Archives 2018

EMPRÉSTIMO NO BANCO DO BRASIL – COMO SOLICITAR?

Ter acesso a um empréstimo no Banco do Brasil pode ajudar demais a sua vida financeira a deslanchar, mas saber como solicitar também é fundamental. Veja as dicas a seguir!

O início de ano vem aí e o que não vai faltar são contas para pagar! O décimo terceiro muitas vezes não consegue dar conta de tantos gastos que precisam ser pagos nessa época do ano, e nesse desespero todo muitos buscam empréstimos, como o empréstimo no Banco do Brasil.

O Banco do Brasil é um dos mais tradicionais do país, então é bem natural que cresça o interesse em apostar em seus produtos e serviços, especialmente em momentos de crise.

Ainda assim, não é porque é interessante que é sabido, e muitos não sabem como solicitar empréstimo no Banco do Brasil. Se esse é o seu caso fique bem relaxado, porque chegou a hora da gente te explicar essa história passo a passo! Vem!

Saiba tudo que é necessário sobre o empréstimo no Banco do Brasil

Na hora que a grana falta e as obrigações vem buscar um empréstimo soa como uma opção interessante, e o empréstimo no Banco do Brasil de fato tem vários prós!

Um deles é que quem tem conta corrente ativa no banco em questão pode solicita-lo sem nem se dar ao trabalho de sair de casa! Isso mesmo! De acordo com informações disponíveis no próprio site do BB para os correntistas ativos o empréstimo pedido sai sem burocracia, e pode ser parcelado em até 60 vezes!

O valor solicitado pelo cliente é depositado em sua conta, e ele não precisa explicar, por exemplo, qual o motivo de estar pedindo empréstimo, e tão pouco necessita comprovar a forma como vai utiliza-lo. Esse é um baita alívio para vários consumidores, que se complicam na hora de colocar as suas razões para requisitar o dinheiro e também para mostrar o uso do que receberam!

Quais são as condições desse tipo de empréstimo?

O BB, como você pode ver, não impõe muitas condições aos seus consumidores para emprestar dinheiro. O que normalmente vai pesar aqui são justamente os pontos que elencaremos a seguir:

  • O limite oferecido para o empréstimo, que está no extrato da conta corrente do cliente;
  • A escolha da data de pagamento que funciona de forma mais conveniente para esse consumidor;
  • A assinatura do contrato vigente, para poder usufruir dos serviços e colocar a sua responsabilidade;

Além disso, como comentamos previamente, o cliente pode contratar esse serviço utilizando-se da internet, apostando no aplicativo do Banco do Brasil. É claro que ele também pode fazer todo o processo no caixa eletrônico, ou ainda em uma agência da instituição, com os profissionais presentes para ajudar, mas facilidade e comodidade são as palavras de ordem por aqui!

É interessante dizer que em alguns extratos de conta corrente o correntista não vê o crédito ao qual pode ter acesso se precisar, mas se for esse o seu caso você pode ir direto na sua agência e pedir uma análise! Assim o problema estará mesmo resolvido!

Isso significa que o empréstimo no Banco do Brasil é acessível?

Podemos dizer que sim. A verdade é que muitas empresas complicam o acesso ao crédito para os seus clientes, ainda que eles sejam consumidores de seus produtos e serviços. É algo mais comum do que se imagina e que atravanca demais a vida financeira de muitas pessoas, lamentavelmente!

Se você está interessado no empréstimo no Banco do Brasil vale a pena buscar mais informações sobre e analisar as condições de pagamento, para não se complicar mais do que você pode se ajudar. A consciência é fundamental para que receber esse tipo de ajuda financeira não acabe se tornando um grande e perigoso tiro no seu orçamento!

QUAL DÍVIDA PODE SUJAR SEU NOME?

Saber qual dívida pode sujar seu nome é uma curiosidade de muitos, que acreditam que algumas não vão prejudicar tanto a sua reputação financeira. Saiba mais sobre a seguir!

Muitos têm o interesse de saber qual dívida pode sujar seu nome, e essa curiosidade não é por acaso. Se você fica com o nome “sujo” na praça passa a sofrer uma série de represálias do mercado, sendo a mais comum a negação de crédito e a mais preocupante o risco de sofrer um processo.

O fato é que existem milhões de inadimplentes no país, mas será que todos estão negativados em órgãos de controle como o SPC ou Serasa? Essa preocupação se justifica, ou ter o nome “sujo” não é tão importante assim?

Para responder essa e outras perguntas fizemos esse texto para falar um pouco mais sobre qual dívida pode sujar seu nome. Informe-se, prepare-se e aprenda cada vez mais, porque um consumidor que sabe das coisas é mais consciente! Vem!

Descubra qual dívida pode sujar seu nome – e se alguma de fato não pode

Muita gente se pergunta qual dívida pode sujar seu nome, e a verdade que vamos trazer aqui pode ser incômoda e até desesperadora, mas é melhor lidar com ela logo de uma vez: a real é que qualquer dívida que você faça pode te levar a ser negativado no SPC ou Serasa!

O que isso quer dizer na prática? Que não importa muito o valor envolvido ou a empresa credora, porque se você ficar devendo por mais de 90 dias as instituições relacionadas com a sua dívida já podem começar a mexer os pauzinhos para te negativar.

Vale dizer também que alguns órgãos tem o direito de te negativar se você não paga um dia depois do vencimento, muito antes dos 90 dias praticados por instituições como empresas de telefonia, de gás ou de luz, por exemplo. Lojas e condomínios, por exemplo, não precisam esperar para agir a sua negativação, e é fundamental ter essa consciência!

Como age a maioria das empresas sobre a negativação do nome?

Isso depende. Algumas são mais condescendentes e outras se aproveitam do arbítrio da lei para agir com velocidade. De modo geral, é sabido que um organismo normalmente vai comunicar ao devedor a situação e pedir um prazo para estabilizar a situação, para que o relacionamento com um cliente não acabe sendo prejudicado por afobação.

Também é necessário colocar que por lei nenhum organismo (seja ele público ou privado) pode colocar o seu nome para negativar antes de te informar a respeito, e é por isso que de modo geral as pessoas costumam receber ligações com cobranças, oferecendo um tempo para estabilizar a situação, antes que o pior se consolide.

Entenda no que pode te prejudicar ter o nome negativado

Agora que já sabemos que essa ideia de pensar qual dívida pode sujar seu nome é furada vale a pena pensar um pouco mais sobre quais são as consequências de ser negativado. Sim, elas existem, e podem ser bem complicadas de se lidar. Podemos listar como as principais…

  • O fato de que você não terá acesso fácil a crediário;
  • A certeza de que o seu Serasa Score vai cair, e isso pode prejudicar a sua reputação financeira;
  • A segurança de que você não conseguirá com tranquilidade ter acesso a crédito;

Se você não quer ter que se preocupar com qual dívida pode sujar seu nome o melhor a se fazer é ter consciência dos seus ganhos, dos seus gastos e tentar sempre equilibrar as finanças da melhor forma possível, para não correr risco. Se você desconfia de uma negativação é melhor buscar o Serasa ou o SPC para descobrir, e essas informações estão na internet! Boa sorte nessa sua caminhada!

EMPRÉSTIMO PESSOAL LIONSCRED

Saber mais sobre o empréstimo pessoal Lionscred pode ser bem interessante para você de muitas maneiras distintas. A seguir nós vamos falar um pouco mais sobre isso! Confira!

É bem verdade que o empréstimo pessoal Lionscred não está entre os mais conhecidos do mercado, mas ele é bastante funcional e tem tudo para ajudar demais a quem está sofrendo com dívidas que se acumulam, ou a quem tem o desejo de realizar sonhos variados, mas sofre fortemente com a falta de capital completa.

Para você compreender melhor como ele funciona é necessário conhecê-lo antes, e para isso nós vamos te dar informações mais precisas a respeito desse serviço conceituado e cheio de vantagens.

A seguir falaremos mais sobre o empréstimo pessoal Lionscred, que tem tudo para trazer a vocês todos muito mais qualidade na vida financeira, ajustando as contas e abrindo a porta para realizações. Confira as nossas informações e aprenda um pouco mais a cada dia!

