações rentáveis para que nos casos de emergência seja possível contar com o capital quando necessitar.

Comércio para Investir em 2019

Estar atualizado sobre as principais tendências do comércio para investir em 2019 é uma ordem para quem quer entrar no mundo dos negócios, já que esse acaba se tornando um grande diferencial para aumentar a renda mensal.

De qualquer forma, é essencial levar em consideração que um bom investimento requer estudo, pesquisa e cuidado, por isso as informações adquiridas devem ser aplicadas com extrema responsabilidade e disciplina.

Até porque, a irresponsabilidade pode trazer diversos problemas, além de prejuízos incalculáveis que podem influenciar de forma negativa nos negócios.

Comércio para Investir em 2019

Principais tendências do comércio para investir em 2019

Devido a constante renovação do mercado e um certo otimismo em relação à economia do país, o que não faltam são opções de comércio para investir em 2019, turbinando as finanças de maneira muito eficiente.

Aliás, como esse é um setor que está sempre procurando favorecer os interesses e atender as exigências de seus clientes, uma das melhores formas para fazer um bom negócio é ficar atento as tendências.

Em todo caso, como existem várias alternativas, para que você não fique perdido na hora de escolher, listamos abaixo algumas das principais para facilitar nesse processo:

Alimentação Saudável

As franquias de alimentação saudável estão sempre em ascensão por tratarem de uma das necessidades mais básicas do ser humano e possuírem uma diversidade enorme para satisfazer seus clientes.

Por isso quem procura um bom comércio para investir em 2019 deve priorizar os alimentos orgânicos e naturais, até porque, como o mercado tem evoluído para atender os mais diversos perfis e ser fitness virou uma tendência, fugir do óbvio é um ótimo atrativo.

Cosméticos de Beleza

Como as pessoas dão cada vez mais valor a aparência e estão sempre procurando maneiras diferentes para cuidar da pele e do corpo, a venda de cosméticos de beleza como maquiagens e afins é uma ótima opção de comércio para investir em 2019.

Além disso, como esse setor tem se modernizado para atender as exigências de seu público, a reformulação dos recursos oferecidos é garantia total de sucesso.

Roupas e Acessórios

Não é segredo para ninguém que grande parcela da população segue as tendências da moda, mesmo que indiretamente e busca sempre por peças que contribuam para a valorização do próprio corpo.

Sendo assim, outra opção muito assertiva de comércio para investir em 2019 são as lojas de roupas e acessórios, podendo ser físicas ou virtuais para facilitar ainda mais na fidelização do público-alvo escolhido.

Mercado Pet

Embora muita gente desconheça essa informação, o Brasil é o 4º país com o maior número de animais de estimação, por isso, o mercado pet acaba se tornando uma opção muito valiosa de comércio para investir em 2019, já que a maioria das pessoas adora ter um bichinho por perto.

Além disso, atualmente esse segmento não se restringe apenas ao padrão de Pet Shop e possui uma vasta lista que conta com: adestramento, hotéis, spa e várias outras opções para satisfazer os animais.

Então, depois de conhecer algumas das principais tendências do comércio para investir em 2019, o jeito mais prático de obter o sucesso é usando a responsabilidade a favor do amplo desenvolvimento do negócio escolhido.

Quem sabe o que quer, escolhe sempre o melhor

Empreender nem sempre é uma tarefa fácil e exige bastante planejamento para que as coisas funcionem perfeitamente, mas quem sabe o que quer, escolhe sempre o melhor e por isso tem acesso a várias oportunidades de amadurecimento.

Sendo assim, optar por boas ideias de comércio para investir em 2019 é uma alternativa é uma forma produtiva de alcançar a realização profissional esperada e ainda superar os desafios para chegar cada vez mais longe, através do esforço.

Saiba como Tirar seus Planos do Papel e Tenha seu Próprio Negócio

Empreender, é um dos principais objetivos de várias pessoas, porém, a maioria delas, acabam procrastinando, e sempre arrumando algum pretexto para não começar. Com as dicas que daremos aqui, é possível que você tenha o seu próprio negócio, e que você seja independente, tenha a sua fonte de renda própria.

Com a crise econômica brasileira, o número de desemprego aumentou muito, com isso, muitas pessoas se viram obrigadas a desenvolver o seu próprio negócio.

Porém, isso não é algo tão simples, para que se tenha seu próprio negócio, se destacando no mercado, é importante conhecer bem sobre empreendedorismo, e saber como tirar os seus planos do papel, os colocando em pratica.

Saiba como Tirar seus Planos do Papel e Tenha seu Próprio Negócio

O que é necessário para que tenha o seu próprio negócio?

Todo o empreendedor, ao investir em seu negócio próprio, espera ter muito lucro, com rapidez. Porém, o cenário pode ser outro, então, é necessário ser persistente, trabalhar arduamente, e ter paciência, para que o seu negócio possa ser bem-sucedido.

Nestas horas, é importante deixar a emoção de lado, para que a razão tenha lugar, para que possa investir em um tipo de negócio estruturado, planejando para que tudo saia de acordo com o que é esperado.

O primeiro passo quando se pensa em ser independente, e ter a sua fonte de renda própria, é o planejamento. Sem ele, é impossível que você tenha o seu próprio negócio de sucesso.

Além disso, saber lidar com a instabilidade econômica, também é essencial, pois haverá momentos em que a empresa poderá ir bem, e em outros nem tanto.

Confira algumas dicas para que se tenha o seu próprio negócio

Tenha o equilíbrio entre a razão e a emoção;

Saber dosar a razão e a emoção, pode ser o grande segredo para que o negócio próprio dê certo. Pois como já dissemos aqui, haverá momentos em que a empresa passar por instabilidade, então, se a emoção falar mis alto, pode ser que você coloque tudo a perder.

Além disso, ter o equilíbrio entre esses dois fatores, é primordial para que você saiba lidar bem com os seus funcionários, tendo sempre uma equipe motivada, e que veste a camisa da empresa.

Conheça o seu ramo de atividade;

Outro ponto essencial para que se tenha o seu próprio negócio, é conhecer o seu ramo de atividade.

É importante que você saiba o máximo que puder acerca do seu negócio, assim, você estará preparado para lidar com om imprevistos, e também para se destacar diante da sua concorrência.

Pesquise bem o local de instalação;

Saiba se aquele local oferece toda a estrutura que você precisa para desenvolver o seu negócio, se lá está na localização ideal para a sua logística ou para atender o seu público alvo, entre outros.

Conheça bem a legislação;

A legislação no Brasil, pode ser bem complexa para alguns tipos de negócio, por isso, é importante que você a conheça bem, para que assim, possa evitar ter problemas.

Então, dedique uma parte do seu tempo, para isso.

Conheça o mercado;

Conhecer o mercado em qual você pretende atuar, deve fazer parte do seu planejamento de negócio. Saiba tudo sobre os seus concorrentes, sobre o que o público alvo espera, sobre os imprevistos que posem surgir, em como você pode inovar e se destacar no mercado, entre outros. Lembre-se que o conhecimento, pode abrir as portas do mercado para você, fazendo com que o seu negócio seja realmente um diferencial.

Sendo assim, podemos ver como é fácil que você tenha o seu próprio negócio, a partir de dicas simples e altamente funcionais, que farão com que os seus planos saiam do papel.

Investimento para Iniciantes

Muitas pessoas querem investir seu dinheiro, mas poucas sabem qual é o melhor investimento para iniciantes. A verdade é que ainda se fala pouco no Brasil em como investir o dinheiro.

Essa realidade está cada vez mais sendo alterada, muitas pessoas têm deixado de guardar seu dinheiro na poupança e buscado por algo mais rentável que valoriza de fato suas economias.

Conseguir levantar um dinheiro, e até mesmo, guardar não é tarefa muito fácil perante a situação que estamos vivenciando hoje em dia. Mas, existe sempre uma alternativa para pessoas que começaram a investir a pouco tempo.

Investimento para Iniciantes

Investimento para iniciantes, porque começar?

Pessoas que começaram a investir a pouco tempo garantem que seja um hábito saudável e muito inteligente. Pois investindo você faz com que seu dinheiro trabalhe para você.

Conforme você vai adquirindo uma maturidade de como investir, você pode usar o planejamento ao seu favor, diversificado as aplicações e elevando sua rentabilidade. Tudo isso claro, lidando melhor com os riscos que os investimentos podem trazer.

Infelizmente no Brasil não se tem uma cultura de falar sobre investimentos e aplicações, o que dificulta muito o investimento para iniciantes. Isso faz com que todas as pessoas que queiram investir, recorram a famosa poupança, que não oferece retornos tão altos assim.

As pessoas que começaram investir a pouco tempo já entendem que existem alternativas de investimentos bem mais seguros e que rendem bem mais do que a velha caderneta.

Como começar a ser um investidor?

  1. Metas: O primeiro passo para se tornar um investidor é definir quais são suas metas. Essa atitude já demonstra sua maturidade financeira e aos poucos no decorrer do tempo pode ser ampliada. O valor não é considerado tão importante, se você decide poupar R$ 50,00 por mês, você já pode se considerar um investidor;
  2. Organização: Descubra quanto exatamente você ganha e quanto você gasta dentro do mês. Organize essas informações em categorias, como rendimentos e despesas, dessa forma ficará bem fácil visualizar onde se pode cortar gastos supérfluos. O mais indicado é que você faça uma planilha para organizar todos os seus gastos fixos, nelas entraram gastos como aluguel, água, luz, IPVA, IPTU e a escola dos filhos. Nessa planilha deve entrar até mesmo os gastos variáveis, como o cafezinho da tarde e a pizza do final de semana. Com essa organização mensal e diária dos seus gastos, você consegue planejar quanto está gastando e quanto pode aumentar a economia para seus investimentos;
  3. Valor fixo: o mais indicado para investimento para iniciantes é que você comece por um valor fixo. Você pode estabelecer um valor baixo para ser poupado todo mês. O importante é seguir à risca a economia desse valor. Aos poucos, como todas as pessoas que começaram a investir a pouco tempo, você pode aumentar esse valor, seja por um aumento dos seus rendimentos ou por corte de alguma despesa;
  4. Valor relativo à renda: Com o tempo, todos os investidores percebem que é mais sensato dimensionar sua economia mensal para seus rendimentos. Assim, ao invés de estipular um valor fixo para ser investido, você pode colocar um percentual relativo ao seu salário. Exemplo: investir 10% em cima do salário liquido todo mês.

Investimento para Iniciantes

Lugares onde se pode investir:

  • Tesouro direto;
  • LCI / LCA;
  • CDB (certificado de depósito bancário);
  • Fundos de renda fixa;
  • Previdência privada;

Pessoas que começaram a investir a pouco a tempo no Brasil, já não são mais reféns das cadernetas de poupança, muitas vezes mantida por muitos anos e aberta pelos pais, enquanto ainda eram crianças.

Não é fácil mudar, ainda mais quando se fala em dinheiro. Mas em todo investimento para iniciantes é necessário saber que toda mudança nesse sentido é saudável para o seu bem-estar financeiro.

Novidades para Investir

Empreendedores que buscam novidades para investir são os que mais se destacam no mercado, tanto pela ousadia quanto pela disciplina de suas ações e também a coerência ao lidar com as expectativas criadas.

Até porque, quem tem o objetivo de abrir um negócio deve estar sempre persistindo, ainda que as circunstâncias não sejam favoráveis, pois, uma hora ou outra a tendência é melhorar e conhecer as novidades para investir se torna um grande diferencial para o sucesso.

Novidades para Investir

Quais são as novidades para investir atualmente?

Conseguir destaque no mercado pode ser uma tarefa fácil quando você tem como aliado as novidades para investir e sabe aonde quer chegar.

Entretanto, como não são poucas opções, é válido ressaltar os 5 tipos de negócios específicos e inusitados que viraram uma tendência em crescimento atualmente:

  • Biojóias: Como a preservação do meio ambiente é um assunto contemporâneo muito valorizado, fabricar joias usando itens sustentáveis pode ser um grande diferencial entre as novidades para investir no mercado.
  • Brechós: Reaproveitar itens é um conceito muito usual que vem ganhando cada vez mais força e combina muito com dois fatores atuais, a sustentabilidade e a crise financeira, então é uma ótima opção para o sucesso.
  • Microcervejarias: Bebidas com aromas e sabores diferentes são um ótimo atrativo para transformar a realidade que os consumidores já conhecem de uma maneira muito positiva.
  • Produtos orgânicos: Já que o incentivo da alimentação saudável está cada vez mais constante, nada melhor do que investir em produtos que contribuam com essa ideia e garantem o sucesso desejado.
  • Realidade virtual: A produção de conteúdo para os dispositivos tem se expandido de uma forma muito ampla e como a tecnologia já faz parte do nosso dia a dia de todas as formas, investir nesse ramo é um tiro certeiro.

Sendo assim, agora que você já conhece algumas das opções mais atrativas de novidades para investir, analise aquela que mais combina com o seu perfil e usufrua dos benefícios de uma renda satisfatória e estável.

Até porque, quem se esforça para ter o que quer, deve conseguir muito mais do que pediu.

Como elaborar um bom plano de negócios em relação às novidades para investir?

Por mais que empreender cause um certo receio, a verdade é que quando utilizamos nossa força de vontade com disciplina, qualquer objetivo fica mais fácil de ser alcançado com êxito.

Por isso, de uma forma resumida, listamos 10 dicas principais para auxiliar o empreendedor na elaboração de um bom plano de negócios emrelação às novidades para investir:

  1. Faça uma pesquisa minuciosa em relação ao mercado.
  2. Analise se a sua ideia desperta o interesse dos clientes e tem força para fidelizar o público-alvo.
  3. Saiba quem são os seus concorrentes e conheça o que eles estão fazendo.
  4. Estabeleça um diferencial competitivo para se posicionar e conseguir ainda mais destaque.
  5. Verifique se há fornecedores dispostos para atender suas necessidades.
  6. Não tenha medo de pedir opiniões para certificar-se de estar no rumo certo.
  7. Esteja preparado para as consequências de suas ações, sejam elas boas ou ruins.
  8. Faça pequenos testes para garantir a viabilidade do seu negócio e possivelmente conquistar ainda mais clientes.
  9. Avalie os resultados e promova os ajustes necessários para melhorar ainda mais o seu próprio desenvolvimento.
  10. Tenha em mente que a versão final de todo o planejamento deve ter uma execução fácil para contribuir de forma positiva com os seus interesses.

Portanto, depois de seguir essas dicas, tenha certeza que independentemente das novidades para investir que apareçam no seu caminho, o sucesso será garantido e vai estruturar a sua renda de uma forma rápida e prática com um bom negócio.

Invista Dinheiro e Fique Rico!

Se você quer se tornar dono do próprio negócio, a melhor dica que podemos dar a você é: invista dinheiro e fique rico! Isso mesmo, fazer um investimento e aplicar o seu dinheiro é a melhor forma de multiplicá-lo.

Claro que nada disso acontece da noite para o dia e, para que você comece seu próprio negócio, você vai precisar passar por alguns desafios e obstáculos antes de alcançar o sucesso. O importante é ter persistência e saber investir!

 Invista Dinheiro e Fique Rico!

Por isso, neste artigo vamos te ensinar diversas dicas para que você invista dinheiro e fique rico com muito mais facilidade, seguindo o caminho certo para ter muito lucro. Está preparado? Então acompanhe e boa leitura!

Invista dinheiro e fique rico: o primeiro passo

O primeiro passo para que você invista dinheiro e fique rico é ter controle financeiro. Afinal, não importa quanto dinheiro você invista ou quanto lucro você receba das suas aplicações, sem educação financeira você pode perder tudo com a mesma facilidade com que ganhou.

Educação financeira significa saber controlar seus ganhos e gastos, mas também é sobre saber poupar e investir.