Conheça mais do empréstimo pessoal Lionscred

O empréstimo pessoal Lionscred é disponibilizado primeiramente para pessoas que tem direito a consignação, e essas pessoas são justamente aquelas que tem um emprego público dentro da Federação, do Estado ou do Município, quem é aposentado pelo INSS ou pensinionista e claro, também quem está locado em alguma das forças armadas.

Ou seja: é um público considerável, e o motivo da empresa preferir esse tipo de gente é que no caso o desconto das parcelas do empréstimo ocorre na folha de pagamento, ou seja, você não vai ter que se preocupar em pagar boletos específicos para poder realizar o seu desejo!

Agora, a questão é que o fato de pedir empréstimo preocupa muita gente, mas é necessário entender que em alguns casos ele é muito necessário e pode te ajudar demais na sua vida.

É lógico que esse não vai ser sempre o caso e em algumas ocasiões ele é um verdadeiro tiro no pé. É o caso quando você pede um empréstimo que não pode pagar as parcelas, ou que tem uma taxa de juros muito alta.

Se você, no entanto, pede um empréstimo que é mais acessível e que te ajuda a parcelar em várias vezes (pagando menos por mês) a tendência é que você consiga ter resultados financeiros muito maiores e bem mais consistentes, isso é fato.

Ainda assim, muitos questionam esse tipo de dispositivo e afirmam que o melhor é contar com o cheque especial ou com cartões, ou tentar juntar dinheiro para pagar as dívidas.

A questão é que para isso acontecer pode passar muito tempo, e com o tempo o seu endividamento pode crescer. Além disso, as taxas de juro do cartão de crédito e do cheque especial são sabidamente as mais altas do mercado, e isso gera preocupação da maior parte dos consumidores, não dá para negar.

É por isso que recorrer a empréstimos acessíveis faz muito sentido em uma série de ocasiões, e esse talvez seja o seu caso, justamente. É claro que você não deve fazê-lo sem refletir antes a respeito e sem pensar em todas as suas possibilidades, mas se soar como uma ótima saída é válido fazer e ajustar de uma vez a sua vida financeira.

O empréstimo pessoal Lionscred oferece taxas bem acessíveis e a possibilidade de você parcelar em muitas vezes, facilitando o seu dia a dia financeiro de forma muito consolidada e muito importante.

Se você quer ter acesso a um empréstimo pessoal Lionscred vale a pena conversar com pessoas responsáveis e entender as suas condições e possibilidades, e claro, vale a pena você ver o seu orçamento, avaliar de quanto precisa e pensar todo o quadro da melhor maneira possível. Com consciência e sabedoria o endivadamento não vai ser mais uma realidade e seus problemas sumirão!

EMPRÉSTIMO ONLINE CREDITAS

O empréstimo online Creditas de fato abre portas para você realizar sonhos, e tudo isso pelo meio virtual. Vale a pena saber mais sobre esse advento e seus desdobramentos a seguir!

Hoje em dia nós fazemos tudo pela internet, não é mesmo? Mas será que dá para conseguir crédito virtualmente? Tudo indica que sim, ao menos se pensarmos no empréstimo online Creditas!

Esse produto é cada vez mais procurado por pessoas que querem ter acesso a esse tipo de vantagem e benefício, mas detestam profundamente a ideia de precisar ir a uma instituição financeira pedir apoio.

É para facilitar a vida desses indivíduos que serviços como o empréstimo online Creditas foram desenvolvidos, e a seguir nos falaremos um pouco mais sobre isso. Confira e aprenda!

Saiba mais sobre o empréstimo online Creditas

O empréstimo online Creditas é um tipo de produto que combina muito bem com nossos tempos atuais, onde as empresas financeiras precisam estar mais antenadas com o fato de que o público não quer mais ser obrigado a consumir dentro de espaços físicos, mas sim virtualmente, contando com o apoio de ferramentas digitais cada vez mais avançadas.

É por isso que esses serviços são cada vez mais buscados e conseguem lucrar muito mais. Ainda assim, talvez você não saiba do que estamos falando quando citamos esse advento específico da Creditas, mas relaxa que agora nós vamos explicar!

O empréstimo online Creditas pode ser solicitado online, e assim que você faz a solicitação recebe da empresa uma proposta feita para você! Depois vem a fase de análise, onde o seu perfil é visto por profissionais, para pensar se você será ou não merecedor de crédito! Uma vez que você for aprovado é a hora de aceitar a liberação, e a instituição te ajuda em todo o processo!

Mas o empréstimo online da Creditas tem alguma outra vantagem?

Muita gente talvez esteja pensando que a única coisa boa do empréstimo da Creditas é que ele pode ser pedido online, mas isso não é mesmo verdade, muito pelo contrário! A empresa oferece vários outros diferenciais, e entre eles nós podemos elencar o fato de que seus juros são baixos e o prazo para pagar é grande.

Isso tem a ver com o fato de que a instituição vai na contramão das concorrentes e não considera risco de inadimplência e cotação para formar a taxa de juros do cliente.

A Creditas permite que você ofereça um bem como garantia para o seu empréstimo, fazendo com que o cliente se responsabilize pelo risco do negócio. Isso torna o risco de não pagar menor, claro, e aumenta a possibilidade de a empresa em questão praticar taxas de juros menores, que caibam no bolso e não venham a comprometer o orçamento!

Pode parecer algo assustador inicialmente, mas é isso que abre as portas para muita gente ter acesso a um empréstimo mais acessível, já que esse mercado é cruel e não oferece tantas opções bacanas assim, que tenham taxas que sejam praticáveis e não acabem com a economia doméstica de um indivíduo, de uma família.

É preciso entender: quem pede empréstimo ou precisa para realizar um sonho ou quer resolver um problema, então tornar a situação menos complicada e menos traumática é sempre o ideal, e a Creditas permite que isso aconteça, o que é realmente excelente! Aproveitar essa oportunidade pode te abrir várias portas e melhorar mesmo o seu dia a dia!

Sendo assim, fica aí a dica: se você não gosta de lidar com idas a locais e prefere resolver tudo de casa o empréstimo online Creditas é a solução dos seus problemas! Além disso, ele oferece a possibilidade de você apresentar bens como garantia, oferecendo assim taxas bem menores e parcelando em muito mais vezes! Considere de fato essa chance!

EMPRÉSTIMO CREDITOPAN

Saber mais sobre o empréstimo Creditopan pode te abrir portas para conseguir ajustar a sua vida financeira, ou para iniciar novos sonhos. Saiba mais sobre isso a seguir!

Querer empréstimos em épocas de crises todos querem, mas a verdade é que a oferta de crédito vem sendo cada vez menor no nosso país, infelizmente. Essa é uma das razões pelas quais empresas pequenas dispostas a ajudar nesse sentido vem crescendo no mercado, e uma delas oferece um produto conhecido como empréstimo Creditopan!

É claro que se trata de um serviço pouco conhecido e badalado, que entrou no radar dos clientes e dos concorrentes há pouco tempo, mas ele vem se mostrando muito funcional para uma classe de consumidores bem exigente, e talvez você só tenha a ganhar sabendo mais sobre ele.

A seguir nós vamos falar mais sobre o empréstimo Creditopan, explicando o que ele pode te ofertar de bom e como você pode ganhar aproveitando-o ao máximo. Confira as nossas informações e dicas abaixo!

Saiba mais sobre o empréstimo Creditopan

O empréstimo Creditopan é um produto desenvolvido pelo Banco Pan, que é bem-conceituado nesse setor, o que traz uma certa confiabilidade para o produto em questão.

Existem uma série de variedades desse produto que são oferecidas por essa instituição, e a mais requisitada entre todas certamente é a do empréstimo consignado. É também o mais fácil de se conseguir, e para pedi-lo você precisa, entre outras coisas…

  • Ser um aposentado ou um pensionista do INSS;
  • Ser um servido público federal, estadual ou municipal;
  • Ser um militar ou um pensionista das Forças Armadas do Brasil;

Para solicitar também não existe muita complicação, não! Tudo que você precisa fazer é simular a sua proposta e aguardar o contato dos consultores da empresa. Depois que eles te contatarem você pode aceitar a proposta, para em seguida enviar os documentos que sejam de fato necessários ao processo! Depois é só receber o empréstimo em questão e correr para o abraço!