Veja como funciona o ciclo do seu dinheiro: primeiro você ganha o dinheiro a partir de uma fonte de renda ou investimento, depois você poupa uma parte desse dinheiro e, por fim, você investe uma parte da sua poupança, recomeçando o ciclo.

E, para esse ciclo permanecer equilibrado e gerar lucro para você, é preciso saber ganhar e poupar. Você tem que ter todos os seus ganhos e gastos computados, e criar uma estratégia financeira de poupança e investimento.

Isso vai facilitar para que você invista dinheiro e fique rico muito mais rapidamente, pois saberá economizar e trabalhar com o seu dinheiro sem se endividar, o que é muito importante!

Tipos de investimos

Existem diversos tipos de investimento para você começar a investir. Veja a seguir quais são eles e, depois, invista dinheiro e fique rico! Confira:

  • Ações
  • Fundos de investimento
  • Títulos Públicos
  • LCA e LCI
  • Debêntures
  • Poupança
  • CDB e RDB
  • Previdência Privada
  • SELIC
  • CDI

Dicas para fazer um bom investimento

Se você quer mesmo investir e lucrar bastante com o seu dinheiro aplicado, existem alguns cuidados que você deve tomar antes de começar a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Confira, a seguir, algumas dicas que podem ajudar:

Tenha um objetivo com o dinheiro

Por mais que a ideia de investir para ficar rico seja tentadora, ela não é sólida o suficiente. Certamente, você tem sonhos e precisará do dinheiro para realiza-los.

Sendo assim, seu objetivo pode ser qualquer coisa: uma grande viagem, uma faculdade, um intercâmbio, financiar um apartamento ou mesmo um automóvel. Seja o que for, vai servir de motivação e evitar distrações com o investimento!

Tenha paciência

Ter paciência é essencial na hora de investir, principalmente se for um investimento a longo prazo, que é o tipo de investimento ideal para ganhar grandes quantias e um retorno lucrativo.

Claro, você pode investir pequenas quantias e optar pela liquidez diária, mas, se quiser fazer do seu investimento algo grande, o ideal é deixá-lo rendendo por alguns anos.

Não aceite em fórmulas mágicas

Fórmulas mágicas não existem na hora de investir. Se você se deparar com promessas de rendimentos exorbitantes em pouco tempo, pode ter certeza de que não é verdade. Esses convites são enganosos e só servem para você perder dinheiro.

Lembre-se: o mercado financeiro não possui atalhos e, para investir, é preciso ter muita paciência, pé no chão e saber controlar o seu dinheiro.

Conclusão

Portanto, essas são as melhores dicas para que você invista dinheiro e fique rico! Não deixe de tomar todos os cuidados e se organizar para alcançar o sucesso.

Como ter um Negócio Bem-Sucedido?

Cada vez mais as pessoas estão desenvolvendo seu lado empreendedor e buscam ter um negócio bem-sucedido, ou até mesmo um investimento que traga lucro e complemente a renda, ou, ainda, a substitua.

E, como essa parte do mercado financeiro está ganhando cada vez mais adeptos, você deve saber se destacar caso comece seu próprio negócio e queira ser bem-sucedido com ele. E, para isso, basta seguir alguns passos.

Por isso, neste artigo, vamos mostrar como você deve tomar as rédeas da situação para ter um negócio bem-sucedido e lucrar bastante com o seu lado empreendedor. Boa leitura!

 Como ter um Negócio Bem-Sucedido?

Como deve ser um negócio bem-sucedido?

Um negócio bem-sucedido é o objetivo de todo empreendedor. Seja físico ou digital, um negócio, para ter sucesso, precisa apenas de uma coisa: iniciativa.

Esse é o primeiro passo em direção ao sucesso quando se é um empreendedor. Isso porque o medo de errar acaba fazendo com que muitas pessoas desistam de levantar o próprio negócio.

Bom, sendo assim, mais importante do que ter um produto lucrativo, boas ideias, recursos e meios para fazer o seu negócio acontecer, você precisa de iniciativa, ou nunca vai tirar as ideias do papel.

Esqueça o medo de errar, defina seus objetivos e crie um bom plano de negócios. Com isso, você com certeza vai alcançar o tão sonhado negócio bem-sucedido, e será um grande empreendedor!

Dicas para ter um negócio bem-sucedido

Como nem tudo são flores, depois de tomar a sua iniciativa, você vai precisar descobrir uma maneira de não só manter o seu empreendimento, como também transformá-lo em um negócio bem-sucedido.

Ou seja, não basta se acomodar com o que você tem, é preciso ser confiante, ir além e dar o seu melhor para conquistar o sucesso! Confira, a seguir, algumas dicas que podem te ajudar:

Busque ajuda quando necessário

Para sérum bom empreendedor, é preciso ter uma série de habilidades. A grande questão é que ninguém possui todas elas, ou não é totalmente bom em todas.

Por isso, também é preciso aceitar que você vai precisar de ajuda. Seja com uma mentoria, um coaching, um sócio ou mesmo contratando seus primeiros funcionários, aceite que você pode não dar conta de tudo sozinho e busque melhorar o seu negócio desde o começo.

Tenha um plano de ação e conte recursos

A maioria das pessoas que iniciam o próprio negócio têm problemas financeiros muito rapidamente, levando à falência antes mesmo de chegar ao seu clímax.

Isso porque elas não se prepararam o suficiente com relação ao valor do investimento.

Antes de abrir o seu negócio, certifique-se de que você terá o capital necessário para alugar um espaço, comprar equipamentos e materiais, instalar as tecnologias necessárias, dentre outros fatores que formam o custo de arranque.

Estude a concorrência

Outro ponto muito importante para se inspirar e trazer os melhores recursos para o seu negócio é estudar a concorrência e a área de atuação.

Saiba como esse setor está sendo afetado, se ele está prosperando e busque até mesmo informações mais técnicas, como o valor do tipo de produto que você irá vender, etc. Tudo isso também vai servir de base para o seu empreendimento.

Escolha algo que você goste de fazer

Por fim, a chave que irá definir o seu sucesso como empreendedor é fazer algo de que você gosta, e não escolher um setor apenas pela alta probabilidade de lucro.

Claro que isso também é importante, mas você será capaz de transformar qualquer ideia em um bom empreendimento se você realmente gostar do que está fazendo. Isso será parte da sua motivação, além de que você provavelmente já terá certo grau de habilidade em fazer isso.

Conclusão

Portanto, ter um negócio bem-sucedido não é fácil, porém também não é impossível. Tudo o que você precisa fazer é seguir essas dicas e ter persistência. Boa sorte!

Tenha seu Próprio Negócio Online!

Você quer saber como investir pouco em um negócio e conseguir muito lucro? Tenha seu próprio negócio online! Isso mesmo, usando a facilidade do mundo digital, você consegue se tornar um grande empreendedor!

No entanto, é preciso ter cuidado como em qualquer outro tipo de negócio. Por mais que a internet tenha suas comodidades, também é um espaço muito amplo, que pode trazer dispersões. Por isso, é importante saber como investir pela internet.

Para a sua sorte, neste artigo vamos tratar justamente desse tema e permitir que você tenha seu próprio negócio online de forma eficiente, segura e lucrativa! Não deixe de acompanhar o nosso conteúdo e boa leitura!

 Tenha seu Próprio Negócio Online!

Tenha o seu próprio negócio online

Se você está pensando em começar a investir, mas não tem muitos recursos ou não tem condições de manter uma empresa física, saiba que a internet é a sua solução. Por isso, a dica é: Tenha seu próprio negócio online!

Essa é a melhor forma de empreender e chegar longe em pouco tempo começando do zero. E o melhor é que existem várias opções para quem pretende investir nos setores digitais.

Você pode, por exemplo, vender seus próprios infoprodutos a partir de uma página da sua empresa, ou mesmo se filiar a outra empresa, vendendo os produtos dela e auxiliando na hora de atrair o público alvo, ganhando comissões.

Basicamente, na internet tudo é possível, e a sua criatividade pode fluir melhor quando se trata de um mercado de produtos digitais.

Além disso, você pode ter acesso a muito mais conteúdo, informações e pesquisas trabalhando na internet. Por isso, reforçamos: Tenha seu próprio negócio online, pois essa pode ser a maneira mais rápida de alcançar seus objetivos como empreendedor.

Dicas para fazer seu negócio online prosperar

Se você já decidiu que ter o seu negócio online é a sua solução, vai precisar descobrir por onde começar.

Aqui, a regra é a mesma que para um negócio tradicional: pense sempre e um produto com o qual você tenha afinidade, e até mesmo habilidades para produzir. Assim, fica mais fácil de vendê-lo e chamar atenção para ele nas plataformas.

A seguir, preparamos algumas dicas para que você tenha seu próprio negócio online e saiba por onde começar. Confira:

Escolha um nicho

Os principais exemplos de nichos que estão em alta no meio digital são: saúde e bem-estar, finanças, internet marketing e relacionamentos. Lembre-se de fazer algo que gosta, pois isso torna a tarefa mais fácil e agradável.

Escolha um produto

Nicho e produto são duas coisas diferentes. O nicho é a sua área de atuação, ou o setor do qual o produto faz parte. O produto deve ser algo que esteja em alta, tenha qualidade, dê uma boa comissão e tenha recebido boas avaliações dos compradores.

Escolha o seu domínio

Seja como for o seu modo de criar um negócio online, você vai precisar de uma página e um domínio. O seu domínio diz respeito ao que vai aparecer na barra de pesquisa e será a sua marca na internet. Por isso, cuidado!

Atraia tráfego

Atrair tráfego para a sua página ou site pode ser o fator mais difícil, e por isso é a questão em que você precisa ser mais persistente. Segmente seus anúncios, dê uma repaginada na “cara” da página e analise o resultado.

Se nada funcionar, comece a utilizar as opções de tráfego pago, que possui resultado imediato, como o Google Adsense, Facebookads, dentre outros.

Conclusão

Portanto, a melhor dica que podemos dar para você é: siga seu sonho e tenha seu próprio negócio online!

Como Investir pela Internet?

Se você quer saber como investir pela internet, saiba que pode ser uma forma de investimento muito mais vantajosa do que as outras aplicações que já conhecemos.

Se você não entende muito bem sobre o investimento online e gostaria de ampliar a sua experiência dentro dessa nova alternativa, você pode começar agora! Nunca é tarde para aprender a investir e usar o seu dinheiro da melhor maneira.

Por isso, neste artigo te ensinamos como investir pela internet, para que, assim, você possa entender como um grande empreendedor lidaria com um novo investimento digital. Não deixe de acompanhar e boa leitura!

 Como Investir pela Internet?

Saiba como investir pela internet

Saber como investir pela internet pode ser uma ótima maneira de dar a volta por cima quando nenhum outro tipo de investimento parece se encaixar nas suas necessidades. Existem várias possibilidades e oportunidades para investir no mercado digital.

E, hoje dia, as pessoas estão cada vez mais buscando novas formas de empreender , a fim de conquistar novas habilidades e crescer cada vez mais como um negociante.

Se você quer ser uma dessas pessoas, fique sabendo que ainda existirá uma série de obstáculos e desafios. Mas, se você souber superar todos eles, pode valer muito à pena.

Por isso, você precisa conhecer as vantagens e desvantagens de ter um negócio online ou iniciar qualquer tipo de investimento através do mundo virtual. A seguir, falaremos mais disso.

Vantagens e desvantagens de investir pela internet

Vamos começar analisando todas as vantagens e motivos pelos quais você deveria, sim, aprender como investir pela internet:

  • Em primeiro lugar, o custo é muito menor para esse tipo de investimento, já que você estará lidando apenas com anúncios em mídias digitais, e não com aluguéis, contas, equipamentos e toda uma infraestrutura;
  • Também existe um certo dinamismo em investir online, pois você pode modificar suas campanhas, trocar o tema, escolher outro produto e mesmo desistir daquilo que começou com apenas alguns cliques, sem burocracia;
  • É mais fácil corrigir os erros e avaliar os resultados e a aceitação do público em tempo real, a partir do momento em que alfo é postado;
  • Por causa disso, também é mais fácil interagir com o público e aumentar o seu engajamento;
  • O alcance que você terá com a sua marca é muito maior quando seu negócio é online.

Já as principais desvantagens de se investir online são a alta taxa de desistência e a grande possibilidade de gerar distrações, já que é um espaço, de fato, muito amplo. Mas, sabendo se proteger, você consegue prosperar!

Dicas para investir pela internet

A seguir, vamos te mostrar algumas dicas sobre como investir pela internet, para que você possa aprender a agir como um bom empreendedor digital e driblar os obstáculos:

  • Tenha acesso a um app ou página online, e crie o seu domínio;
  • Tenha metas claras de investimento, como um bom plano de ação e estratégias para serem usadas no meio digital;
  • Tenha também um planejamento financeiro, e evite falta de recursos no futuro fazendo uma reserva, ainda que seja um investimento baixo;
  • Escolha uma boa corretora, na qual possa confiar;
  • Conheça o seu perfil de investidor para não errar na hora de investir;
  • Tenha um bom assessor de investimentos.

Conclusão

Com todas essas dicas, você conseguirá investir, seja em uma corretora, seja em um negócio ou mesmo em um infoproduto. A internet permite que a sua criatividade e as suas habilidades ganhem força!

Portanto, agora que você sabe como investir pela internet, comece desde já e dê ao seu dinheiro um destino útil e mais interessante!

Negócio Lucrativo para Cidade Pequena

Você sabia que é possível ter um negócio lucrativo para cidade pequena? Muitas pessoas estão se tornando grandes empreendedoras atualmente, mas a maioria delas desconsidera essa alternativa.

Mas, pasme: as cidades pequenas podem sim ser um grande atrativo para alguns empreendimentos, basta que você saiba como administrar seu negócio. Afinal, um bom empreendedor de verdade sabe encontrar oportunidades em qualquer cenário.

Por isso, neste artigo vamos te ensinar o básico sobre como ter um negócio lucrativo para cidade pequena, e você vai poder entender que por trás de um pequeno lugar podem haver grandes soluções. Aproveite!

 Negócio Lucrativo para Cidade Pequena

Como ter um negócio lucrativo para cidade pequena?

Ter um negócio lucrativo para cidade pequena não é fácil, mas abrir um negócio em qualquer lugar também não é, e essa é a primeira coisa que você deve ter mente.

Um bom empreendedor precisa expandir seus horizontes, e nem sempre uma cidade grande e saturada é a melhor opção. Vários estudos já comprovaram que existe muito potencial em cidades pequenas, talvez tanto quanto nos grandes centros.

E, para empreender em uma cidade pequena, o processo acaba sendo bem semelhante ao de empreender em uma cidade grande. Você precisa fazer um estudo de mercado!

O estudo de mercado significa pesquisar sobre como está a sua área de atuação na cidade. Procure saber quais são as limitações para a sua infraestrutura no local, bem como os pontos positivos.

Além disso, identifique quais produtos e serviços serão mais vendidos naquela cidade, seja por carência ou alta demanda, e conheça também todos os dados sobre o seu público-alvo de acordo com os moradores.

Se necessário, converse com comerciantes que já possuem um negócio ali e vá até o banco de dados da prefeitura. Aos poucos, sua pesquisa vai ficar mais completa.

Vantagens de ter um negócio em cidade pequena

Para te mostrar como realmente é possível ter um negócio lucrativo para cidade pequena, separamos algumas vantagens para quem resolver empreender nos pequenos centros:

  • As cidades pequenas oferecem um baixo custo para abrir e gerenciar um negócio, principalmente em relação ao custo nas cidades grandes;
  • O grau de competição nas cidades pequenas também é muito menor, você apenas precisa tomar cuidado em relação à demanda;
  • Existem muitas oportunidades que ainda não foram exploradas nas cidades pequenas, enquanto os grandes centros já estão quase saturados.

Tipos de negócios lucrativos em cidades pequenas

Agora que você reconheceu as principais vantagens de ter um negócio lucrativo para cidade pequena, você precisa conhecer os tipos de negócio que possuem maiores chances de dar certo nesses ambientes. Confira:

  1. Manutenção e alimentação – esses são dois tipos de serviço que sempre vão encontrar uma boa demanda, já que todos precisam disso em algum momento. Supermercados, fast foods, restaurantes, oficinas, lavanderias e “marido de aluguel” são boas opções.
  2. Estética e vestuário – o maior segredo desse setor é saber segmentar o público alvo, e nos grandes centros todas as áreas já possuem ampla concorrência. Comece com pequenas lojas, produza um material de qualidade e use a técnica do cartão fidelidade!
  3. Food trucks os food trucks são modelos de negócio bastante diferenciados, e são perfeitos para cidades pequenas, em que as pessoas se reúnem em praças e lugares abertos na cidade em diversas ocasiões.
  4. Farmácias – os serviços de saúde, seja para pessoas ou animais, também são bastante lucrativos e possuem sempre alta demanda. Por isso, aproveite!

Conclusão

Portanto, já provamos que é, sim, possível ter um negócio lucrativo para cidade pequena. Você só precisa saber aproveitar as oportunidades, investir e empreender, dando sempre o seu melhor e ampliando a sua visão.

Como Ter um Negócio Inovador de Sucesso?

Ter um negócio inovador de sucesso é o sonho de qualquer empreendedor, e, atualmente, esse desejo tem sido crescente, inclusive entre os brasileiros. O empreendimento tem transformado vidas, e também o mercado financeiro.

Hoje, a principal fonte de renda de muitas pessoas vem de algum negócio, investimento ou ideia empreendedora, principalmente com a comodidade que a internet e a mídia digital trazem. Mas, afinal, o que é preciso fazer para ter um investimento único?

Neste artigo, vamos mostrar para você qual é o melhor caminho para ter um negócio inovador de sucesso, e você vai aprender como um grande empreendedor pensa antes de agir. Boa leitura!

 Como Ter um Negócio Inovador de Sucesso?

O que é preciso para ter um negócio inovador de sucesso?

Para ter um negócio inovador de sucesso, você vai precisar ampliar a sua visão como um empreendedor e pensar em novos modelos de empresas para seguir, diferentes daquilo que estamos acostumados.

Esse novo tipo de empresa, que visa ideias inovadoras e negócios escaláveis, é chamado de “startup”. As startups não agem como qualquer negócio em etapa inicial de desenvolvimento, pois elas sempre estão um passo a diante.

O principal objetivo delas é atingir um volume maior de clientes, conseguir mais vendas e gerar alto valor.

Para isso, você vai precisar de ideias realmente boas e um modelo de empreendedorismo muito eficiente, que seja capaz de atrair o público alvo de forma mais forte e consistente.

Talvez você precise de ajuda profissional, e essa também é uma boa opção para ter um negócio inovador de sucesso. Coaching e mentoria empresariais são dois exemplos de soluções para quem tem dificuldade em empreender.

Melhores negócios para ter sucesso

Para facilitar a sua busca pelo negócio inovador de sucesso e otimizar a sua tarefa de começar um novo empreendimento, você precisa conhecer os setores que estão em altano mercado financeiro e que podem fazer a diferença para você.

São aquelas áreas que possuem maior demanda atualmente e que favorecem a criação de ideias inovadoras, com um espaço cheio de oportunidades para novas startups. Confira, a seguir, alguns desses principais negócios:

Alimentação

O setor de alimentação se transformou em uma grande oportunidade com as novas formas alternativas de comidas: você pode investir em alimentação saudável, vegana, vegetariana, sem glúten, sem lactose, etc.

Fitness

O setor fitness também está em alta, principalmente com modalidades como crossfit, musculação, yoga, pilates e ritmos. Além disso, academias, body positive e aconselhamento nutricional se tornaram os principais temas mundo a fora.

Infoprodutos

Os infoprodutos representam os produtos do mercado digital, mercado de afiliados e o mercado de soluções digitais. Desde os e-books até as vídeo aulas e cursos online, esse setor tende a crescer cada vez mais nos próximos anos!

Brechós

Pode parecer loucura, mas os brechós não deixam de ser parte dos setores em alta. Reaproveitar o velho em detrimento do novo acabou se tornando um conceito moderno e muito compartilhado entre jovens, mas também pessoas de todas as faixas-etárias.

Como ter um negócio inovador de sucesso?

Para ter um negócio inovador de sucesso, não basta somente escolher uma área em ascensão, pois você também precisa agir e mostrar suas habilidades como empreendedor. Para isso, você pode:

  • Escolher um negócio simples, mas que seja lucrativo a curto prazo e tenha potencial de escalabilidade;
  • Dar preferência para lojas virtuais e negócios digitais, principalmente se não possuir recursos suficientes para manter uma loja física;
  • Ser organizado e saber controlar o seu tempo, as suas finanças e o seu trabalho;
  • Ser criativo e mostrar ideias originais, para se destacar em meio à concorrência e ter um investimento único.

Portanto, seguindo essas dicas, você com certeza terá o seu negócio inovador de sucesso!

5 dicas de como Investir Alto

Se você é um investidor iniciante e quer saber como investir alto, você precisa tomar alguns cuidados para poder fazer isso com segurança e trazer lucros. O maior erro de um investidor iniciante é não ter cuidado e não saber ponderar.

Por isso, é essencial que, para ter um investimento com lucro, o investidor adquira a habilidade de escolha, organização, visão, e uma série de outras características que vão fazer dele um ótimo investidor.

Neste artigo, vamos mostrar a você como investir alto e como se transformar em um excelente investidor, conquistando todo o lucro que você deseja. Então, não deixe de acompanhar o texto e boa leitura!

dicas de como Investir Alto

Por que você quer saber como investir alto?

Saber como investir alto é algo muito cogitado pelos investidores, principalmente iniciantes. Acontece que o mundo dos investimentos é muito instável, até mesmo quando se trata de uma renda fixa e segura.

Então, o mais adequado é sempre buscar conhecimento sobre o assunto, adquirir habilidades de um bom investidor e, dessa maneira, poder investir bem, ganhando muito e se valorizando.

Só que não é tão fácil quanto parece adquirir todas essas habilidades. Você vai precisar conhecer um pouco melhor o mundo dos negócios e dos investimentos, para então poder entender como investir alto e como investir bem!

Dicas de como investir alto

Está preparado para aprender como investir alto? Então confira as dicas a seguir e comece a prender o que vai fazer de você um grande investidor:

Defina seu objetivo

O primeiro passo para ser um bom investidor e trazer lucro é definir o seu objetivo e ter uma visão bem esclarecida do que você procura. Afinal, todo mundo precisa de uma motivação para evitar dispersões.

Seu objetivo pode ser qualquer coisa: garantir a aposentadoria, fazer uma grande viagem, guardar para pagar um intercâmbio ou faculdade, dentre muitas outras aspirações.

Defina sua estratégia

Depois de ter definido o seu objetivo, você vai precisar definir sua estratégia. O primeiro passo é abrir mão de uma liquidez imediata, ou seja, de gastar o dinheiro no momento para poder gastar um valor maior depois.

Por exemplo, você pode ter uma aplicação para construir a sua reserva de emergência e outra para o dinheiro que será gasto com o seu objetivo. Outra dica é estabelecer metas com prioridades para alcançar aos poucos o valor desejado.

Entenda o ciclo do dinheiro investido

Existe um ciclo bastante simples que se repete sempre que você pretende investir, e que deve ser respeitado. Em primeiro lugar, você deve ganhar dinheiro, seja através de uma fonte de renda ou dos lucros de outro negócio.

Depois, você precisa poupar uma parte desse dinheiro, seja para emergências ou compras grandes. E, por fim, você deve separar uma parte da poupança para investir e, assim, recomeçar o ciclo.

  1. Escolha onde investir

Agora vamos aos fatores que são cruciais para o seu investimento: onde você deve investir, qual tipo de renda e com qual perfil? São várias as suas opções: bolsa de valores, tesouro direto, CDB’s, Letras de Câmbio, imóveis para locação, franquias, etc.

  1. Experimente investir em diferentes aplicações

Além de escolher onde você vai investir, você também precisa pensar em diferentes aplicações. Afinal, existem aplicações de curto, médio e longo prazo, às quais você deve adequar seus objetivos, que também possuem curto, médio e longo prazo.

Conclusão

Portanto, podemos concluir que as dicas de como investir alto vão te ajudar a melhorar os seus investimentos e te transformar em um investidor mais habilidoso, aumentando suas chances de ter lucro e sucesso!

7 dicas de como Ter um Bom Negócio

A maioria das pessoas não sabe como ter um bom negócio, e nem mesmo possuem noções de empreendedorismo ou de como fazer parte de uma gestão.

E isso pode ser um grande empecilho para o país como um todo, já que brasileiros tendem a ignorar investimentos grandes, ou não se preparar para eles, nem mesmo buscar aprender sobre eles.

Neste artigo, vamos ensinar você a investir certo, ou seja, te mostraremos como ter um bom negócio e o que é preciso para ter um empreendimento de sucesso, com boa estrutura e muitos frutos a colher! Aproveite!

dicas de como Ter um Bom Negócio

Você sabe como ter um bom negócio?

Se você não sabe como ter um bom negócio, deveria aprender e correr atrás de ser dono da própria empresa. Já imaginou fazer seus próprios horários, ter seus próprios funcionários e administrar tudo do seu jeito?

Se você tiver sucesso empreendendo, tudo vai ficar mais fácil, e você poderá viver o verdadeiro sonho do negócio próprio. Caso contrário, tudo pode dar errado e falir em pouco tempo.

Por isso, é importante ter noções não somente de empreendedorismo, como também de educação financeira, gestão e consumo. Com todos esses fatores juntos você será capaz de criar o seu primeiro grande negócio e será bem-sucedido!

Dicas de como ter um bom negócio

Saber como ter um bom negócio significa ter autonomia! Por isso essa ideia é tão atrativa. Veja, a seguir, algumas dicas que podem te ajudar a levar o seu negócio mais longe e prosperar com ele. Confira:

Faça algo de que você goste

Não adianta ter um negócio só pela autonomia, dinheiro e bens. Você precisa estar fazendo algo que gosta, e que também entende bastante sobre, para fazer acontecer. Se você se sente à vontade com o material do seu negócio, logo estará confiante, e isso é tudo o que precisa.

Assuma riscos de forma controlada

É melhor você se arrepender por ter tentado e fracassado do que se arrepender por nem ao menos ter tentado, e possivelmente ganhado. Por isso, assumir riscos é importante, pois não sabemos o trabalho de amanhã. Mesmo assim, você precisa fazer isso de forma controlada.

Persista e acredite

Começar o seu próprio negócio não é fácil. Haverá muitos obstáculos. Então, a melhor dica de como ter um bom negócio é: seja persistente e confiante. Acredite que você pode fazer e que uma hora o sucesso virá!

Tenha visão, objetivo e empreendedorismo

Para começar um negócio é preciso saber não somente operar, como também gerir e empreender. Nem sempre você terá essas três habilidades, mas elas precisam existir, nem que seja por meio de uma parceria.

Ter visão e saber o que fazer para alcançar seus objetivos faz parte do empreendedorismo, e isso precisa ser praticado.

Tenha novas inspirações

Existem pessoas que já possuem todas as habilidades necessárias para empreender e que já passaram por onde você está passando. Procure pessoas como estas, faça delas sua inspiração e ande com elas para obter experiência.

Tenha recursos

Na hora de começar um negócio é preciso ter os recursos necessários não somente para abri-lo, mas também para mantê-lo pelos primeiros meses de operação. Para se preparar, trace um plano para levantar capital!

Planejamento e ação

Em um negócio, você precisa entregar mais do que o esperado pelos clientes ou público. E, para isso, você precisa, sim, de muito planejamento, mas também de muita ação! O caminho mais rápido para o sucesso vai aparecer quando você começar a agir!

Conclusão

Portanto, saber como ter um bom negócio é algo raro, difícil e cheio de obstáculos. Para isso, basta ser perseverante e organizado, ter boas ideias, ter visão e não desistir do seu lado empreendedor!

Primeiro passo para Começar seu Negócio

O primeiro passo para começar o seu negócio é ter uma ideia, e todo mundo sabe disso. Afinal, você precisa deum produto, ou mesmo um propósito, para começar a vender.

Sendo assim, ter ideias é o que abre as portas do investimento para iniciantes, mas é preciso também saber colocá-las em ação. Ou seja, é preciso saber empreender, gerir e fazer o seu negócio acontecer.

Neste artigo, vamos te mostrar qual é o primeiro passo para começar o seu negócio e o que mais você deve fazer para continuar empreendendo e alcançar o sucesso com as suas ideias. Não deixe de acompanhar e boa leitura!

 Primeiro passo para Começar seu Negócio

Qual é o primeiro passo para começar seu negócio?

Inevitavelmente, o primeiro passo para começar o seu negócio é ter uma grande ideia. Ideia essa que deve ser capaz de sustentar o seu negócio, que seja boa, e que desperte o desejo no seu público-alvo.

Mas não é só isso. Uma ideia, sozinha, não vai à lugar nenhum. Por isso, você precisa de uma estratégia. E, nesse caso, o primeiro passo é descobrir como você vai lidar com essa nova ideia.

Conheça a si mesmo, antes de tudo. Entenda o que essa ideia representa para você e busque descobrir se você terá tempo para cultivá-la e ser, de fato, um empreendedor.

Até porque não é fácil empreender, e o caminho para ter um negócio é repleto de desafios e obstáculos.

Além disso, é preciso ter algum recurso para começar, e poder investir não só no começo, mas também nos primeiros meses de empresa, para conseguir mantê-la.

Se você acha que possui tudo o que precisa para empreender e sabe que vai dar conta do trabalho (você tem que ser confiante!), então você já concluiu o primeiro passo para começar o seu negócio! Agora, descubra o que fazer depois.

O que mais precisa ser feito para ter sucesso com o seu negócio?

Bom, então você já sabe o primeiro passo para começar o seu negócio, mas o que mais você deve fazer para tirar essa ideia do papel e levar seu empreendimento ao sucesso?

Se você é iniciante, primeiro precisa ter calma. Assim, você vai ter estrutura para pensar melhor, estudar, aprender e, finalmente, empreender! Veja algumas dicas que podem te ajudar:

Pesquise sobre a concorrência

Ao gerir um negócio, é muito importante conhecer a sua concorrência. Saiba todos os detalhes, visite as empresas, se necessário e não se preocupe! Se houver muita concorrência, significa que essa área de atuação está em alta.

Crie metas!

Empreender também significa criar metas. Você pode criar pequenos objetivos a serem cumpridos até alcançar o seu objetivo final. Essa é uma boa forma de se organizar e não criar dispersão.

Pense no seu público alvo

Seu principal objetivo com o novo negócio deve ser produzir conteúdos e produtos que as pessoas queiram não somente adquirir, mas também compartilhar. Assim, você garante um alcance ainda maior!

Faça um plano de negócios

Um plano de negócios é um documento utilizado para elaborar uma projeção sobre como estará a sua empresa entre os próximos 3 a 5 anos. Assim, você pode ter uma noção de como estará a sua empresa no mercado, nas vendas e no setor financeiro.

Busque formas de ganhar tração

Ganhar tração significa abrir uma vantagem para começar bem o seu negócio, e isso pode ser feito construindo uma base dos primeiros clientes, seja lançando campanhas ou oferecendo ao público um gostinho do que será o seu investimento no futuro.

Conclusão

Portanto, agora você já sabe qual é o primeiro passo para começar o seu negócio, e chegou a hora de colocar a mão na massa!

Financiamento Empresarial

O financiamento empresarial é o ato de alguém fornecer dinheiro para uma pessoa física ou jurídica, no meio empresarial, um banco, por exemplo.