Entre os grandes diferenciais desse empréstimo nós podemos elencar com certeza o valor acessível da taxa de juros, bem abaixo do praticado no mercado, o desconto do dinheiro direto na sua folha de pagamento e claro, o fato de que essa opção também está disponível para quem tem o CPF negativado, o que é sempre muito positivo!

Além dessa alternativa de pedido de empréstimo também existe outra, que está relacionada justamente com a possibilidade de você requisitar um crédito específico online, ainda que você não seja o cliente ideal para o crédito consignado! Nesse caso você deve determinar o valor, a quantidade de parcelas para quitar e obviamente seus dados básicos, como nome completo!

A partir dessas informações os envolvidos vão determinar se você é confiável ou não para receber o valor pedido, e se for permitido todo o processo acontecerá rapidamente e de maneira prática, como acontece no caso do consignado. Isso é ótimo, porque te ajuda a resolver a vida financeira de uma vez, sem ter que ficar se desesperando ou sofrendo mais do que já fez!

O empréstimo Creditopan é confiável?

Bem, a verdade é que não é um produto exatamente tradicional dentro do mercado de crédito, mas tudo indica que sim, pela satisfação dos consumidores e pelo renome que vem conquistando dentro desse setor, que é bastante concorrido e disputado, como todos nós sabemos muito bem, aliás!

Sendo assim, se você quer ter um empréstimo Creditopan vale a pena se informar um pouco mais a partir das dicas que demos aqui, buscando melhor orientação e preparo para conseguir esse benefício, e claro, para cuidar bem da sua vida financeira daqui por diante, para que buscar empréstimos não seja um hábito que complique o seu dia a dia! Boa sorte na sua caminhada!

CARTÃO PARA NEGATIVADOS PRÉ-PAGO SUPER

O cartão para negativados pré-pago Super é um dispositivo e tanto dentro do mercado financeiro, e ele talvez te ajude a realizar os seus maiores sonhos e desejos. Saiba mais!

São muitas as pessoas que sonham com a possibilidade de ter acesso a ofertas de crédito contundentes, mas a verdade é que quando você tem o seu nome marcado no SPC ou Serasa fica muito difícil conseguir! Bem, era assim pelo menos, até agora, que podemos contar com o cartão para negativados pré-pago Super!

Esse cartão oferece uma série de diferenciais para os seus consumidores, mas o que chama mais atenção é o fato dele poder ser adquirido por gente que está com o nome “sujo” na praça, o que costuma ser um grande impeditivo para se fazer esse tipo de manobra.

Assim sendo, a seguir nós vamos falar um pouco mais sobre o cartão para negativados pré-pago Super, para que você compreenda como ele funciona e o que te oferece. Vem conferir!

Entenda melhor o que é o cartão para negativados pré-pago Super

O cartão para negativados pré-pago Super é realmente diferenciado, justamente porque ele oferece para os seus clientes dois diferenciais que a maioria não tem acesso:

  • A chance de ter um cartão mesmo se você tiver sido negativado pelos órgãos responsáveis, como o SPC e o Serasa;
  • A possibilidade de você ter um cartão pré-pago, que te dá a chance de consumir sem gastar mais do que deve ou do que pode;

Se ficou confusa essa questão do cartão ser pré-pago a gente te explica: o cartão é pré-pago quando você carrega o valor desejado para consumo no mês anterior às suas compras, sem ter que pagar uma fatura no mês seguinte, como normalmente ocorre. Assim você é capaz de se contralar mais e de ter uma noção maior de como estão os seus gastos, para não ter mais problemas na sua vida financeira!

Na prática você terá que pagar um boleto que tenha o valor que você deseja gastar no período, para aí sim começar a consumir, e não o contrário. Esse aporte é muito legal, porque te dá a oportunidade de comprar na internet, de adquirir serviços sem ter que usar débito ou dinheiro e isso tudo sem complicar o seu orçamento!

Compreenda porque negativados podem ter esse cartão

Um dos grandes trunfos do cartão para negativados pré-pago Super é que ele pode ser adquirido por quem tem o nome “sujo”, ou seja, está com a reputação em baixa dentro do mercado financeiro. Isso é ótimo, porque dá a possibilidade da pessoa ter de volta a normalidade do seu dia a dia, ainda que esteja aprendendo ainda a cuidar do seu próprio dinheiro!

Esse acesso a negativos só é possível porque a empresa Super não faz consultas ao SPC ou Serada, então não tem como você cair em questionamentos e ter o seu acesso ao crédito negado!

Chance de fazer compras nacionais e internacionais

O cartão pré-pago do Super não é só para negativados, mas também é para quem quer fazer compras online em vários lugares do mundo, não somente nos e-commerce do Brasil! Com ele você pode conseguir um cartão virtual, que vai ter o valor da compra de seu interesse enfim, te possibilitando a chance de realizar a operação internacional sem maiores problemas ou dores de cabeça!

Como você pode ter percebido o cartão para negativos pré-pago Super é um grande produto, que dá a chance de ter crédito para quem perdeu e ainda ajuda quem sofre de descontrole com dinheiro a colocar suas finanças na ponta do lápis, uma vez que precisa pagar antes de consumir, e não o contrário! Se você tem o desejo de ter um dispositivo de qualidade e com funcionalidade aposte sem medo!

CARTÃO PARA NEGATIVADOS ALIEXPRESS

O cartão para negativados AliExpress é um produto bem interessante, que pode te ajudar demais a ter uma vida financeira mais equilibrada enquanto acerta suas contas. Veja mais a seguir!

Um dos maiores e-commerces do planeta é o AliExpress, que permite que você compre produtos que vem diretamente da China e que são bem mais acessíveis do que os que compramos por aqui. O que talvez você ainda não soubesse é que existe um cartão para negativados AliExpress, e as suas vantagens e diferenciais são de fato enormes!

Se você já fez compras na AliExpress (isso é muito provável, vamos combinar) a tendência é que tenha alguma noção sobre o que se trata esse dispositivo, mas se não vale a pena se informar.

Veja a seguir mais orientações sobre o cartão para negativados AliExpress, uma das novas opções para quem quer comprar na rede, mas está com o nome “sujo” no mercado. Confira as nossas dicas e aprenda!

Saiba mais sobre o cartão para negativados AliExpress

O cartão para negativados AliExpress é um dispositivo criado para pessoas que querem ter acesso a um cartão, ainda que tenham o nome “sujo” no momento, o que pode ser difícil de se conseguir na maior parte das empresas de crédito do país.

Além disso, ele oferece outra funcionalidade bem bacana, que é a de ser pré-pago. Quem tem um cartão pré-pago só pode utiliza-lo quando há dinheiro nele, ou seja, se você não pagou um centavo para gastar você não terá a chance de consumir, por mais que queira muito. É necessário pagar antes um boleto com os valores que você pretende gastar, e só aí você poderá utilizá-lo da maneira que preferir.

Muita gente torce o nariz para esse tipo de opção, mas a verdade é que ela é bem bacana se você sofre de alguma compulsão e gasta mais do que deveria quando tem limite, então vale a pena considerar a possibilidade.

Agora, se você pensa que um cartão desses pode ser problemático porque você não poderia parcelar está enganado! No caso do cartão para negativados AliExpress a proposta é clara:

  • Se você escolhe a função débito o valor total da compra é retirado imediatamente do seu limite;
  • Se você escolhe a função crédito o valor total da compra é retirado aos poucos do seu limite, uma vez a cada mês;

Ou seja: é perfeitamente possível que você use esse cartão de várias formas diferentes, e ele vai funcionar de uma maneira que te ajude a se manter dentro das suas possibilidades, sem ir além do que deve!