Com o financiamento empresarial, as empresas podem obter os recursos necessários para que as mesmas consigam fazer os seus investimentos.

É interessante pensar em investir no financiamento empresarial pois ele pode contribuir, e muito, para o crescimento do seu negócio, principalmente para você, micro ou pequeno empreendedor.

 Financiamento Empresarial

A importância do financiamento empresarial

As empresas têm ao seu favor, as melhores possibilidades de concessão de crédito, Porque? Investimento tende a refletir diretamente na criação da demanda de empregos, ou seja, gira a economia.

Se você é empreendedor, precisa aproveitar essa oportunidade. O mercado está cada dia mais aberto e para sua empresa se destacar, você precisa aproveitar as novidades para crescer.

Mas precisa ser algo de sentido e valor, que ultrapasse a visão de somente gerar lucros, se você cativar e fidelizar as pessoas, aumentar o lucro é apenas consequência. E que bela consequência!

A importância do financiamento para micro e pequenas empresas

Não é nada fácil conquistar uma posição de destaque no mercado, a disputa por consumidores é acirrada, seja qual for o porte e ramo da empresa.

A falta de recursos financeiros ajuda a atrasar o processo de crescimento e reconhecimento da empresa, e o financiamento empresarial se tornou importante para alavancar a ascensão delas.

A partir de então, elas passaram a ter a oportunidade de serem competitivas no mercado, fazendo com que os clientes reconhecessem seu produto e fossem leais a sua marca.

Financiamento empresarial sem riscos

Agora que você entende que o financiamento empresarial é uma ótima opção de crescimento para uma empresa, é preciso saber fazer um financiamento sem comprometer a saúde financeira do negócio.

Evite as dívidas e faça uma análise minuciosamente cuidadosa da empresa, ao analisar, você saberá se a empresa tem reis condições de investir ou se precisa de uma postura conservadora para evitar a falência.

Com toda certeza não queremos a falência do negócio, portanto, tenha cuidado em analisar se o financiamento corporativo é realmente benéfico no momento.

Juros do financiamento para micro e pequenas empresas

Um fator muito importante para analisar se o financiamento empresarial será benéfico, é a taxa de juros, que é o valor que você pagará para instituição responsável por liberar o crédito.

Quanto mais riscos o empreendimento apresenta, maiores são as taxas de juros, isto pode acarretar no atraso do pagamento das parcelas e fazer a dívida aumentar, e consequentemente, deixar inviável a continuidade do negócio.

Não é legal para você empresário, ficar com o nome sujo devido ao fato de não ter honrado com os acordos. Tendo mais facilidade em quitar as prestações, os riscos de inadimplência são bem menores.

Modalidades disponíveis de financiamento empresarial

É importante conhecer e entender as alternativas disponíveis para contar com os recursos financeiros de um financiamento empresarial seguro para o seu negócio, em especial, para micro e pequenas empresas.

Cheque especial

Deve ser usado só em casos especiais, como por exemplo, para saudar dívidas que podem ser quitadas em poucos dias. É uma medida para não prejudicar a capacidade da empresa de honrar os compromissos.

É importante também pois preserva as chances de fazer novos investimentos, empresa bem vista no mercado é consequentemente uma empresa com oportunidades de parcerias.

Conta garantida

É quase igual ao cheque especial, porém, os juros são mais baixos, o que consequentemente facilita o pagamento. É caracterizada por uma modalidade de crédito rotativo, pode ser usada para diversos fins.

Leasing

Consiste em um contrato de locação onde é permitido a compra do bem ao final do acordo. É uma boa alternativa para médios e longos prazos e é utilizada principalmente na aquisição de equipamentos e veículos.

Empréstimo

As vezes não fica viável fazer grandes investimentos com os próprios recursos. É comum que os empresários façam empréstimos para alavancar o crescimento do negócio.

Normalmente é usado para:

  • Reformas no estabelecimento;
  • Adquirir veículos que serão utilizados para tarefas da empresa;
  • Compra de novos equipamentos;
  • Investir em ações de marketing para divulgar o negócio

Modelos de taxas de juros para o financiamento empresarial

No geral, o mercado apresenta três modelos de taxas juros para o financiamento empresarial, confira abaixo:

Taxa nominal

É referência para cobrança do dinheiro emprestado, porque o período de capitalização não é igual a taxa de referência;

Taxa efetiva

São os juros cobrados de forma efetiva pelo banco ou cooperativa de crédito. Isso é porque o período de capitalização bate com o de referência da taxa.

Taxa real

A taxa real mostra o valor que a instituição financeira está cobrando pelo empréstimo. Neste caso, o dinheiro perde o valor por causa da inflação.

Conseguiu entender melhor como funciona o financiamento empresarial? Comente o que achou e compartilhe essas informações com os amigos.

Poupança Premiada Sicoob

 

A poupança premiada Sicoob foi um meio que a cooperativa criou de chamar atenção para possíveis novos cooperativados e beneficiar os que já são.

Guardar dinheiro de forma segura pode ter vários benefícios, além da preservação do seu dinheiro em uma instituição de confiança, existem as possibilidades de se ganhar prêmios, oba!

Quer entender como de fato funciona esta poupança e se realmente é viável investir nela? Confira este artigo

Como é feita a poupança premiada sicoob?

A poupança premiada Sicoob é feita de forma bem transparente, você pode obter informações através de um regulamento disponível no site Sicoob. Quanto mais aplicar, mais chances de ganhar.

A cada R$ 200, 00 depositados, o cooperado ganha um número da sorte. É necessário deixar o valor da poupança para que o número continue válido. Podem participar pessoas físicas e jurídicas.

Os menores de idade também podem participar da poupança premiada Sicoob, desde que tenham um responsável legal cadastrado.

Poupança Kids Sicoob

Já que foi citada a permissão da participação de crianças na poupança premiada Sicoob, vamos falar um pouco sobre este serviço.

Podendo ensinar a criança poupar desde cedo, a Poupança Kids é exclusiva para crianças e adolescentes de zero a 16 anos e conta com cartão personalizado para saques e consultas.

Se o responsável já for associado da cooperativa, é necessário apresentar a certidão de nascimento da criança ou adolescente e o documento do tutor, mais o valor do depósito inicial. Feito isto, seu filho já participa da poupança premiada.

Ainda não tenho a poupança Sicoob

Se você faz parte da cooperativa, mas ainda não possui poupança para concorrer a poupança premiada Sicoob, faça a sua com um valor inicial de depósito, R$ 30,00. Este valor é tanto para pessoas física quanto para jurídica

Quais os prêmios do sorteio

Me interessei, mas quero saber quais os prêmios eu irei concorrer na poupança premiada Sicoob, preparamos a lista para você, confira:

  • R$ 440 mil reais distribuídos em prêmios mensais;
  • R$ 940 mil reais distribuídos em prêmios semanais;
  • 4 prêmios no valor de R$ 200 mil reais;
  • 4 Hilux;
  • 22 HB20;
  • 11 motos Honda;
  • 11 prêmios de 1 Up Move;
  • 1 kit casa nova

Quantos prêmios, não é mesmo?

Atendimento Sicoob

Caso você seja um ganhador, o programa de poupança premiada Sicoob entrará em contado com você, mas sabemos que em sorteios, é difícil conter a ansiedade, por isso existe o site Sicoob.

Além de ter todas as informações relacionadas aos demais serviços da cooperativa Sicoob, você também encontra a opção de consultar o seu número da sorte sempre que desejar.

Regras para participar da poupança premiada Sicoob

Como todo sorteio, é comum a criação de regras para deixar o processo mais dinâmico e justo para todos os participantes.

E com a poupança premiada Sicoob não é diferente, confira:

  • Não será computado o saldo existente em conta até a data determinada. Se ao longo da promoção, o poupador efetuar saques, será anulado um número da sorte, sempre o mais antigo;
  • As definições dos números da sorte são divididas em duas partes, série, com três algarismos e número de ordem, com cinco algarismos;
  • São emitidos no máximo, mil números por CPF ou CNPJ, independentemente da quantidade de contas-poupança;
  • Os números vencedores de cada sorteio, são definidos na respectiva extração da Loteria Federal. A série será formada pelas dezenas dos três primeiros prêmios.

Quer saber mais a respeito do regulamento? Acesse o site Sicoob e fique por dentro de todas informações.

Gostou de saber sobre a poupança premiada Sicoob e os seus inúmeros benefícios? Comente o que achou e compartilhe.

Poupança Anual 2019

Se você faz parte do grupo de brasileiros que ainda pensam na caderneta de poupança anual 2019 como alternativa mais segura e rentável para o seu dinheiro, é bom começar a repensar.

O cenário econômico nacional não tem favorecido este tipo de aplicação há algum tempo já, e não tem expectativas de melhoria para o ano de 2019. E aí vem o questionamento: O rendimento de poupança anual 2019 vale a pena?

 Poupança Anual 2019

Para responder está pergunta, criamos este artigo para te ajudar a pensar em como guardar o seu dinheiro de forma segura, confira.

Rendimento de poupança anual 2019

O rendimento da poupança anual 2019 está relacionado à variação da Taxa Selic. No ano de 2012, foram criadas novas regras para esta remuneração. Os depósitos a partir daquele ano passaram a obedecer a dois critérios:

  • Quando a Taxa Selic é igual ou inferior a 8,5% a poupança paga 70% da Selic + a Taxa Referencial (TR), que é praticamente nula;

  • Quando a Taxa Selic é superior a 8,5% a poupança paga 0,5% ao mês + a Taxa Referencial

É importante lembrar que a remuneração para os depósitos realizados até o dia 3 de maio de 2012, a “poupança antiga” segue a segunda regra.

Pode-se perder dinheiro com a poupança anual 2019

Quando falamos em poupança anual 2019 é necessário analisar os dados e consequentemente, possíveis riscos.

A inflação acumulada nos últimos 12 meses, atingiu o índice de 3,89%, de acordo com os dados recentes do IBGE. Ou seja, atualmente, a poupança possui um ganho reduzido.

Se numa situação hipotética a Taxa Selic fosse mantida no patamar de 6,5% e a inflação fosse superior a 4,5%, você poupador, iria contabilizar perdas.

Segurança e praticidade na poupança anual 2019

Provavelmente você deve estar se perguntando: Se a poupança anual 2019 vai render pouco, o que leva os brasileiros a optarem por ela?

A caderneta de poupanças apresenta aspectos positivos como a segurança e a praticidade das transações, que podem ser feitas rapidamente no caixa eletrônico.

Uma outra resposta para explicar a razão para que muitos poupadores ainda optem por ela, é porque desconhecem que existem outras formas fáceis e mais rentáveis.

Outras alternativas à poupança anual 2019

Listamos aqui, ao menos três alternativas interessantes para a sua poupança anual 2019, confira:

Renda fixa

São boas opções para poupadores que, até o momento atual, cogitavam a caderneta como solução para render o dinheiro. Nesta modalidade, os riscos são menores se comparados à renda variável.

Tesouro direto

Aqui, os títulos públicos contam com a garantia do Tesouro Nacional, logo,

Torna-se no tipo de investimento mais seguro que o mercado pode te oferecer.

Tesouro Selic

Seu rendimento é pós-fixado. O provento deste título fica atrelado à Selic Over, que é definida pelo mercado e calculada todos os dias. Portanto, uma variação da SELIC trará uma valorização ao seu ativo

É popularmente utilizado para criar fundos de emergência, pois oferece facilidade de saque.

Tesouro IPCA

Considerado um instrumento híbrido por ter um rendimento prefixado e um pós-fixado. Pode-se dizer que ele gera ganhos reais uma vez que o mesmo tem a garantia de retornos acima da inflação.

Por evitar o estrago gerado pela inflação, ele é muito usado no planejamento de aposentadorias.

Escolhendo a melhor opção

Agora que você já sabe da existência de outras oportunidades tão seguras quanto a poupança anual 2019, é só escolher qual a melhor alternativa para você e para te auxiliar nisto, peça auxílio de uma corretora.

Ela irá estudar a sua situação e apontar qual o caminho para lucrar mais através da sua poupança anual 2019.

Gostou de saber a respeito da poupança anual 2019? Comente o que achou e compartilhe para que mais pessoas tenham acesso a estas informações.

Poupança, como Funciona?

Poupança como funciona? Se você está pensando em criar uma, provavelmente seja está, a sua maior dúvida.

É uma boa opção para guardar o seu dinheiro de forma segura, e o valor depositado, gera juros, aumentando assim, seu saldo positivo. Opa! Interessante isto.

A poupança é como se fosse um meio de segurança e planejamento para o futuro ou adversidade, portanto, é importante considerar este tipo de conta.

 Poupança, como Funciona

O surgimento da poupança

O funcionamento da poupança de anos atrás, não era a poupança como funciona nos dias dehoje. Existe outro termo também, a caderneta poupança.

O nome “caderneta poupança” ficou conhecido, pois antigamente, as pessoas realmente anotavam em pequenos cadernos, os juros recebidos por elas.

Muito tempo atrás, em janeiro de 1861, Dom Pedro II assinou um decreto, que criava a Caixa Econômica Federal, e juntamente com ela, a poupança. A ideia era fazer a captação de recursos que os mais pobres tinham como economia.

Poupança, como funciona nos dias de hoje

O entendimento da poupança como funciona é simples, é voltada para quem está começando a poupar uma renda e não sente segurança em investir em aplicações maiores.

Não é necessário comprovar renda, e nem pagar taxa de abertura de conta para abrir uma, independentemente da instituição financeira escolhida.

Com a poupança aberta, é só começar a fazer os depósitos. A cada valor depositado, um mês depois da data de entrada de dinheiro, é contado o valor de rendimento.

Entendendo como funciona o rendimento de uma poupança

O cálculo de rendimento da poupança depende dos juros SELIC (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia), sendo acrescido da TR (taxa referencial). Essa taxa é calculada no dia do depósito.

É importante ressaltar que tem mais a remuneração atualizada de caderneta poupança, que hoje em dia é 0,5% por mês e 6,17% ao ano.

Se você quiser saber com mais clareza como funciona o rendimento da poupança, o Banco do Brasil disponibilizou em seu endereço eletrônico a Calculadora cidadão, com todos os valores de referência para TR e poupança.

Os benefícios de uma poupança

Agora que você entendeu a poupança como funciona, entenda os benefícios de uma na sua vida;

Fazer um fundo para investir na abertura de um negócio

Muitas pessoas investem o dinheiro de anos de poupança para realizarem o sonho do negócio próprio, se futuramente você pensa em investir no seu, é interessante pensar nesta forma de poupar;

Poupar para pagar um futuro estudo dos filhos

Existem pais que fazem a popança assim que o filho nasce, o valor juntado durante todos estes anos ajuda a pagar as parcelas de uma faculdade, por exemplo;

 Poupança, como Funciona

Ter dinheiro guardado para te socorrer em possíveis adversidades;

A sensação de alivio ao saber que tem um valor considerável para pagar uma conta que não estava nos seus planos mensais é grande, seja na compra de um pneu ou compra de um remédio, por exemplo.

Qual o melhor banco para fazer uma popança?

Os rendimentos da caderneta de poupança não variam muito de instituição para instituição, a escolha do banco para abertura da conta não faz tanta diferença. Entretanto, é preciso levar em consideração algumas coisas.

Dê preferência à instituição financeira que presta um bom atendimento, tenha mais opções de agencias perto do seu trabalho e de sua casa e, principalmente, colecione poucas reclamações no Banco Central no PROCON.

Entender a poupança como funciona de fato, é extremamente importante para dar o primeiro passo para abrir uma. Comente o que achou e compartilhe essas informações com os colegas.

Financiamento Juros Zero

O termo financiamento juros zero está presente em inúmeras propagandas como, ofertas de carros, motos, casas e até em anúncios de cursos superiores.

É uma oferta que enche os olhos e talvez você nem pense duas vezes em investir em um financiamento juros zero, mas é preciso cautela.

Alguns estudiosos de economia apontam que esta famosa oferta de financiamento sem taxas extras na maioria dos casos, na verdade não existe, a taxa de abertura de crédito e desconto na compra à vista estão embutidos.

Desvendando o financiamento juros zero

O financiamento juros zero são na verdade taxas embutidas, é um chamariz utilizado para atrair você ao local e possivelmente efetuar o financiamento de um produto com taxas menores que as de uma oferta comum.

Tem toda uma manobra estratégica de marketing, mesmo a instituição financeira não cobrando o valor adicional pelo dinheiro cedido para a aquisição do bem, toda operação de crédito no Brasil inclui a cobrança de impostos.

Neste caso, estamos falando de um imposto chamado IOF

O que é o IOF?

É um tributo que cai sobre, como seu nome diz, realização de operações financeiras. Está presente nas transações mais comuns de dinheiro no nosso dia a dia, olha só:

  • Usando o cartão de crédito para alguns tipos de compras;
  • Pegar um empréstimo;
  • No cheque especial;
  • Na contratação e uso de um seguro;
  • Venda e compra de moedas estrangeiras;

É importante saber, pois a grande maioria das transações apresentadas acima, as empresas usam o famoso termo financiamento juros zero oufinanciamento sem taxas extras.

Exemplos comuns de taxas embutidas no financiamento de carro

Para você entender um pouco melhor o financiamento juros zero, iremos colocá-lo em um produto comumente utilizado para fazer propagandas do tipo, o famoso carro.

Os feirões de carros novos estão cheios de ofertas do tipo, se você pretende comprar em um carro novo, entenda e desmistifique o financiamento juros zero com está explicação que iremos dar;

No financiamento juros zero está embutido a abertura de crédito. Para que a financeira possa abrir seu crédito, é cobrada uma taxa que varia entre R$ 800,00 a mais de R$ 2,000,00.

Varia conforme o valor do financiamento. Quanto mais caro o valor financiado, maior a taxa, por isso, o valor embutido.

Desconto na compra à vista

Está situação define a inexistência dos juros. Se uma concessionária oferece um desconto para pagamento à vista, esse valor será menor que o financiamento.

O valor do carro à vista não pode ser diferente do valor financeiro para que a taxa de juros seja igual à zero.

Em geral, as concessionárias exigem uma entrada maior, algo entre 40% a 60% do valor total, e o número de parcelas é reduzido, normalmente até 12 meses.

 Financiamento Juros Zero

Perigo dos juros embutidos

Agora que você descobriu a realidade dos juros embutidos no financiamento juros zero, é necessário saber dos seus perigos.

Pergunte para a concessionária que você escolheu realizar o financiamento, se existe algum desconto para comprar o carro que você escolheu à vista. Se sim, é sinal que o preço do financiamento juros zero está embutido.

Agora você sabe o que está nas entrelinhas de um anuncio de financiamento juros zero, opte pela melhor negociação. Comente o que achou e compartilhe para que mais pessoas saibam desta informação.

Financiamento para Negativados

O financiamento para negativados é uma opção de salvação para fazer aquela aquisição tão desejada e talvez, extremamente necessária.

Não sabemos qual o motivo da sua inadimplência, mas é um estado de crédito muito ruim, pois o poder de compra fica totalmente limitado, e nos momentos adversos, pode te deixar em uma situação complicada.

Por esse motivo, criamos um artigo que irá tirar todas as suas dúvidas em relação a este assunto, e talvez, dar uma ponta de esperança para você, confira.

 Financiamento para Negativados

Como tentar o financiamento para negativados

Tentar, isto mesmo! Sejamos realistas, o financiamento para quem tem o nome sujo é complicado, correndo o risco de talvez, nem acontecer.

Pesquise com muita atenção as empresas que oferecem financiamento. Algumas oferecem a opção de crédito pessoal para a pessoa que se encontra nesta situação.

A liberação de um financiamento para negativados vai depender do valor e os juros, que são altos normalmente, pois o inadimplente já tem um histórico de não pagamento das contas.

Financiamento para negativados autônomos

Saiba que não é uma tarefa nada fácil, mas tem como. Solicitar financiamento para negativados já é desafiador, sendo autônomo, é mais complexo ainda.

Como não tem vínculo com empregador, não tem holerite e sem ele, não tem comprovação de renda. Confira algumas dicas de como conseguir um financiamento para negativados sendo um autônomo:

  • Apresente o seu extrato bancário com a movimentação de no mínimo 4 meses para comprovar o entra e sai de dinheiro na sua conta;

  • Formalize-se, abra um MEI ou CNPJ, isto ajuda na comprovação de renda;

  • Refinancie sua casa ou automóvel, use-os como garantia de pagamento do financiamento.

Cuidados para tentar um financiamento para negativados

Nesta hora, aparecem inúmeras propagandas chamativas com ofertas incríveis, no entanto, tenha muito cuidado, algumas podem ser até golpes, e para não cair neles, atente-se para alguns pontos.

  • Empresas fraudulentas se aproveitam da sua situação para cobrar pagamentos antecipados. Antes de fechar o negócio, pesquise, e não pague valor algum antes de receber o empréstimo;
  • Os sites golpistas, fique atento com erros de ortografia, com a falta de contato, como telefone e e-mail.
  • Com maior risco de não receber o pagamento dos empréstimos por parte dos negativados, os bancos e financeiras fazem uma análise extremamente criteriosa, então desconfie de respostas imediatas.
  • Pesquise e compare os juros antes de assinar o contrato

Como retirar as restrições do CPF

É o principal documento pedido para efetuar uma compra nas lojas, suponhamos que você não tenha conseguido pagar uma dívida do passado, e deixou ele sujo, agora em tudo quanto é loja, vão consultar o histórico deste documento.

Não tem formula mágica, mas fazendo um financiamento para negativados, você consegue mudar está realidade.

Entre em contato com a empresa que você deve e proponha um acordo, em alguns casos, a própria empresa liga propondo o acordo, aproveite o financiamento para negativados e utilize o empréstimo para saldar a dívida.

Adote novos hábitos financeiros

Suponhamos que você tenha conseguido o financiamento para negativados para saldar as suas dívidas, ufa! Não é mesmo? No entanto, quais as chances de ficar inadimplente novamente?

É uma nova vida, organize-se e controle desde as compras mais simples até as mais complexas. Ao conseguir um financiamento para negativados, lembre-se, é uma conta a mais.

A grande maioria das pessoas fazem o financiamento para negativados para pagar as dívidas, no entanto, tenha bom senso em analisar a sua situação, eu realmente preciso? É um gasto necessário? Não tem outo jeito?

As informações sobre o financiamento para negativados irão te ajudar? Tem alguém precisando destas dicas? Então comente o que achou e compartilhe.

Financiamento de Veículos Sicoob

O financiamento de veículos siccoob te ajuda no sonho deter um veículo próprio. Os benefícios são muitos, segurança, conforto e acessibilidade são alguns deles, por exemplo.

No entanto, sabemos que é quase impossível adquirir um automóvel à vista, uma boa opção que vai te ajudar a tornar o sonho do carro novo possível, é o financiamento de veículos.

Existem sim outras maneiras de ter um carro, mas porque devo me atentar para o financiamento? Como ter a certeza de que será uma boa escolha? Confira.

 Financiamento de Veículos Sicoob

As vantagens de um financiamento de veículos

Para financiar seu automóvel, é necessário ter cautela para analisar alguns dados e entender se realmente será uma boa opção no momento, veja alguns pontos para considerar:

  • Você consegue adquirir o carro sem ter o valor total em mãos;
  • Opção de dar a entrada do veículo e financiar o restante
  • Depois da finalização do processo burocrático, no mesmo dia você sai da concessionária dirigindo seu carro;
  • O pagamento do financiamento é parcelado de acordo com o seu salário.

Ótimas opções, não? Quer ainda mais benefícios no financiamento de veículos? Então confira as vantagens do financiamento de veículos siccoob:

Vantagens de fazer um financiamento de veículos sicoob

Com o financiamento de veículos sicoob você pode escolher qualquer marca de carro, moto ou veículo pesado, e o melhor de tudo, é ter o poder de escolher o prazo mais adequado para pagar, confira a lista:

  • Ótimos prazos para o pagamento das parcelas;
  • Financiamento de até 100% o valor do veículo que você adquirir;
  • A contratação é rápida e nada burocrática;
  • As taxas são atrativas;
  • Tem atendimento personalizado.

Os benefícios do financiamento de veículos sicoob são atrativas, pois é um banco que não visa somente o lucro próprio, mas sim, um sistema que trabalha para cooperar com você.

As cooperativas de crédito além de oferecer as menores taxas, costumam distribuir os lucros entre os associados, o que é uma grande vantagem se comparado aos bancos tradicionais.

Comodidade ao simular um financiamento de veículos sicoob

Quando estamos no processo de pesquisar algumas informações, quanto menos burocrático e mais poupar o nosso tempo, melhor.

Com o mundo digital dominando, quase todos processos bancários, antes solicitavam sua presença, hoje em dia, com o simulador on-line de empréstimo sicoob é assim.

Você tem atendimento personalizado e simulação de um empréstimo real para você ou sua empresa, tudo digitalmente!

Você pode adquirir seu financiamento de veículos sicoob através de muitas opções de serviços que o banco sicoob oferece, mas confira pelo menos dois deles:

Sicoob crédito digital

É rápido, prático e tudo online, o crédito digital facilita a vida de quem já é cooperado.

Por meio do Sicoobnet pessoal ou pelo aplicativo Sicoob, o cooperado poderá simular, enviar documentos ou até mesmo, contratar e liberar uma operação de financiamento de veículos, muito prático, não é? Outro meio é o Sicoob transcredi.

Sicoob transcredi

É uma boa opção para você fazer o financiamento de veículos sicoob, as taxas são de até 1,24% ao mês, valor este que se somado anualmente e comparado com outros do mercado, é vantajoso.

Financiamento de veículos sicoob em forma de consórcio

Você já deve ter ouvido falar deste método, o banco sicoob também oferece este meio de adquirir o seu automóvel novo. Ele permite a aquisição programada de bens com isenção de juros e as taxas são reduzidas.

Em grupos, os consorciados garantem por meio do autofinanciamento, a soma dos valores necessários para a contemplação dos demais participantes do grupo.

Se for um meio benéfico para você, vá até uma agencia sicoob mais próxima ou consulte através do site, mais dados sobre o financiamento de veículos sicoob em forma de consórcio.

A escolha do veículo

Seja qual for o banco que irá financiar seu veículo novo, é importante estar atento sobre a condição do automóvel, ainda mais se for um seminovo.

No caso de carros usados, é importante ficar atento às condições do motor, pneus e pintura. É necessário, também, verificar a documentação do veículo e a quantidade anterior de donos.

Com as informações sobre o financiamento de veículos sicoob, você consegue começar a pensar no carro novo. Comente o que achou e compartilhe.

EMPRÉSTIMO NO BANCO DO BRASIL – COMO SOLICITAR?

Ter acesso a um empréstimo no Banco do Brasil pode ajudar demais a sua vida financeira a deslanchar, mas saber como solicitar também é fundamental. Veja as dicas a seguir!

O início de ano vem aí e o que não vai faltar são contas para pagar! O décimo terceiro muitas vezes não consegue dar conta de tantos gastos que precisam ser pagos nessa época do ano, e nesse desespero todo muitos buscam empréstimos, como o empréstimo no Banco do Brasil.

O Banco do Brasil é um dos mais tradicionais do país, então é bem natural que cresça o interesse em apostar em seus produtos e serviços, especialmente em momentos de crise.

Ainda assim, não é porque é interessante que é sabido, e muitos não sabem como solicitar empréstimo no Banco do Brasil. Se esse é o seu caso fique bem relaxado, porque chegou a hora da gente te explicar essa história passo a passo! Vem!

Saiba tudo que é necessário sobre o empréstimo no Banco do Brasil

Na hora que a grana falta e as obrigações vem buscar um empréstimo soa como uma opção interessante, e o empréstimo no Banco do Brasil de fato tem vários prós!

Um deles é que quem tem conta corrente ativa no banco em questão pode solicita-lo sem nem se dar ao trabalho de sair de casa! Isso mesmo! De acordo com informações disponíveis no próprio site do BB para os correntistas ativos o empréstimo pedido sai sem burocracia, e pode ser parcelado em até 60 vezes!

O valor solicitado pelo cliente é depositado em sua conta, e ele não precisa explicar, por exemplo, qual o motivo de estar pedindo empréstimo, e tão pouco necessita comprovar a forma como vai utiliza-lo. Esse é um baita alívio para vários consumidores, que se complicam na hora de colocar as suas razões para requisitar o dinheiro e também para mostrar o uso do que receberam!

Quais são as condições desse tipo de empréstimo?

O BB, como você pode ver, não impõe muitas condições aos seus consumidores para emprestar dinheiro. O que normalmente vai pesar aqui são justamente os pontos que elencaremos a seguir:

  • O limite oferecido para o empréstimo, que está no extrato da conta corrente do cliente;
  • A escolha da data de pagamento que funciona de forma mais conveniente para esse consumidor;
  • A assinatura do contrato vigente, para poder usufruir dos serviços e colocar a sua responsabilidade;

Além disso, como comentamos previamente, o cliente pode contratar esse serviço utilizando-se da internet, apostando no aplicativo do Banco do Brasil. É claro que ele também pode fazer todo o processo no caixa eletrônico, ou ainda em uma agência da instituição, com os profissionais presentes para ajudar, mas facilidade e comodidade são as palavras de ordem por aqui!

É interessante dizer que em alguns extratos de conta corrente o correntista não vê o crédito ao qual pode ter acesso se precisar, mas se for esse o seu caso você pode ir direto na sua agência e pedir uma análise! Assim o problema estará mesmo resolvido!

Isso significa que o empréstimo no Banco do Brasil é acessível?

Podemos dizer que sim. A verdade é que muitas empresas complicam o acesso ao crédito para os seus clientes, ainda que eles sejam consumidores de seus produtos e serviços. É algo mais comum do que se imagina e que atravanca demais a vida financeira de muitas pessoas, lamentavelmente!

Se você está interessado no empréstimo no Banco do Brasil vale a pena buscar mais informações sobre e analisar as condições de pagamento, para não se complicar mais do que você pode se ajudar. A consciência é fundamental para que receber esse tipo de ajuda financeira não acabe se tornando um grande e perigoso tiro no seu orçamento!

QUAL DÍVIDA PODE SUJAR SEU NOME?

Saber qual dívida pode sujar seu nome é uma curiosidade de muitos, que acreditam que algumas não vão prejudicar tanto a sua reputação financeira. Saiba mais sobre a seguir!

Muitos têm o interesse de saber qual dívida pode sujar seu nome, e essa curiosidade não é por acaso. Se você fica com o nome “sujo” na praça passa a sofrer uma série de represálias do mercado, sendo a mais comum a negação de crédito e a mais preocupante o risco de sofrer um processo.

O fato é que existem milhões de inadimplentes no país, mas será que todos estão negativados em órgãos de controle como o SPC ou Serasa? Essa preocupação se justifica, ou ter o nome “sujo” não é tão importante assim?

Para responder essa e outras perguntas fizemos esse texto para falar um pouco mais sobre qual dívida pode sujar seu nome. Informe-se, prepare-se e aprenda cada vez mais, porque um consumidor que sabe das coisas é mais consciente! Vem!

Descubra qual dívida pode sujar seu nome – e se alguma de fato não pode

Muita gente se pergunta qual dívida pode sujar seu nome, e a verdade que vamos trazer aqui pode ser incômoda e até desesperadora, mas é melhor lidar com ela logo de uma vez: a real é que qualquer dívida que você faça pode te levar a ser negativado no SPC ou Serasa!