Outras vantagens do cartão AliExpress

As vantagens do cartão AliExpress estão longe de serem só essas: existem várias outras, como por exemplo o fato dele não cobrar anuidade, o que representa uma baita economia. Para emiti-lo você pode ter o seu nome “sujo”, como já contamos, e tudo que necessita é pagar uma taxa de R$ 9. A cada 180 dias, no entanto, vão te cobrar US$ 3 pelo seu uso, mas não vai passar disso!

E o melhor: se você adora o e-commerce da marca vai ficar contente em saber que quem tem o cartão em questão tem direito a várias promoções e descontos exclusivos na loja, que valem para roupas, eletrônicos, livros, CDs e muitos outros! Como se não bastasse outro benefício instigante é que você pode fazer compras nele nacional ou internacionalmente, o que é uma verdadeira mão na roda!

Como você pode ver o cartão para negativados AliExpress é um baita adianto para aqueles que pretendem ter acesso a formas de pagamento mais práticas e acessíveis, ainda que estejam precisando acertar as suas contas com o Serasa e o SPC. Se esse é o seu caso é interessante considerar essa opção, que tem muito a te oferecer!

CARTÃO IBICARD FÁCIL

O cartão Ibicard Fácil gera muito interesse atualmente de um público que busca ter acesso a crédito, mas não é visto com bons olhos pelo mercado financeiro por uma variedade bem grande de motivos.

A maioria daqueles que querem crédito, mas não conseguem são impossibilitados por estarem negativados, ou por terem um score muito baixo nos órgãos de controle, como o Serasa.

Ainda assim, algumas empresas preferem apostar e confiar nesses consumidores, e esse é o caso que vemos com os desenvolvedores do cartão Ibicard Fácil. Confira as nossas informações e aprenda um pouco mais sobre!

Aprenda mais sobre o cartão Ibicard Fácil

O cartão Ibicard Fácil é uma praticidade para quem não vem tendo acesso a crédito de forma muito simples. Vamos explicar um pouco mais sobre as suas características e pontos fortes a seguir:

  • Nesse cartão você consegue pagar suas contas de água, luz e telefone, dividindo em até 6 vezes. Nem todos os cartões permitem que isso seja feito;
  • Nesse cartão você pode recarregar o celular e dividir o valor pago em até 3 vezes;
  • Nesse cartão você pode parcelar a fatura que veio alta demais em até 18 meses, e tudo isso sem você deixar de utiliza-lo;
  • Nesse cartão você pode fazer saques, como se fosse uma conta corrente;
  • Esse cartão te dá a chance de fazer mais dois cartões adicionais, e o melhor é que você ganha desconto de 50% na anuidade deles;
  • Nesse cartão você só precisa efetuar o pagamento da fatura depois de 40 dias;
  • Nesse cartão você consegue fazer compras em milhares de estabelecimentos de todo o país;
  • Nesse cartão as compras do dia a dia podem ser parceladas em até 12 vezes;
  • Nesse cartão você acaba tendo acesso a benefícios únicos, como promoções e ofertas oferecidas pelo acordo do Ibi com outras empresas;

Compreenda o que é necessário para você ter acesso a esse cartão

Para que você aproveite mais esse cartão tudo que você precisa fazer é pegar o seu RG, o seu CPF, o seu comprovante de renda e o de residência, nada mais do que isso. A empresa também não costuma fazer consultas ao SPC ou Serasa, então quem está negativado com medo de não ser aceito não precisa se preocupar tanto assim!

A questão do seu comprovante de renda está relacionada justamente ao limite que o cartão te oferecerá, mas você pode comprovar a sua renda (se for autônomo) através de declaração de imposto de renda, por exemplo, ou explicando de onde vem seus ganhos de forma direta e prática.

Já faz tempo que a maior parte das empresas não impede que pessoas que não tem um emprego fixo tenham cartão, então você também pode realizar esse desejo, de verdade, principalmente se apostar nos serviços da Ibi, que está cada vez mais conectada a ideia de ajudar àqueles que normalmente tem problemas para adquirir crédito.

O mesmo vale para os que são negativados. Se as operadoras de cartão normalmente recusam esse tipo de cliente esse não é o caso da Ibi, que tem muita vontade de ajudar os consumidores que querem alcançar o crédito e transformar para sempre às suas vidas, não importa o que aconteça.

Como você pode ver o cartão Ibicard Fácil é um produto bem interessante e amplo, que oferece a você muitas vantagens e diferenciais e pode te ajudar a melhorar muito a sua vida. Se você tem interesse informe-se um pouco mais e pesquise dicas a respeito, para você fazer esse movimento conscientemente e conseguir aquilo que tanto quer! Muito boa sorte nessa sua caminhada até a obtenção de crédito!

ÁCIL

O cartão Ibicard Fácil gera muito interesse atualmente de um público que busca ter acesso a crédito, mas não é visto com bons olhos pelo mercado financeiro por uma variedade bem grande de motivos.

A maioria daqueles que querem crédito, mas não conseguem são impossibilitados por estarem negativados, ou por terem um score muito baixo nos órgãos de controle, como o Serasa.

Ainda assim, algumas empresas preferem apostar e confiar nesses consumidores, e esse é o caso que vemos com os desenvolvedores do cartão Ibicard Fácil. Confira as nossas informações e aprenda um pouco mais sobre!

Aprenda mais sobre o cartão Ibicard Fácil

O cartão Ibicard Fácil é uma praticidade para quem não vem tendo acesso a crédito de forma muito simples. Vamos explicar um pouco mais sobre as suas características e pontos fortes a seguir:

  • Nesse cartão você consegue pagar suas contas de água, luz e telefone, dividindo em até 6 vezes. Nem todos os cartões permitem que isso seja feito;
  • Nesse cartão você pode recarregar o celular e dividir o valor pago em até 3 vezes;
  • Nesse cartão você pode parcelar a fatura que veio alta demais em até 18 meses, e tudo isso sem você deixar de utiliza-lo;
  • Nesse cartão você pode fazer saques, como se fosse uma conta corrente;
  • Esse cartão te dá a chance de fazer mais dois cartões adicionais, e o melhor é que você ganha desconto de 50% na anuidade deles;
  • Nesse cartão você só precisa efetuar o pagamento da fatura depois de 40 dias;
  • Nesse cartão você consegue fazer compras em milhares de estabelecimentos de todo o país;
  • Nesse cartão as compras do dia a dia podem ser parceladas em até 12 vezes;
  • Nesse cartão você acaba tendo acesso a benefícios únicos, como promoções e ofertas oferecidas pelo acordo do Ibi com outras empresas;

Compreenda o que é necessário para você ter acesso a esse cartão

Para que você aproveite mais esse cartão tudo que você precisa fazer é pegar o seu RG, o seu CPF, o seu comprovante de renda e o de residência, nada mais do que isso. A empresa também não costuma fazer consultas ao SPC ou Serasa, então quem está negativado com medo de não ser aceito não precisa se preocupar tanto assim!

A questão do seu comprovante de renda está relacionada justamente ao limite que o cartão te oferecerá, mas você pode comprovar a sua renda (se for autônomo) através de declaração de imposto de renda, por exemplo, ou explicando de onde vem seus ganhos de forma direta e prática.

Já faz tempo que a maior parte das empresas não impede que pessoas que não tem um emprego fixo tenham cartão, então você também pode realizar esse desejo, de verdade, principalmente se apostar nos serviços da Ibi, que está cada vez mais conectada a ideia de ajudar àqueles que normalmente tem problemas para adquirir crédito.

O mesmo vale para os que são negativados. Se as operadoras de cartão normalmente recusam esse tipo de cliente esse não é o caso da Ibi, que tem muita vontade de ajudar os consumidores que querem alcançar o crédito e transformar para sempre às suas vidas, não importa o que aconteça.

Como você pode ver o cartão Ibicard Fácil é um produto bem interessante e amplo, que oferece a você muitas vantagens e diferenciais e pode te ajudar a melhorar muito a sua vida. Se você tem interesse informe-se um pouco mais e pesquise dicas a respeito, para você fazer esse movimento conscientemente e conseguir aquilo que tanto quer! Muito boa sorte nessa sua caminhada até a obtenção de crédito!

Saiba a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo – entenda!

Se você não pagou alguma dívida já deve ter pensado, ou está pensando nisso agora, se o seu nome está negativado no sistema. Muitas pessoas não sabem a partir de quando o credor pode solicitar isso ao Serasa ou ao SPC, acarretando muitas dúvidas. Saiba a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo.

Leia esse artigo e descubra a partir de quando podem protestar seu nome para deixá-lo sujo e muitas outras coisas!

Saiba a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo

Saber a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo é interessante para todos aqueles que possuem alguma pendência, seja no comércio ou em bancos.

Em tese, a empresa pode mandar o nome para o Serasa ou SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) assim que uma dívida é formada, ou seja, depois do vencimento final de alguma conta.

Porém, muito dificilmente isso irá acontecer, pois a dor de cabeça e o trabalho de colocar o nome de algum cliente nessas entidades é válido apenas em último caso.

Normalmente, mesmo quando podem protestar o seu nome e deixá-lo sujo, o diálogo é a primeira coisa que os credores apostam. É mais fácil para eles tentar um acordo com o devedor antes de tomar medidas mais drásticas.

Em média, os lojistas ou bancos dão um prazo de trinta dias antes de comunicar o Serasa ou o SPC. Nesse tempo, é comum que vários avisos sejam enviados ao cliente (muitas vezes ele apenas esqueceu-se de pagar).

Caso a loja ou banco tente manter contato e não houver retorno ou nenhum comum acordo, muito possivelmente a empresa cadastrará o seu nome e você passará a ser negativado, passa a ter o famoso “nome sujo”.

Após protestarem o seu nome e deixá-lo sujo só há duas alternativas para se escolher: esperar o prazo de 5 anos ou pagar a dívida.

O prazo de 5 anos é estipulado por lei e após esse período o Serasa e o SPC precisam retirar o cadastro do devedor. A dívida ainda existirá, mas o nome não ficará visível para outras empresas.

Caso você pague a dívida, o credor tem cinco dias úteis para retirar o nome do cadastro, sujeito a multa quando isso não é cumprido.

Qual a diferença entre ter o nome sujo pelo SPC ou pelo Serasa

A partir de quando podem protestar seu nome e deixá-lo sujo o credor vai fazer isso pelo Serasa ou pelo SPC.

O Serasa é destinado aos bancos. Ou seja, se você fez um empréstimo e não conseguiu quitá-lo ou não paga há meses a fatura do cartão de crédito, o banco colocará o seu nome no Serasa.

Já o SPC é para o comércio. A maioria das pessoas se atrapalha quando faz muitos boletos com longas prestações, isso faz com que a pessoa se perca no orçamento.

Meu nome está negativado, mas não contrai nenhuma dívida, e agora?

Algumas pessoas passam por esse tipo de situação. Quando vão pedir algum empréstimo ou coisa do gênero descobrem que estão com o nome sujo mesmo não tendo nenhuma dívida.

Isso acontece porque, às vezes, ocorrem erros no SPC ou no Serasa e eles cadastram pessoas como negativadas sendo que elas não estão.

Nessas situações, é possível entrar com recurso para regulamentar o seu nome e ainda pedir uma indenização pelo constrangimento.

Agora que você sabe a partir de quando podem protestar seu nome e deixar sujo, fique esperto, mas faça o máximo para negociar a dívida antes.

Quanto tempo meu nome pode ficar no Serasa e SPC?

Ter o nome no Serasa ou no SPC é um dos maiores medos de todas as pessoas que já possuem cartões, contas a pagar, etc. Quando seu nome consta em alguma dessas empresas o seu poder de compra fica mais restrito por conta da falta de confiança que “carregará consigo”. Descubra quanto tempo o seu nome pode ficar no Serasa e SPC.

Se você tem um nome do Serasa ou SPC, saiba que ele não fica registrado lá até que você quite a dívida.

O que é e quanto tempo o seu nome pode ficar no Serasa e SPC

Primeiramente, vamos entender do que se trata, de fato, o Serasa e SPC. Ambas são empresas particulares, mas contêm um cunho de serviço público.

Elas são, em linhas gerais, um banco de dados que assimila informações como nome completo, CPF, RG, endereço e dados pessoais de todos os cidadãos. Essa “ficha” fica disponível para os bancos e comércio.

Esse cadastro serve para dar um suporte às empresas de crédito ou venda, relatando a essas entidades se o solicitante dos serviços tem alguma dívida em seu nome.

Ou seja, o Serasa e o SPC informam se você está negativado ou, popularmente falando, com o nome sujo.

Muitas pessoas se perguntam sobre a diferença entre essas duas empresas, mas saiba que elas são, praticamente, a mesma coisa.

O SPC é financiado por associações comerciais (Câmaras de Dirigentes Lojistas), enquanto o Serasa é mais uma parceria com os bancos.

Então, simplificando, se você realiza a compra de um produto e não o paga, ou deixa de pagar o restante das mensalidades de um boleto, seu nome é encaminhado ao SPC.

Se você faz um empréstimo não consegue quitá-lo ou não paga sua fatura de cartão de crédito, seu nome será enviado ao Serasa.

Porém, essas empresas trocam suas informações e, no final das contas, o nome da pessoa negativada constará nas duas empresas.

Quando uma pessoa fica com o nome sujo e não consegue, de maneira nenhuma, quitar a sua dívida, em cinco anos as empresas precisam “excluir” os dados e o nome da pessoa é retirado dessas duas listas.

Veja bem, a pessoa ainda será responsável pela dívida, mas os bancos e o comércio não terá acesso a isso.

Não tenho dívidas, mas meu nome foi parar no Serasa e SPC

Algumas pessoas descobrem que seu nome está inadimplente ao tentar conseguir um empréstimo ou realizar um compra, mesmo nunca tendo contraído nenhuma dívida.

Ela não precisa se assustar e se preocupar tanto assim, as confusões feitas pelo Serasa e SPC não são raras.

Nessas ocasiões, a pessoa pode exigir uma indenização pelo constrangimento que causou para o cliente. Sendo esta amparada por Lei, constando no Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8078/90).

Se a pessoa deseja entrar o pedido para uma indenização, ela deve procurar um advogado para que ele facilite todos os trâmites.

Como evitar que meu nome pare no SPC ou Serasa

É comum nos atolarmos em dívidas e ter o nome repassado ao Serasa e no SPC, principalmente por conta de tantos cartões de crédito. Conheça algumas dicas para evitar esse tipo de coisa:

  • Se organize com seus cartões de crédito (tenha sempre em mãos quanto gastou de cada um).
  • Tente guardar uma porcentagem do seu salário para alguma emergência.
  • Não compre coisas desnecessárias de o orçamento está pequeno.
  • Corte gasto superfulos se não há como pagá-los.

Mesmo sabendo quanto tempo seu nome pode ficar no Serasa e SPC, o ideal é evitar ter o nome sujo.

Qual a diferença entre Serasa e SPC?

Já ouviu falar de Serasa e SPC? Provavelmente sim, principalmente se você já for adulto, tiver cartões de crédito e contas a pagar. O maior medo dos compradores é que seu nome acabe indo parar na lista de alguma dessas entidades, pois isso pode atrapalhar concessões como novos cartões e empréstimos de banco. Mas, você sabe qual a diferença entre Serasa e SPC?

Se você quer saber o que são, qual a diferença entre Serasa e SPC e como evitar que o seu nome pare em alguma dessas empresas, leia esse artigo.

O que são o Serasa e o SPC

O Serasa (Centralização de Serviços dos Bancos) e o SPC (Serviços de Proteção de crédito) são, basicamente, entidades que registram dados básicos de todos os cidadãos.

Dados pessoais, estado, cidade, nome completo, CPF, RG e coisas do gênero são cadastrados e compilados nesse enorme banco de dados.

O objetivo dessas empresas é repassar para os bancos e lojistas (ou qualquer empresa que esteja relacionada com alguma forma de crédito e compra) a situação da pessoa que está requerendo um empréstimo ou produto.