O que isso quer dizer na prática? Que não importa muito o valor envolvido ou a empresa credora, porque se você ficar devendo por mais de 90 dias as instituições relacionadas com a sua dívida já podem começar a mexer os pauzinhos para te negativar.

Vale dizer também que alguns órgãos tem o direito de te negativar se você não paga um dia depois do vencimento, muito antes dos 90 dias praticados por instituições como empresas de telefonia, de gás ou de luz, por exemplo. Lojas e condomínios, por exemplo, não precisam esperar para agir a sua negativação, e é fundamental ter essa consciência!

Como age a maioria das empresas sobre a negativação do nome?

Isso depende. Algumas são mais condescendentes e outras se aproveitam do arbítrio da lei para agir com velocidade. De modo geral, é sabido que um organismo normalmente vai comunicar ao devedor a situação e pedir um prazo para estabilizar a situação, para que o relacionamento com um cliente não acabe sendo prejudicado por afobação.

Também é necessário colocar que por lei nenhum organismo (seja ele público ou privado) pode colocar o seu nome para negativar antes de te informar a respeito, e é por isso que de modo geral as pessoas costumam receber ligações com cobranças, oferecendo um tempo para estabilizar a situação, antes que o pior se consolide.

Entenda no que pode te prejudicar ter o nome negativado

Agora que já sabemos que essa ideia de pensar qual dívida pode sujar seu nome é furada vale a pena pensar um pouco mais sobre quais são as consequências de ser negativado. Sim, elas existem, e podem ser bem complicadas de se lidar. Podemos listar como as principais…

  • O fato de que você não terá acesso fácil a crediário;
  • A certeza de que o seu Serasa Score vai cair, e isso pode prejudicar a sua reputação financeira;
  • A segurança de que você não conseguirá com tranquilidade ter acesso a crédito;

Se você não quer ter que se preocupar com qual dívida pode sujar seu nome o melhor a se fazer é ter consciência dos seus ganhos, dos seus gastos e tentar sempre equilibrar as finanças da melhor forma possível, para não correr risco. Se você desconfia de uma negativação é melhor buscar o Serasa ou o SPC para descobrir, e essas informações estão na internet! Boa sorte nessa sua caminhada!

EMPRÉSTIMO PESSOAL LIONSCRED

Saber mais sobre o empréstimo pessoal Lionscred pode ser bem interessante para você de muitas maneiras distintas. A seguir nós vamos falar um pouco mais sobre isso! Confira!

É bem verdade que o empréstimo pessoal Lionscred não está entre os mais conhecidos do mercado, mas ele é bastante funcional e tem tudo para ajudar demais a quem está sofrendo com dívidas que se acumulam, ou a quem tem o desejo de realizar sonhos variados, mas sofre fortemente com a falta de capital completa.

Para você compreender melhor como ele funciona é necessário conhecê-lo antes, e para isso nós vamos te dar informações mais precisas a respeito desse serviço conceituado e cheio de vantagens.

A seguir falaremos mais sobre o empréstimo pessoal Lionscred, que tem tudo para trazer a vocês todos muito mais qualidade na vida financeira, ajustando as contas e abrindo a porta para realizações. Confira as nossas informações e aprenda um pouco mais a cada dia!

Conheça mais do empréstimo pessoal Lionscred

O empréstimo pessoal Lionscred é disponibilizado primeiramente para pessoas que tem direito a consignação, e essas pessoas são justamente aquelas que tem um emprego público dentro da Federação, do Estado ou do Município, quem é aposentado pelo INSS ou pensinionista e claro, também quem está locado em alguma das forças armadas.

Ou seja: é um público considerável, e o motivo da empresa preferir esse tipo de gente é que no caso o desconto das parcelas do empréstimo ocorre na folha de pagamento, ou seja, você não vai ter que se preocupar em pagar boletos específicos para poder realizar o seu desejo!

Agora, a questão é que o fato de pedir empréstimo preocupa muita gente, mas é necessário entender que em alguns casos ele é muito necessário e pode te ajudar demais na sua vida.

É lógico que esse não vai ser sempre o caso e em algumas ocasiões ele é um verdadeiro tiro no pé. É o caso quando você pede um empréstimo que não pode pagar as parcelas, ou que tem uma taxa de juros muito alta.

Se você, no entanto, pede um empréstimo que é mais acessível e que te ajuda a parcelar em várias vezes (pagando menos por mês) a tendência é que você consiga ter resultados financeiros muito maiores e bem mais consistentes, isso é fato.

Ainda assim, muitos questionam esse tipo de dispositivo e afirmam que o melhor é contar com o cheque especial ou com cartões, ou tentar juntar dinheiro para pagar as dívidas.

A questão é que para isso acontecer pode passar muito tempo, e com o tempo o seu endividamento pode crescer. Além disso, as taxas de juro do cartão de crédito e do cheque especial são sabidamente as mais altas do mercado, e isso gera preocupação da maior parte dos consumidores, não dá para negar.

É por isso que recorrer a empréstimos acessíveis faz muito sentido em uma série de ocasiões, e esse talvez seja o seu caso, justamente. É claro que você não deve fazê-lo sem refletir antes a respeito e sem pensar em todas as suas possibilidades, mas se soar como uma ótima saída é válido fazer e ajustar de uma vez a sua vida financeira.

O empréstimo pessoal Lionscred oferece taxas bem acessíveis e a possibilidade de você parcelar em muitas vezes, facilitando o seu dia a dia financeiro de forma muito consolidada e muito importante.

Se você quer ter acesso a um empréstimo pessoal Lionscred vale a pena conversar com pessoas responsáveis e entender as suas condições e possibilidades, e claro, vale a pena você ver o seu orçamento, avaliar de quanto precisa e pensar todo o quadro da melhor maneira possível. Com consciência e sabedoria o endivadamento não vai ser mais uma realidade e seus problemas sumirão!

EMPRÉSTIMO ONLINE CREDITAS

O empréstimo online Creditas de fato abre portas para você realizar sonhos, e tudo isso pelo meio virtual. Vale a pena saber mais sobre esse advento e seus desdobramentos a seguir!

Hoje em dia nós fazemos tudo pela internet, não é mesmo? Mas será que dá para conseguir crédito virtualmente? Tudo indica que sim, ao menos se pensarmos no empréstimo online Creditas!

Esse produto é cada vez mais procurado por pessoas que querem ter acesso a esse tipo de vantagem e benefício, mas detestam profundamente a ideia de precisar ir a uma instituição financeira pedir apoio.

É para facilitar a vida desses indivíduos que serviços como o empréstimo online Creditas foram desenvolvidos, e a seguir nos falaremos um pouco mais sobre isso. Confira e aprenda!

Saiba mais sobre o empréstimo online Creditas

O empréstimo online Creditas é um tipo de produto que combina muito bem com nossos tempos atuais, onde as empresas financeiras precisam estar mais antenadas com o fato de que o público não quer mais ser obrigado a consumir dentro de espaços físicos, mas sim virtualmente, contando com o apoio de ferramentas digitais cada vez mais avançadas.

É por isso que esses serviços são cada vez mais buscados e conseguem lucrar muito mais. Ainda assim, talvez você não saiba do que estamos falando quando citamos esse advento específico da Creditas, mas relaxa que agora nós vamos explicar!

O empréstimo online Creditas pode ser solicitado online, e assim que você faz a solicitação recebe da empresa uma proposta feita para você! Depois vem a fase de análise, onde o seu perfil é visto por profissionais, para pensar se você será ou não merecedor de crédito! Uma vez que você for aprovado é a hora de aceitar a liberação, e a instituição te ajuda em todo o processo!

Mas o empréstimo online da Creditas tem alguma outra vantagem?

Muita gente talvez esteja pensando que a única coisa boa do empréstimo da Creditas é que ele pode ser pedido online, mas isso não é mesmo verdade, muito pelo contrário! A empresa oferece vários outros diferenciais, e entre eles nós podemos elencar o fato de que seus juros são baixos e o prazo para pagar é grande.

Isso tem a ver com o fato de que a instituição vai na contramão das concorrentes e não considera risco de inadimplência e cotação para formar a taxa de juros do cliente.

A Creditas permite que você ofereça um bem como garantia para o seu empréstimo, fazendo com que o cliente se responsabilize pelo risco do negócio. Isso torna o risco de não pagar menor, claro, e aumenta a possibilidade de a empresa em questão praticar taxas de juros menores, que caibam no bolso e não venham a comprometer o orçamento!

Pode parecer algo assustador inicialmente, mas é isso que abre as portas para muita gente ter acesso a um empréstimo mais acessível, já que esse mercado é cruel e não oferece tantas opções bacanas assim, que tenham taxas que sejam praticáveis e não acabem com a economia doméstica de um indivíduo, de uma família.

É preciso entender: quem pede empréstimo ou precisa para realizar um sonho ou quer resolver um problema, então tornar a situação menos complicada e menos traumática é sempre o ideal, e a Creditas permite que isso aconteça, o que é realmente excelente! Aproveitar essa oportunidade pode te abrir várias portas e melhorar mesmo o seu dia a dia!

Sendo assim, fica aí a dica: se você não gosta de lidar com idas a locais e prefere resolver tudo de casa o empréstimo online Creditas é a solução dos seus problemas! Além disso, ele oferece a possibilidade de você apresentar bens como garantia, oferecendo assim taxas bem menores e parcelando em muito mais vezes! Considere de fato essa chance!

EMPRÉSTIMO CREDITOPAN

Saber mais sobre o empréstimo Creditopan pode te abrir portas para conseguir ajustar a sua vida financeira, ou para iniciar novos sonhos. Saiba mais sobre isso a seguir!

Querer empréstimos em épocas de crises todos querem, mas a verdade é que a oferta de crédito vem sendo cada vez menor no nosso país, infelizmente. Essa é uma das razões pelas quais empresas pequenas dispostas a ajudar nesse sentido vem crescendo no mercado, e uma delas oferece um produto conhecido como empréstimo Creditopan!

É claro que se trata de um serviço pouco conhecido e badalado, que entrou no radar dos clientes e dos concorrentes há pouco tempo, mas ele vem se mostrando muito funcional para uma classe de consumidores bem exigente, e talvez você só tenha a ganhar sabendo mais sobre ele.

A seguir nós vamos falar mais sobre o empréstimo Creditopan, explicando o que ele pode te ofertar de bom e como você pode ganhar aproveitando-o ao máximo. Confira as nossas informações e dicas abaixo!

Saiba mais sobre o empréstimo Creditopan

O empréstimo Creditopan é um produto desenvolvido pelo Banco Pan, que é bem-conceituado nesse setor, o que traz uma certa confiabilidade para o produto em questão.

Existem uma série de variedades desse produto que são oferecidas por essa instituição, e a mais requisitada entre todas certamente é a do empréstimo consignado. É também o mais fácil de se conseguir, e para pedi-lo você precisa, entre outras coisas…

  • Ser um aposentado ou um pensionista do INSS;
  • Ser um servido público federal, estadual ou municipal;
  • Ser um militar ou um pensionista das Forças Armadas do Brasil;

Para solicitar também não existe muita complicação, não! Tudo que você precisa fazer é simular a sua proposta e aguardar o contato dos consultores da empresa. Depois que eles te contatarem você pode aceitar a proposta, para em seguida enviar os documentos que sejam de fato necessários ao processo! Depois é só receber o empréstimo em questão e correr para o abraço!

Entre os grandes diferenciais desse empréstimo nós podemos elencar com certeza o valor acessível da taxa de juros, bem abaixo do praticado no mercado, o desconto do dinheiro direto na sua folha de pagamento e claro, o fato de que essa opção também está disponível para quem tem o CPF negativado, o que é sempre muito positivo!

Além dessa alternativa de pedido de empréstimo também existe outra, que está relacionada justamente com a possibilidade de você requisitar um crédito específico online, ainda que você não seja o cliente ideal para o crédito consignado! Nesse caso você deve determinar o valor, a quantidade de parcelas para quitar e obviamente seus dados básicos, como nome completo!

A partir dessas informações os envolvidos vão determinar se você é confiável ou não para receber o valor pedido, e se for permitido todo o processo acontecerá rapidamente e de maneira prática, como acontece no caso do consignado. Isso é ótimo, porque te ajuda a resolver a vida financeira de uma vez, sem ter que ficar se desesperando ou sofrendo mais do que já fez!

O empréstimo Creditopan é confiável?

Bem, a verdade é que não é um produto exatamente tradicional dentro do mercado de crédito, mas tudo indica que sim, pela satisfação dos consumidores e pelo renome que vem conquistando dentro desse setor, que é bastante concorrido e disputado, como todos nós sabemos muito bem, aliás!

Sendo assim, se você quer ter um empréstimo Creditopan vale a pena se informar um pouco mais a partir das dicas que demos aqui, buscando melhor orientação e preparo para conseguir esse benefício, e claro, para cuidar bem da sua vida financeira daqui por diante, para que buscar empréstimos não seja um hábito que complique o seu dia a dia! Boa sorte na sua caminhada!

CARTÃO PARA NEGATIVADOS PRÉ-PAGO SUPER

O cartão para negativados pré-pago Super é um dispositivo e tanto dentro do mercado financeiro, e ele talvez te ajude a realizar os seus maiores sonhos e desejos. Saiba mais!

São muitas as pessoas que sonham com a possibilidade de ter acesso a ofertas de crédito contundentes, mas a verdade é que quando você tem o seu nome marcado no SPC ou Serasa fica muito difícil conseguir! Bem, era assim pelo menos, até agora, que podemos contar com o cartão para negativados pré-pago Super!

Esse cartão oferece uma série de diferenciais para os seus consumidores, mas o que chama mais atenção é o fato dele poder ser adquirido por gente que está com o nome “sujo” na praça, o que costuma ser um grande impeditivo para se fazer esse tipo de manobra.

Assim sendo, a seguir nós vamos falar um pouco mais sobre o cartão para negativados pré-pago Super, para que você compreenda como ele funciona e o que te oferece. Vem conferir!

Entenda melhor o que é o cartão para negativados pré-pago Super

O cartão para negativados pré-pago Super é realmente diferenciado, justamente porque ele oferece para os seus clientes dois diferenciais que a maioria não tem acesso:

  • A chance de ter um cartão mesmo se você tiver sido negativado pelos órgãos responsáveis, como o SPC e o Serasa;
  • A possibilidade de você ter um cartão pré-pago, que te dá a chance de consumir sem gastar mais do que deve ou do que pode;

Se ficou confusa essa questão do cartão ser pré-pago a gente te explica: o cartão é pré-pago quando você carrega o valor desejado para consumo no mês anterior às suas compras, sem ter que pagar uma fatura no mês seguinte, como normalmente ocorre. Assim você é capaz de se contralar mais e de ter uma noção maior de como estão os seus gastos, para não ter mais problemas na sua vida financeira!

Na prática você terá que pagar um boleto que tenha o valor que você deseja gastar no período, para aí sim começar a consumir, e não o contrário. Esse aporte é muito legal, porque te dá a oportunidade de comprar na internet, de adquirir serviços sem ter que usar débito ou dinheiro e isso tudo sem complicar o seu orçamento!

Compreenda porque negativados podem ter esse cartão

Um dos grandes trunfos do cartão para negativados pré-pago Super é que ele pode ser adquirido por quem tem o nome “sujo”, ou seja, está com a reputação em baixa dentro do mercado financeiro. Isso é ótimo, porque dá a possibilidade da pessoa ter de volta a normalidade do seu dia a dia, ainda que esteja aprendendo ainda a cuidar do seu próprio dinheiro!

Esse acesso a negativos só é possível porque a empresa Super não faz consultas ao SPC ou Serada, então não tem como você cair em questionamentos e ter o seu acesso ao crédito negado!