Quando você deixa de pagar uma dívida, o credor passa o seu nome para o Serasa e SPC, assim, passará a ser um negativado ou inadimplente.

Esse esquema serve, basicamente, para os bancos, lojas, etc., terem uma ideia de quem estão “lidando”. Por exemplo, se você pede um empréstimo muito alto ou coisas do gênero, o banco verá que você é negativado e isso pode restringir o acordo.

Em linhas gerais, é uma maneira de a empresa ter a opção de negociar apenas com pessoas que sejam “bons pagadores”.

Qual a diferença entre Serasa e SPC?

Como já dito anteriormente, o Serasa e o SPC possuem o mesmo objetivo: repassar informações importantes (principalmente sobre as dívidas) para as empresas que pretendem negociar com alguém.

Se esse alguém estiver negativado, ou com o nome sujo (popularmente falando), a empresa terá acesso a essa informação.

Não há nenhuma diferença muito discrepante entre elas. A mais marcante de todas é que o SPC é mais conectado às pessoas que ficam devendo no comércio, enquanto se Serasa é mais ligado aos bancos.

Então, se você pede algum empréstimo para o seu banco e não consegue quitar sua dívida, ele enviará os seus dados para o Serasa.

Agora, se você dividiu uma compra em várias vezes no carnê, por exemplo, e não conseguiu pagar todas as mensalidades, a loja enviará seu nome ao SPC.

Porém, no final das contas, quando a pessoa recebe o título de negativada por uma ou outra entidade, essa informação passa para a outra empresa também.

Ou seja, no final das contas o nome constará no Serasa e no SPC, estando disponível para os bancos e as lojas.

Após 5 anos com o nome registrado nessas empresas, se a pessoa não pagou a dívida antes, o nome some automaticamente do sistema e você fica regulamentado novamente.

Como fugir do Serasa e do SPC

A maioria dos brasileiros possui alguma dívida e muitos deles constam no Serasa ou no SPC.

Elaboramos uma lista para você fugir disso:

  • Nunca gaste mais do que você recebe.
  • Cuidado com os cartões de crédito. Tenha, se possível, apenas um.
  • Faça uma agenda com todos os gastos do mês, qualquer centavo deve ser anotado.
  • Evite gastar todo o seu salário ao decorrer do mês. Tente juntar 10% dele para uma emergência.
  • Não parcele produtos em muitos meses.

A diferença entre Serasa e SPC não é muito grande, como foi possível reparar. O ideal é que a pessoa evite estar na lista de qualquer um deles.

Quais são os motivos para inclusão de nome no Serasa?

Milhares de brasileiros possuem o nome no cadastro de inadimplência do Serasa e de outras empresas de proteção ao crédito. Entretanto ainda existe muita dúvida quanto às razões que podem levar alguém a ter o nome negativado e quais são os motivos para inclusão de nome no Serasa.

Por isso, separamos aqui alguns pontos importantes para quem está com o nome no Serasa ou deseja saber como o processo funciona.

O que gera a inclusão do nome na SERASA?

O motivo para a inclusão de nome na Serasa é basicamente um: inadimplência.  A falta de pagamento e o atraso de dívidas sejam devido a relações comerciais, contratos, emissão de títulos, cheques notas promissórias, etc. podem levar o nome do consumidor a constar na lista de negativados da instituição.

Em alguns casos mais raros pode acontecer de o nome ser incluído injustamente em decorrência de fraudes ou por pagamentos que já foram quitados, mas não foram devidamente computados. Nesses casos é necessário entrar em contato com o devedor e também acionar a justiça para que o problema possa ser solucionado.

O que é e como funciona a Serasa?

A Serasa é uma empresa privada que atua fazendo o armazenamento de dados de empresas e cidadãos que foram considerados inadimplentes. Estes dados estão abertos à consulta pública e são utilizados por diversos estabelecimentos no momento de fechar um negócio.

Com base nas informações que constam na Serasa empresas de todos os portes podem ponderar se devem fornecer crédito ou não para determinado cliente e tornar seus negócios mais seguros, já que assim, em teoria diminuem suas chances de sofrerem prejuízos.

Como saber se o seu nome foi incluído na lista da Serasa?

Se você acha que foi negativado e deseja realizar a confirmação, a maneira mais simples é através do site da Serasa. Com o CPF e alguns dados básicos em mãos a consulta pode ser feita de forma rápida, transparente e gratuita.

Além disso, é possível realizar a consulta também em pontos de atendimento físico e que estão espalhados por todo o país.

Como evitar a inclusão de nome na Serasa?

Antes que o nome seja efetivamente inserido na lista de negativados, a Serasa e outras empresas do tipo são obrigadas por lei a realizar a notificação ao consumidor, oferendo o prazo de dez dias corridos a partir dessa data para que possam ou quitar o que devem ou sinalizar o desejo de negociação.

Ter o nome sujo pode acarretar em diversas consequências como dificuldade para conseguir obter novas linhas de crédito e para conseguir empréstimos e financiamentos, além de ser considerado motivo de constrangimento para muitas pessoas.

Como tirar seu nome da Serasa?

Para tirar seu nome do banco de dados a forma mais rápida é quitar a dívida ou realizar negociação e parcelamento do valor. No segundo caso, o nome é retirado do sistema assim que é constatado o pagamento da primeira parcela.

É preciso salientar que caso o consumidor não honre com o acordo e pague o parcelamento em dia, ele pode ser inserido novamente no banco de dados de negativados.

O máximo de tempo que o nome de alguém pode permanecer no sistema da Serasa e das outras instituições de proteção ao crédito é cinco anos. Após esse tempo o nome é “limpo” e o devedor perde o direito de recorrer à justiça para receber o pagamento.

O ideal é sempre tentar evitar a inserção de nome na Serasa, realizando um planejamento financeiro rígido e caso necessário, procurando negociar prazos e valores com os credores, de forma que seja vantajoso para todos os envolvidos.

O que acontece quando seu nome fica negativado?

Ter o nome sujo na praça pode trazer diversas consequências e dificultar bastante a vida do cidadão. Saiba o que acontece quando seu nome fica negativado e o que fazer nessas situações.

Quais as consequências de ter o nome negativado

Ter o nome negativado é o pesadelo vivido atualmente por diversos brasileiros. Com a crise e o desemprego crescentes no país, muitas pessoas começaram a ter dificuldade de conseguir arcar com suas dívidas e pagar suas contas em dia.

Essas pessoas hoje esbarram em uma série de dificuldades e que podem afetar variados aspectos do dia a dia.

Maior dificuldade para conseguir obter crédito

A principal consequência para quem está com o nome listado nos órgãos como SPC e SERASA é a dificuldade em conseguir aprovar crédito. E isso vale para diferentes situações como crediários em lojas, cartão de crédito ou ainda a aprovação de financiamentos ou empréstimos.

A dívida e o nome negativado também podem prejudicar o Score, o que agrava ainda mais o problema. O Score é uma pontuação utilizada pelos mais diversos estabelecimentos como forma de mensurar a chance que determinada pessoa tem de arcar ou não com suas dívidas.

O Score leva em conta no cálculo uma série de fatores, mas o fato é que o nome negativado faz com que ele decaia bastante. Um score baixo além de tornar mais difícil a liberação de financiamentos e empréstimos, pode dificultar também na hora de conseguir descontos nas taxas e juros, já que o risco associado a esse consumidor é considerado mais alto.

Suspensão de opções de crédito alternativas

Além das dificuldades descritas anteriormente para obter novas linhas de crédito, alguns bancos e instituições financeiras podem realizar o cancelamento de benefícios já existentes, como a suspensão da disponibilidade do cheque especial e da entrega de talão de cheques.

Tudo isso limita ainda mais a possibilidade de conseguir ajuda para quitar a divida, fazendo com que muitas vezes o problema se torne uma “bola de neve”.

Outros problemas relacionados

Um problema pouco considerado e que ainda é praticado por muitas empresas, embora seja bastante controverso, é a consulta de restrições ao CPF/ nome do candidato em uma seleção de emprego.  Muitas vezes essa pode ser a razão para a escolha de um candidato em detrimento de outro.