Chance de fazer compras nacionais e internacionais

O cartão pré-pago do Super não é só para negativados, mas também é para quem quer fazer compras online em vários lugares do mundo, não somente nos e-commerce do Brasil! Com ele você pode conseguir um cartão virtual, que vai ter o valor da compra de seu interesse enfim, te possibilitando a chance de realizar a operação internacional sem maiores problemas ou dores de cabeça!

Como você pode ter percebido o cartão para negativos pré-pago Super é um grande produto, que dá a chance de ter crédito para quem perdeu e ainda ajuda quem sofre de descontrole com dinheiro a colocar suas finanças na ponta do lápis, uma vez que precisa pagar antes de consumir, e não o contrário! Se você tem o desejo de ter um dispositivo de qualidade e com funcionalidade aposte sem medo!

CARTÃO PARA NEGATIVADOS ALIEXPRESS

O cartão para negativados AliExpress é um produto bem interessante, que pode te ajudar demais a ter uma vida financeira mais equilibrada enquanto acerta suas contas. Veja mais a seguir!

Um dos maiores e-commerces do planeta é o AliExpress, que permite que você compre produtos que vem diretamente da China e que são bem mais acessíveis do que os que compramos por aqui. O que talvez você ainda não soubesse é que existe um cartão para negativados AliExpress, e as suas vantagens e diferenciais são de fato enormes!

Se você já fez compras na AliExpress (isso é muito provável, vamos combinar) a tendência é que tenha alguma noção sobre o que se trata esse dispositivo, mas se não vale a pena se informar.

Veja a seguir mais orientações sobre o cartão para negativados AliExpress, uma das novas opções para quem quer comprar na rede, mas está com o nome “sujo” no mercado. Confira as nossas dicas e aprenda!

Saiba mais sobre o cartão para negativados AliExpress

O cartão para negativados AliExpress é um dispositivo criado para pessoas que querem ter acesso a um cartão, ainda que tenham o nome “sujo” no momento, o que pode ser difícil de se conseguir na maior parte das empresas de crédito do país.

Além disso, ele oferece outra funcionalidade bem bacana, que é a de ser pré-pago. Quem tem um cartão pré-pago só pode utiliza-lo quando há dinheiro nele, ou seja, se você não pagou um centavo para gastar você não terá a chance de consumir, por mais que queira muito. É necessário pagar antes um boleto com os valores que você pretende gastar, e só aí você poderá utilizá-lo da maneira que preferir.

Muita gente torce o nariz para esse tipo de opção, mas a verdade é que ela é bem bacana se você sofre de alguma compulsão e gasta mais do que deveria quando tem limite, então vale a pena considerar a possibilidade.

Agora, se você pensa que um cartão desses pode ser problemático porque você não poderia parcelar está enganado! No caso do cartão para negativados AliExpress a proposta é clara:

  • Se você escolhe a função débito o valor total da compra é retirado imediatamente do seu limite;
  • Se você escolhe a função crédito o valor total da compra é retirado aos poucos do seu limite, uma vez a cada mês;

Ou seja: é perfeitamente possível que você use esse cartão de várias formas diferentes, e ele vai funcionar de uma maneira que te ajude a se manter dentro das suas possibilidades, sem ir além do que deve!

Outras vantagens do cartão AliExpress

As vantagens do cartão AliExpress estão longe de serem só essas: existem várias outras, como por exemplo o fato dele não cobrar anuidade, o que representa uma baita economia. Para emiti-lo você pode ter o seu nome “sujo”, como já contamos, e tudo que necessita é pagar uma taxa de R$ 9. A cada 180 dias, no entanto, vão te cobrar US$ 3 pelo seu uso, mas não vai passar disso!

E o melhor: se você adora o e-commerce da marca vai ficar contente em saber que quem tem o cartão em questão tem direito a várias promoções e descontos exclusivos na loja, que valem para roupas, eletrônicos, livros, CDs e muitos outros! Como se não bastasse outro benefício instigante é que você pode fazer compras nele nacional ou internacionalmente, o que é uma verdadeira mão na roda!

Como você pode ver o cartão para negativados AliExpress é um baita adianto para aqueles que pretendem ter acesso a formas de pagamento mais práticas e acessíveis, ainda que estejam precisando acertar as suas contas com o Serasa e o SPC. Se esse é o seu caso é interessante considerar essa opção, que tem muito a te oferecer!

CARTÃO IBICARD FÁCIL

O cartão Ibicard Fácil gera muito interesse atualmente de um público que busca ter acesso a crédito, mas não é visto com bons olhos pelo mercado financeiro por uma variedade bem grande de motivos.

A maioria daqueles que querem crédito, mas não conseguem são impossibilitados por estarem negativados, ou por terem um score muito baixo nos órgãos de controle, como o Serasa.

Ainda assim, algumas empresas preferem apostar e confiar nesses consumidores, e esse é o caso que vemos com os desenvolvedores do cartão Ibicard Fácil. Confira as nossas informações e aprenda um pouco mais sobre!

Aprenda mais sobre o cartão Ibicard Fácil

O cartão Ibicard Fácil é uma praticidade para quem não vem tendo acesso a crédito de forma muito simples. Vamos explicar um pouco mais sobre as suas características e pontos fortes a seguir:

  • Nesse cartão você consegue pagar suas contas de água, luz e telefone, dividindo em até 6 vezes. Nem todos os cartões permitem que isso seja feito;
  • Nesse cartão você pode recarregar o celular e dividir o valor pago em até 3 vezes;
  • Nesse cartão você pode parcelar a fatura que veio alta demais em até 18 meses, e tudo isso sem você deixar de utiliza-lo;
  • Nesse cartão você pode fazer saques, como se fosse uma conta corrente;
  • Esse cartão te dá a chance de fazer mais dois cartões adicionais, e o melhor é que você ganha desconto de 50% na anuidade deles;
  • Nesse cartão você só precisa efetuar o pagamento da fatura depois de 40 dias;
  • Nesse cartão você consegue fazer compras em milhares de estabelecimentos de todo o país;
  • Nesse cartão as compras do dia a dia podem ser parceladas em até 12 vezes;
  • Nesse cartão você acaba tendo acesso a benefícios únicos, como promoções e ofertas oferecidas pelo acordo do Ibi com outras empresas;

Compreenda o que é necessário para você ter acesso a esse cartão

Para que você aproveite mais esse cartão tudo que você precisa fazer é pegar o seu RG, o seu CPF, o seu comprovante de renda e o de residência, nada mais do que isso. A empresa também não costuma fazer consultas ao SPC ou Serasa, então quem está negativado com medo de não ser aceito não precisa se preocupar tanto assim!

A questão do seu comprovante de renda está relacionada justamente ao limite que o cartão te oferecerá, mas você pode comprovar a sua renda (se for autônomo) através de declaração de imposto de renda, por exemplo, ou explicando de onde vem seus ganhos de forma direta e prática.

Já faz tempo que a maior parte das empresas não impede que pessoas que não tem um emprego fixo tenham cartão, então você também pode realizar esse desejo, de verdade, principalmente se apostar nos serviços da Ibi, que está cada vez mais conectada a ideia de ajudar àqueles que normalmente tem problemas para adquirir crédito.

O mesmo vale para os que são negativados. Se as operadoras de cartão normalmente recusam esse tipo de cliente esse não é o caso da Ibi, que tem muita vontade de ajudar os consumidores que querem alcançar o crédito e transformar para sempre às suas vidas, não importa o que aconteça.

Como você pode ver o cartão Ibicard Fácil é um produto bem interessante e amplo, que oferece a você muitas vantagens e diferenciais e pode te ajudar a melhorar muito a sua vida. Se você tem interesse informe-se um pouco mais e pesquise dicas a respeito, para você fazer esse movimento conscientemente e conseguir aquilo que tanto quer! Muito boa sorte nessa sua caminhada até a obtenção de crédito!

ÁCIL

O cartão Ibicard Fácil gera muito interesse atualmente de um público que busca ter acesso a crédito, mas não é visto com bons olhos pelo mercado financeiro por uma variedade bem grande de motivos.

A maioria daqueles que querem crédito, mas não conseguem são impossibilitados por estarem negativados, ou por terem um score muito baixo nos órgãos de controle, como o Serasa.

Ainda assim, algumas empresas preferem apostar e confiar nesses consumidores, e esse é o caso que vemos com os desenvolvedores do cartão Ibicard Fácil. Confira as nossas informações e aprenda um pouco mais sobre!

Aprenda mais sobre o cartão Ibicard Fácil

O cartão Ibicard Fácil é uma praticidade para quem não vem tendo acesso a crédito de forma muito simples. Vamos explicar um pouco mais sobre as suas características e pontos fortes a seguir:

  • Nesse cartão você consegue pagar suas contas de água, luz e telefone, dividindo em até 6 vezes. Nem todos os cartões permitem que isso seja feito;
  • Nesse cartão você pode recarregar o celular e dividir o valor pago em até 3 vezes;
  • Nesse cartão você pode parcelar a fatura que veio alta demais em até 18 meses, e tudo isso sem você deixar de utiliza-lo;
  • Nesse cartão você pode fazer saques, como se fosse uma conta corrente;
  • Esse cartão te dá a chance de fazer mais dois cartões adicionais, e o melhor é que você ganha desconto de 50% na anuidade deles;
  • Nesse cartão você só precisa efetuar o pagamento da fatura depois de 40 dias;
  • Nesse cartão você consegue fazer compras em milhares de estabelecimentos de todo o país;
  • Nesse cartão as compras do dia a dia podem ser parceladas em até 12 vezes;
  • Nesse cartão você acaba tendo acesso a benefícios únicos, como promoções e ofertas oferecidas pelo acordo do Ibi com outras empresas;

Compreenda o que é necessário para você ter acesso a esse cartão

Para que você aproveite mais esse cartão tudo que você precisa fazer é pegar o seu RG, o seu CPF, o seu comprovante de renda e o de residência, nada mais do que isso. A empresa também não costuma fazer consultas ao SPC ou Serasa, então quem está negativado com medo de não ser aceito não precisa se preocupar tanto assim!

A questão do seu comprovante de renda está relacionada justamente ao limite que o cartão te oferecerá, mas você pode comprovar a sua renda (se for autônomo) através de declaração de imposto de renda, por exemplo, ou explicando de onde vem seus ganhos de forma direta e prática.

Já faz tempo que a maior parte das empresas não impede que pessoas que não tem um emprego fixo tenham cartão, então você também pode realizar esse desejo, de verdade, principalmente se apostar nos serviços da Ibi, que está cada vez mais conectada a ideia de ajudar àqueles que normalmente tem problemas para adquirir crédito.

O mesmo vale para os que são negativados. Se as operadoras de cartão normalmente recusam esse tipo de cliente esse não é o caso da Ibi, que tem muita vontade de ajudar os consumidores que querem alcançar o crédito e transformar para sempre às suas vidas, não importa o que aconteça.

Como você pode ver o cartão Ibicard Fácil é um produto bem interessante e amplo, que oferece a você muitas vantagens e diferenciais e pode te ajudar a melhorar muito a sua vida. Se você tem interesse informe-se um pouco mais e pesquise dicas a respeito, para você fazer esse movimento conscientemente e conseguir aquilo que tanto quer! Muito boa sorte nessa sua caminhada até a obtenção de crédito!

Saiba a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo – entenda!

Se você não pagou alguma dívida já deve ter pensado, ou está pensando nisso agora, se o seu nome está negativado no sistema. Muitas pessoas não sabem a partir de quando o credor pode solicitar isso ao Serasa ou ao SPC, acarretando muitas dúvidas. Saiba a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo.

Leia esse artigo e descubra a partir de quando podem protestar seu nome para deixá-lo sujo e muitas outras coisas!

Saiba a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo

Saber a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo é interessante para todos aqueles que possuem alguma pendência, seja no comércio ou em bancos.

Em tese, a empresa pode mandar o nome para o Serasa ou SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) assim que uma dívida é formada, ou seja, depois do vencimento final de alguma conta.

Porém, muito dificilmente isso irá acontecer, pois a dor de cabeça e o trabalho de colocar o nome de algum cliente nessas entidades é válido apenas em último caso.

Normalmente, mesmo quando podem protestar o seu nome e deixá-lo sujo, o diálogo é a primeira coisa que os credores apostam. É mais fácil para eles tentar um acordo com o devedor antes de tomar medidas mais drásticas.

Em média, os lojistas ou bancos dão um prazo de trinta dias antes de comunicar o Serasa ou o SPC. Nesse tempo, é comum que vários avisos sejam enviados ao cliente (muitas vezes ele apenas esqueceu-se de pagar).

Caso a loja ou banco tente manter contato e não houver retorno ou nenhum comum acordo, muito possivelmente a empresa cadastrará o seu nome e você passará a ser negativado, passa a ter o famoso “nome sujo”.

Após protestarem o seu nome e deixá-lo sujo só há duas alternativas para se escolher: esperar o prazo de 5 anos ou pagar a dívida.

O prazo de 5 anos é estipulado por lei e após esse período o Serasa e o SPC precisam retirar o cadastro do devedor. A dívida ainda existirá, mas o nome não ficará visível para outras empresas.

Caso você pague a dívida, o credor tem cinco dias úteis para retirar o nome do cadastro, sujeito a multa quando isso não é cumprido.

Qual a diferença entre ter o nome sujo pelo SPC ou pelo Serasa

A partir de quando podem protestar seu nome e deixá-lo sujo o credor vai fazer isso pelo Serasa ou pelo SPC.

O Serasa é destinado aos bancos. Ou seja, se você fez um empréstimo e não conseguiu quitá-lo ou não paga há meses a fatura do cartão de crédito, o banco colocará o seu nome no Serasa.

Já o SPC é para o comércio. A maioria das pessoas se atrapalha quando faz muitos boletos com longas prestações, isso faz com que a pessoa se perca no orçamento.

Meu nome está negativado, mas não contrai nenhuma dívida, e agora?

Algumas pessoas passam por esse tipo de situação. Quando vão pedir algum empréstimo ou coisa do gênero descobrem que estão com o nome sujo mesmo não tendo nenhuma dívida.

Isso acontece porque, às vezes, ocorrem erros no SPC ou no Serasa e eles cadastram pessoas como negativadas sendo que elas não estão.

Nessas situações, é possível entrar com recurso para regulamentar o seu nome e ainda pedir uma indenização pelo constrangimento.

Agora que você sabe a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo, fique esperto, mas faça o máximo para negociar a dívida antes.

Quanto tempo meu nome pode ficar no Serasa e SPC?

Ter o nome no Serasa ou no SPC é um dos maiores medos de todas as pessoas que já possuem cartões, contas a pagar, etc. Quando seu nome consta em alguma dessas empresas o seu poder de compra fica mais restrito por conta da falta de confiança que “carregará consigo”. Descubra quanto tempo o seu nome pode ficar no Serasa e SPC.

Se você tem um nome do Serasa ou SPC, saiba que ele não fica registrado lá até que você quite a dívida.

O que é e quanto tempo o seu nome pode ficar no Serasa e SPC

Primeiramente, vamos entender do que se trata, de fato, o Serasa e SPC. Ambas são empresas particulares, mas contêm um cunho de serviço público.

Elas são, em linhas gerais, um banco de dados que assimila informações como nome completo, CPF, RG, endereço e dados pessoais de todos os cidadãos. Essa “ficha” fica disponível para os bancos e comércio.

Esse cadastro serve para dar um suporte às empresas de crédito ou venda, relatando a essas entidades se o solicitante dos serviços tem alguma dívida em seu nome.

Ou seja, o Serasa e o SPC informam se você está negativado ou, popularmente falando, com o nome sujo.

Muitas pessoas se perguntam sobre a diferença entre essas duas empresas, mas saiba que elas são, praticamente, a mesma coisa.