Como saber se existe alguma restrição em seu nome?

Para saber se seu nome está negativado é possível realizar a consulta online, que dependendo da instituição de proteção ao crédito pode ser gratuita ou paga, ou ainda seguir a uma agencia de atendimento presencial com CPF e documento com fotos originais.

Pode acontecer de a pessoa ir parar no cadastro de negativados sem nem tomar consciência do fato. Uma conta esquecida, uma parcelinha que ficou atrasada ou um pagamento que não foi devidamente computado já são razões suficientes para que seu nome possa parar na lista de restrição.

A partir do primeiro dia de atraso da data de pagamento o credor já pode acionar qualquer uma das empresas de restrição ao crédito. A partir desse momento existe a obrigatoriedade por lei, de enviar uma carta a quem está devendo informando que existe o prazo de dez dias corridos para ou sanar a divida ou iniciar a negociação.

Passado esse prazo, se o consumidor não tomar nenhuma medida, ele pode ser incluído na lista de cadastro de negativados.

O ideal é evitar ao máximo ter o nome negativado. Embora seja difícil e a situação financeira aperte em alguns momentos, procurar uma negociação que seja vantajosa para ambas as partes pode evitar muita dor de cabeça e impedir que o nome seja incluído na lista de mal pagadores.

Mitos e verdades sobre nome sujo

As dívidas atormentam milhares de brasileiros. Para lidar com problema é preciso acima de tudo estar bem informado. Por isso, confira alguns mitos e verdades sobre nome sujo:

Algumas informações importantes para quem está com o nome sujo

Seja por um mau planejamento financeiro ou por imprevistos como a perda do  emprego ou doenças, o fato é que o número de pessoas na lista de restrição ao crédito e com o nome sujo não era tão alto há muitos anos.

Muitas pessoas inda têm dúvidas ou desconhecem seus direitos, por isso, separamos alguns pontos interessantes a serem esclarecidos:

Se renegociar a dívida, seu nome continua sujo até quitar tudo?

Mito. Ao renegociar a dívida, seu nome é retirado da lista de negativados assim que a primeira parcela do acordo é liquidada. Se isso não ocorrer, o consumidor pode acionar a justiça e exigir que o nome seja retirado imediatamente.

Antes de o nome ir para o cadastro de restrição ao crédito é preciso que a pessoa seja notificada?

Verdade. A partir do primeiro dia de atraso na data de vencimento estipulada para o pagamento da dívida, o credor já pode acionar as empresas como o SPC e o Serasa.

A partir desse momento elas têm, por lei, que enviar uma carta informando que o consumidor possui o prazo máximo de dez dias corridos para quitar a divida ou iniciar a negociação. Apenas passado esse período e se não houver manifestação da parte devedora é que o consumidor pode passar a ter o nome sujo.

Com o nome sujo é mais difícil conseguir crédito?

Verdade. Mesmo com o nome sujo ainda é possível conseguir crédito, existem algumas instituições financeiras que não possuem restrição para negativados, mas é algo muito raro e não funciona para todos os estabelecimentos.

Com o nome sujo muitos bancos não possibilitam a abertura de contas ou a tomada de empréstimos e financiamentos, podendo inclusive suspender benefícios como solicitação de talões de cheque e a linha de crédito especial.

Mesmo para os locais que possibilitam a tomada de crédito, ter o nome negativado tende a reduzir muito o poder de negociação, oferecendo juros mais altos por considerar o risco associado consideravelmente maior.

A dívida expira após cinco anos?

Mito. A dívida não expira ou é perdoada e o que acontece é que após esse tempo o nome não pode constar mais nos bancos de dados das empresas de proteção ao crédito.

Além disso, após esse período a dívida prescreve, isto é, o credor perde o direito de entrar com ação judicial para o pagamento da mesma, mas isso não quer dizer que o devedor não possa ser cobrado de forma amigável e sem envolver a justiça.

É importante ressaltar que o período de cinco anos começa a contar a partir da data de vencimento da dívida e não a partir da data de inserção na lista de negativados, pois esse é um erro bastante comum.

Outro ponto importante a ser notado é que mesmo após o nome ser limpo em decorrência do tempo, isso não significa que o consumidor conseguirá acesso ao crédito de forma imediata.

Para a liberação do crédito um dos parâmetros utilizados pelos estabelecimentos como lojas e instituições financeiras é o Score. O Score nada mais é do que uma pontuação que avalia o risco de uma pessoa arcar ou não com suas dívidas e para seu calculo são consideradas uma série de fatores.

Assim, se você tem seu nome sujo o melhor a se fazer é procurar uma negociação que seja vantajosa para ambas as partes e colocar seu nome em dia!

Cuidados que todo lojista deve ter em ao incluir um nome no SPC – Confira!

Se você tem algum tipo de comércio já deve ter se deparado com algum cliente que não pagou a dívida. Nesse momento, a primeira coisa que você pensa é como fazer para colocar o nome dele no SPC. Não é nada muito difícil, mas confira os cuidados que todo lojista deve ter em ao incluir um nome no SPC!

Nesse artigo você vai descobrir os que o lojista deve fazer para incluir o nome no SPC e muito mais!

Cuidados que todo lojista deve ter em ao incluir um nome no SPC

Antes de o lojista incluir um nome no SPC ele deve ter consciência de que há alguns protocolos que ele deve seguir.

Não é nada muito complexo, mas para que ele não saia como errado da situação, o melhor é seguir os seguintes cuidados:

  • Aguarde até 30 dias antes de repassar o nome. O lojista está no direito de repassar o nome ao SPC no instante em que uma dívida é formada, mas ele pode acabar perdendo com isso. Além do mais, às vezes o cliente simplesmente esqueceu-se de pagar.
  • Entre esse prazo de trinta dias se completarem, é indicado comunicar o devedor com uma série de avisos. Ele pode estar viajando, atolado de trabalho, enfim, nem sempre a falta de pagamento é pela falta de dinheiro. Isso pode poupar dor de cabeça para ambos os lados.
  • Não se esqueça de retirar o nome do SPC caso a dívida seja paga pelo devedor.
  • Após o pagamento ou renegociação da dívida, o lojista tem o prazo de cinco dias úteis para fazer a retirada do nome do comprador do SPC. Caso isso não seja feito, o cliente pode responsabilizar a loja por cadastro irregular.
  • Não erre o nome do cliente ao enviá-lo para o SPC. Parece exagero, mas muitos lojistas passam o nome errado e isso pode gerar uma confusão futuramente. O mais ideal é conferi-lo com calma para certificar-se de que não há erros.

Em resumo, o lojista deve alertar e tentar negociar a divida com o devedor, caso isso não dê certo, é preciso inserir o nome do mesmo no SPC e, se a dívida for paga, retirá-lo em até 5 dias úteis.

Esses são os maiores cuidados que todo lojista deve ter em ao incluir um nome no SPC.

Qual a diferença entre SPC e Serasa

Muitos lojistas se perguntam qual a diferença entre SPC e Serasa na hora de incluir um nome em alguma dessas empresas.

O Serasa é destinado àqueles que não pagaram suas dívidas em bancos, como empréstimos ou faturas de cartão de crédito.

Já o SPC é destinado ao comércio, e é por isso que o lojista deve incluir o nome no SPC e não no Serasa.

Mas, de resto, as duas empresas são, basicamente, a mesma coisa. Ambas arquivam e “divulgam” os nomes das pessoas negativadas para que as firmas tenham acesso a isso.

Os problemas que os lojistas têm com os compradores inadimplentes

Após o lojista incluir o nome no SPC, poucas são as pessoas que realmente pagam a dívida, principalmente se ela for alta.

Até porque, se o cliente não pagou a dívida mesmo com todos os alertas, significa que ele não o fez por falta de dinheiro. Então, não há muito que ele possa fazer nesses casos.

Às vezes o lojista pode sair perdendo, principalmente porque após 5 anos o nome do devedor é retirado do cadastro. Mas, independente, siga os cuidados que todo lojista deve ter em ao incluir um nome no SPC.