O SPC é financiado por associações comerciais (Câmaras de Dirigentes Lojistas), enquanto o Serasa é mais uma parceria com os bancos.

Então, simplificando, se você realiza a compra de um produto e não o paga, ou deixa de pagar o restante das mensalidades de um boleto, seu nome é encaminhado ao SPC.

Se você faz um empréstimo não consegue quitá-lo ou não paga sua fatura de cartão de crédito, seu nome será enviado ao Serasa.

Porém, essas empresas trocam suas informações e, no final das contas, o nome da pessoa negativada constará nas duas empresas.

Quando uma pessoa fica com o nome sujo e não consegue, de maneira nenhuma, quitar a sua dívida, em cinco anos as empresas precisam “excluir” os dados e o nome da pessoa é retirado dessas duas listas.

Veja bem, a pessoa ainda será responsável pela dívida, mas os bancos e o comércio não terá acesso a isso.

Não tenho dívidas, mas meu nome foi parar no Serasa e SPC

Algumas pessoas descobrem que seu nome está inadimplente ao tentar conseguir um empréstimo ou realizar um compra, mesmo nunca tendo contraído nenhuma dívida.

Ela não precisa se assustar e se preocupar tanto assim, as confusões feitas pelo Serasa e SPC não são raras.

Nessas ocasiões, a pessoa pode exigir uma indenização pelo constrangimento que causou para o cliente. Sendo esta amparada por Lei, constando no Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8078/90).

Se a pessoa deseja entrar o pedido para uma indenização, ela deve procurar um advogado para que ele facilite todos os trâmites.

Como evitar que meu nome pare no SPC ou Serasa

É comum nos atolarmos em dívidas e ter o nome repassado ao Serasa e no SPC, principalmente por conta de tantos cartões de crédito. Conheça algumas dicas para evitar esse tipo de coisa:

  • Se organize com seus cartões de crédito (tenha sempre em mãos quanto gastou de cada um).
  • Tente guardar uma porcentagem do seu salário para alguma emergência.
  • Não compre coisas desnecessárias de o orçamento está pequeno.
  • Corte gasto superfulos se não há como pagá-los.

Mesmo sabendo quanto tempo seu nome pode ficar no Serasa e SPC, o ideal é evitar ter o nome sujo.

Qual a diferença entre Serasa e SPC?

Já ouviu falar de Serasa e SPC? Provavelmente sim, principalmente se você já for adulto, tiver cartões de crédito e contas a pagar. O maior medo dos compradores é que seu nome acabe indo parar na lista de alguma dessas entidades, pois isso pode atrapalhar concessões como novos cartões e empréstimos de banco. Mas, você sabe qual a diferença entre Serasa e SPC?

Se você quer saber o que são, qual a diferença entre Serasa e SPC e como evitar que o seu nome pare em alguma dessas empresas, leia esse artigo.

O que são o Serasa e o SPC

O Serasa (Centralização de Serviços dos Bancos) e o SPC (Serviços de Proteção de crédito) são, basicamente, entidades que registram dados básicos de todos os cidadãos.

Dados pessoais, estado, cidade, nome completo, CPF, RG e coisas do gênero são cadastrados e compilados nesse enorme banco de dados.

O objetivo dessas empresas é repassar para os bancos e lojistas (ou qualquer empresa que esteja relacionada com alguma forma de crédito e compra) a situação da pessoa que está requerendo um empréstimo ou produto.

Quando você deixa de pagar uma dívida, o credor passa o seu nome para o Serasa e SPC, assim, passará a ser um negativado ou inadimplente.

Esse esquema serve, basicamente, para os bancos, lojas, etc., terem uma ideia de quem estão “lidando”. Por exemplo, se você pede um empréstimo muito alto ou coisas do gênero, o banco verá que você é negativado e isso pode restringir o acordo.

Em linhas gerais, é uma maneira de a empresa ter a opção de negociar apenas com pessoas que sejam “bons pagadores”.

Qual a diferença entre Serasa e SPC?

Como já dito anteriormente, o Serasa e o SPC possuem o mesmo objetivo: repassar informações importantes (principalmente sobre as dívidas) para as empresas que pretendem negociar com alguém.

Se esse alguém estiver negativado, ou com o nome sujo (popularmente falando), a empresa terá acesso a essa informação.

Não há nenhuma diferença muito discrepante entre elas. A mais marcante de todas é que o SPC é mais conectado às pessoas que ficam devendo no comércio, enquanto se Serasa é mais ligado aos bancos.

Então, se você pede algum empréstimo para o seu banco e não consegue quitar sua dívida, ele enviará os seus dados para o Serasa.

Agora, se você dividiu uma compra em várias vezes no carnê, por exemplo, e não conseguiu pagar todas as mensalidades, a loja enviará seu nome ao SPC.

Porém, no final das contas, quando a pessoa recebe o título de negativada por uma ou outra entidade, essa informação passa para a outra empresa também.

Ou seja, no final das contas o nome constará no Serasa e no SPC, estando disponível para os bancos e as lojas.

Após 5 anos com o nome registrado nessas empresas, se a pessoa não pagou a dívida antes, o nome some automaticamente do sistema e você fica regulamentado novamente.

Como fugir do Serasa e do SPC

A maioria dos brasileiros possui alguma dívida e muitos deles constam no Serasa ou no SPC.

Elaboramos uma lista para você fugir disso:

  • Nunca gaste mais do que você recebe.
  • Cuidado com os cartões de crédito. Tenha, se possível, apenas um.
  • Faça uma agenda com todos os gastos do mês, qualquer centavo deve ser anotado.
  • Evite gastar todo o seu salário ao decorrer do mês. Tente juntar 10% dele para uma emergência.
  • Não parcele produtos em muitos meses.

A diferença entre Serasa e SPC não é muito grande, como foi possível reparar. O ideal é que a pessoa evite estar na lista de qualquer um deles.

Quais são os motivos para inclusão de nome no Serasa?

Milhares de brasileiros possuem o nome no cadastro de inadimplência do Serasa e de outras empresas de proteção ao crédito. Entretanto ainda existe muita dúvida quanto às razões que podem levar alguém a ter o nome negativado e quais são os motivos para inclusão de nome no Serasa.

Por isso, separamos aqui alguns pontos importantes para quem está com o nome no Serasa ou deseja saber como o processo funciona.

O que gera a inclusão do nome na SERASA?

O motivo para a inclusão de nome na Serasa é basicamente um: inadimplência.  A falta de pagamento e o atraso de dívidas sejam devido a relações comerciais, contratos, emissão de títulos, cheques notas promissórias, etc. podem levar o nome do consumidor a constar na lista de negativados da instituição.

Em alguns casos mais raros pode acontecer de o nome ser incluído injustamente em decorrência de fraudes ou por pagamentos que já foram quitados, mas não foram devidamente computados. Nesses casos é necessário entrar em contato com o devedor e também acionar a justiça para que o problema possa ser solucionado.

O que é e como funciona a Serasa?

A Serasa é uma empresa privada que atua fazendo o armazenamento de dados de empresas e cidadãos que foram considerados inadimplentes. Estes dados estão abertos à consulta pública e são utilizados por diversos estabelecimentos no momento de fechar um negócio.

Com base nas informações que constam na Serasa empresas de todos os portes podem ponderar se devem fornecer crédito ou não para determinado cliente e tornar seus negócios mais seguros, já que assim, em teoria diminuem suas chances de sofrerem prejuízos.

Como saber se o seu nome foi incluído na lista da Serasa?

Se você acha que foi negativado e deseja realizar a confirmação, a maneira mais simples é através do site da Serasa. Com o CPF e alguns dados básicos em mãos a consulta pode ser feita de forma rápida, transparente e gratuita.

Além disso, é possível realizar a consulta também em pontos de atendimento físico e que estão espalhados por todo o país.

Como evitar a inclusão de nome na Serasa?

Antes que o nome seja efetivamente inserido na lista de negativados, a Serasa e outras empresas do tipo são obrigadas por lei a realizar a notificação ao consumidor, oferendo o prazo de dez dias corridos a partir dessa data para que possam ou quitar o que devem ou sinalizar o desejo de negociação.

Ter o nome sujo pode acarretar em diversas consequências como dificuldade para conseguir obter novas linhas de crédito e para conseguir empréstimos e financiamentos, além de ser considerado motivo de constrangimento para muitas pessoas.

Como tirar seu nome da Serasa?

Para tirar seu nome do banco de dados a forma mais rápida é quitar a dívida ou realizar negociação e parcelamento do valor. No segundo caso, o nome é retirado do sistema assim que é constatado o pagamento da primeira parcela.

É preciso salientar que caso o consumidor não honre com o acordo e pague o parcelamento em dia, ele pode ser inserido novamente no banco de dados de negativados.

O máximo de tempo que o nome de alguém pode permanecer no sistema da Serasa e das outras instituições de proteção ao crédito é cinco anos. Após esse tempo o nome é “limpo” e o devedor perde o direito de recorrer à justiça para receber o pagamento.

O ideal é sempre tentar evitar a inserção de nome na Serasa, realizando um planejamento financeiro rígido e caso necessário, procurando negociar prazos e valores com os credores, de forma que seja vantajoso para todos os envolvidos.

O que acontece quando seu nome fica negativado?

Ter o nome sujo na praça pode trazer diversas consequências e dificultar bastante a vida do cidadão. Saiba o que acontece quando seu nome fica negativado e o que fazer nessas situações.

Quais as consequências de ter o nome negativado

Ter o nome negativado é o pesadelo vivido atualmente por diversos brasileiros. Com a crise e o desemprego crescentes no país, muitas pessoas começaram a ter dificuldade de conseguir arcar com suas dívidas e pagar suas contas em dia.

Essas pessoas hoje esbarram em uma série de dificuldades e que podem afetar variados aspectos do dia a dia.

Maior dificuldade para conseguir obter crédito

A principal consequência para quem está com o nome listado nos órgãos como SPC e SERASA é a dificuldade em conseguir aprovar crédito. E isso vale para diferentes situações como crediários em lojas, cartão de crédito ou ainda a aprovação de financiamentos ou empréstimos.

A dívida e o nome negativado também podem prejudicar o Score, o que agrava ainda mais o problema. O Score é uma pontuação utilizada pelos mais diversos estabelecimentos como forma de mensurar a chance que determinada pessoa tem de arcar ou não com suas dívidas.

O Score leva em conta no cálculo uma série de fatores, mas o fato é que o nome negativado faz com que ele decaia bastante. Um score baixo além de tornar mais difícil a liberação de financiamentos e empréstimos, pode dificultar também na hora de conseguir descontos nas taxas e juros, já que o risco associado a esse consumidor é considerado mais alto.

Suspensão de opções de crédito alternativas

Além das dificuldades descritas anteriormente para obter novas linhas de crédito, alguns bancos e instituições financeiras podem realizar o cancelamento de benefícios já existentes, como a suspensão da disponibilidade do cheque especial e da entrega de talão de cheques.

Tudo isso limita ainda mais a possibilidade de conseguir ajuda para quitar a divida, fazendo com que muitas vezes o problema se torne uma “bola de neve”.

Outros problemas relacionados

Um problema pouco considerado e que ainda é praticado por muitas empresas, embora seja bastante controverso, é a consulta de restrições ao CPF/ nome do candidato em uma seleção de emprego.  Muitas vezes essa pode ser a razão para a escolha de um candidato em detrimento de outro.

Como saber se existe alguma restrição em seu nome?

Para saber se seu nome está negativado é possível realizar a consulta online, que dependendo da instituição de proteção ao crédito pode ser gratuita ou paga, ou ainda seguir a uma agencia de atendimento presencial com CPF e documento com fotos originais.

Pode acontecer de a pessoa ir parar no cadastro de negativados sem nem tomar consciência do fato. Uma conta esquecida, uma parcelinha que ficou atrasada ou um pagamento que não foi devidamente computado já são razões suficientes para que seu nome possa parar na lista de restrição.

A partir do primeiro dia de atraso da data de pagamento o credor já pode acionar qualquer uma das empresas de restrição ao crédito. A partir desse momento existe a obrigatoriedade por lei, de enviar uma carta a quem está devendo informando que existe o prazo de dez dias corridos para ou sanar a divida ou iniciar a negociação.

Passado esse prazo, se o consumidor não tomar nenhuma medida, ele pode ser incluído na lista de cadastro de negativados.

O ideal é evitar ao máximo ter o nome negativado. Embora seja difícil e a situação financeira aperte em alguns momentos, procurar uma negociação que seja vantajosa para ambas as partes pode evitar muita dor de cabeça e impedir que o nome seja incluído na lista de mal pagadores.

Mitos e verdades sobre nome sujo

As dívidas atormentam milhares de brasileiros. Para lidar com problema é preciso acima de tudo estar bem informado. Por isso, confira alguns mitos e verdades sobre nome sujo:

Algumas informações importantes para quem está com o nome sujo

Seja por um mau planejamento financeiro ou por imprevistos como a perda do  emprego ou doenças, o fato é que o número de pessoas na lista de restrição ao crédito e com o nome sujo não era tão alto há muitos anos.

Muitas pessoas inda têm dúvidas ou desconhecem seus direitos, por isso, separamos alguns pontos interessantes a serem esclarecidos:

Se renegociar a dívida, seu nome continua sujo até quitar tudo?

Mito. Ao renegociar a dívida, seu nome é retirado da lista de negativados assim que a primeira parcela do acordo é liquidada. Se isso não ocorrer, o consumidor pode acionar a justiça e exigir que o nome seja retirado imediatamente.

Antes de o nome ir para o cadastro de restrição ao crédito é preciso que a pessoa seja notificada?

Verdade. A partir do primeiro dia de atraso na data de vencimento estipulada para o pagamento da dívida, o credor já pode acionar as empresas como o SPC e o Serasa.

A partir desse momento elas têm, por lei, que enviar uma carta informando que o consumidor possui o prazo máximo de dez dias corridos para quitar a divida ou iniciar a negociação. Apenas passado esse período e se não houver manifestação da parte devedora é que o consumidor pode passar a ter o nome sujo.

Com o nome sujo é mais difícil conseguir crédito?

Verdade. Mesmo com o nome sujo ainda é possível conseguir crédito, existem algumas instituições financeiras que não possuem restrição para negativados, mas é algo muito raro e não funciona para todos os estabelecimentos.

Com o nome sujo muitos bancos não possibilitam a abertura de contas ou a tomada de empréstimos e financiamentos, podendo inclusive suspender benefícios como solicitação de talões de cheque e a linha de crédito especial.

Mesmo para os locais que possibilitam a tomada de crédito, ter o nome negativado tende a reduzir muito o poder de negociação, oferecendo juros mais altos por considerar o risco associado consideravelmente maior.

A dívida expira após cinco anos?

Mito. A dívida não expira ou é perdoada e o que acontece é que após esse tempo o nome não pode constar mais nos bancos de dados das empresas de proteção ao crédito.

Além disso, após esse período a dívida prescreve, isto é, o credor perde o direito de entrar com ação judicial para o pagamento da mesma, mas isso não quer dizer que o devedor não possa ser cobrado de forma amigável e sem envolver a justiça.

É importante ressaltar que o período de cinco anos começa a contar a partir da data de vencimento da dívida e não a partir da data de inserção na lista de negativados, pois esse é um erro bastante comum.

Outro ponto importante a ser notado é que mesmo após o nome ser limpo em decorrência do tempo, isso não significa que o consumidor conseguirá acesso ao crédito de forma imediata.

Para a liberação do crédito um dos parâmetros utilizados pelos estabelecimentos como lojas e instituições financeiras é o Score. O Score nada mais é do que uma pontuação que avalia o risco de uma pessoa arcar ou não com suas dívidas e para seu calculo são consideradas uma série de fatores.

Assim, se você tem seu nome sujo o melhor a se fazer é procurar uma negociação que seja vantajosa para ambas as partes e colocar seu nome em dia!

Carregando…