Como sair do SPC? É possível?

Ter o nome negativado junto ao serviço de proteção ao crédito é motivo de constrangimento e preocupação para muitas pessoas. A boa notícia é que sair do SPC é algo possível. É preciso ressaltar, entretanto, que não é  simples ou rápido e requer certa dose de empenho do consumidor.

Como tirar seu nome do banco de dados do SPC?

Pode-se dizer que o nome de uma pessoa é excluído da lista do SPC apenas nas seguintes situações:

Pagamento da dívida

Aqui vale tanto o acordo a vista, para o qual geralmente é possível conseguir bons descontos ou também para o parcelamento. No caso do pagamento parcelado, o nome é excluído apenas depois de constatada a liquidação da parcela inicial.

Se por ventura isso não acontecer, existe a possibilidade de recorrer à ajuda judicial, pedindo limiar para exclusão imediata do seu nome dos cadastros, e em alguns casos pode caber ainda ação indenizatória por danos morais, pelo mantimento indevido da restrição em seu nome.

É preciso alertar que se for firmado o acordo para pagar a dívida e se não for cumprido o que foi previamente estabelecido é possível ter seu nome cadastrado de novo junto ao SPC, contando a partir da data de vencimento da parcela.

Negociação da dívida na justiça

Esse caso é valido para diferentes situações, como quando a dívida já foi paga, não foi realizada pela pessoa com nome no cadastro ou quando a divida pode ser enquadrada em situações de juros ou outras cláusulas abusivas.

A dívida completou cinco anos

Se a dívida completou cinco anos da data de vencimento, o nome pode ser removido do SPC. É preciso se atentar ao fato de que muitas vezes esse prazo é calculado a partir da data de inserção no cadastro de devedores, o que é errado.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor e o Código de Processo Civil, é previsto que o prazo prescricional da cobrança pelo credor corresponde à data de vencimento da dívida que não foi paga.

O prazo prescricional, como o próprio nome sugere, se refere a prescrição da dívida, isto é, quando a pessoa perde o direito de cobrar judicialmente o que é devido, por não ter feito a cobrança dentro do prazo de cinco anos que é previsto pela lei.

Se o consumidor possui múltiplas inscrições em seu nome, por dívidas diferentes, os prazos devem ser computados de forma separada.

Quando a divida prescreve e ainda assim o nome do consumidor não é removido da lista do SPC, é possível procurar ajuda junto a justiça, pedindo exclusão imediata de seu nome da lista de negativados. Em alguns casos, como descrito anteriormente, pode caber também indenização.

Como saber se seu nome consta no banco de dados do SPC?

Algumas pessoas podem ter dúvidas na hora de confirmar se realmente o nome consta no banco de dados do SPC. O SPC Brasil dispõe de consulta pela internet, sendo possível consultar através do número do CPF, mas é cobrada uma pequena taxa pelo serviço.

Também é possível realizar essa consulta pessoalmente. Para realizar a consulta presencial é preciso comparecer a qualquer um dos pontos de atendimento do SPC Brasil, portando o documento de CPF original e um documento com foto. Os endereços dos balcões de atendimento estão disponíveis através do site do SPC Brasil.

Ao realizar a consulta o consumidor recebe um extrato constando os dados do credor e valor da dívida, podendo dar inicio a negociação de forma direta ou através da justiça, para finalmente sair do SPC.

Como limpar o nome e CPF sem pagar a dívida

Quando a pessoa tem o nome sujo isso acaba virando uma preocupação constante, muitos consideram motivo de vergonha ter o nome fichado no SPC ou Serasa (mas precisamos entender que isso acontece e é muito comum). Se esse é o seu caso e quer livrar-se disso, descubra como limpar o nome e CPF sem pagar a dívida.

Aqui você vai descobrir como limpar o nome e CPF sem pagar a dívida sem cair em golpes e algumas outras dicas.

Como limpar o nome e CPF sem pagar a dívida

Antes de falar como limpar o nome e CPF sem pagar a dívida vamos explicar como funcionam as empresas que são responsáveis por propagar esse tipo de informação aos bancos e comércio.

O SPC e o Serasa são empresas privadas, mas que funcionam com uma função pública e essas entidades são responsáveis por armazenar os dados dos cidadãos.

Quando você deixa de pagar uma dívida o cobrador pode passar o seu nome para alguma dessas empresas e, neste caso, esse registro fica disponível para os bancos e qualquer empresa que forneça algum tipo de produto.

Ou seja, o SPC e o Serasa fazem um registro e disponibilizam todos os “nomes sujos” (negativados) de maneira gratuita.

Mas, para que isso serve? Isso serve como um suporte para as outras firmas na hora de avaliar o perfil do comprador ou de alguém que esteja pedindo um empréstimo.

Quando a pessoa está inadimplente, muitas concessões são cortadas (empréstimos, novos cartões de crédito, etc.), pois ela passa a ser vista como “mau pagador”.

Por isso os negativados ficam tão ansiosos para limpar o nome e CPF, mas como fazer isso se não há dinheiro para pagar a dívida?

Se você quer saber como limpar o nome e CPF sem pagar a dívida, a resposta é muito simples: espere 5 anos e pronto!

Após esse período o SPC e o Serasa retiram o registro de devedor e as outras empresas não saberão que você deixou de pagar uma dívida.

Evite que seu nome vá parar no Serasa ou no SPC

Como medida de precaução, a pessoa deve se prevenir para que seu nome não vá parar no Serasa ou no SPC. Pois isso é mais fácil do que limpar o nome e CPF sem pagar a dívida.

Confira as dicas abaixo:

  • Se organize com o seu orçamento: veja quanto você ganha e quais são seus gastos fixos.
  • Retire do saldo que sobrou uma pequena porcentagem e coloque em uma poupança.
  • Gaste ou compromete apenas o que sobrou, caso contrário o acúmulo de dívidas terá um efeito dominó.
  • Lembre-se: sempre terá que pagar o cartão de crédito. Parcelar é apenas amortecer a dívida, mas ela ainda existirá, portanto, controle os gastos no cartão.

Golpes que propõem limpar o nome e CPF sem pagar a dívida

O desespero das pessoas que desejam limpar o nome e CPF sem pagar a dívida pode prejudicá-las nesse momento e muitas acabam caindo em golpes, principalmente pela internet.

Hoje em dia é muito comum encontrarmos anúncios do tipo “limpo seu nome por apenas R$15,00” e coisas do gênero.

Parece bobagem, mas muitos negativados caem nesses golpes e acabam perdendo mais dinheiro ainda. Há sempre uma pessoa de ma fé tentando aproveitar de um momento de fragilidade.

Há até mesmo aqueles que cobram para consultar se o seu nome está ou não no SPC ou no Serasa, sendo que isso pode ser feito gratuitamente.

Agora que você sabe como limpar o nome e CPF sem pagar a dívida, resta ser paciente e organizar melhor os seus gastos.

Como limpar o nome? Saiba 4 passos simples!

Milhares de brasileiros se encontram endividados e com restrição junto às empresas de proteção ao crédito. Isso é algo que pode gerar constrangimentos e dificultar a vida em muitos aspectos. Se você se encontra nessa situação, esse artigo é para você. Saiba agora como limpar seu nome em 4 passos simples.

Como fazer para limpar o nome?

Estar inadimplente e com nome negativado pode tornar muito mais difícil obter novas linhas de crédito, abrir contas em banco ou conseguir financiamentos e empréstimos. Além disso, pode ocasionar a suspensão da emissão de talões de cheque ou da disponibilidade do crédito especial.

Ainda que em alguns casos raros a linha de crédito venha a ser liberada é muito mais difícil para o consumidor com o nome sujo conseguir negociar melhores taxas de juros e condições de pagamento, já que o risco associado é considerado maior. Por isso, o ideal é tentar limpar o nome.

Saber exatamente a divida que consta em seu nome

Para limpar o nome o primeiro passo é saber exatamente qual divida pendente e que levou a inserção de seu nome no cadastro de negativados. A consulta pode ser feita pela internet e é necessário ter em mão o CPF e alguns dados básicos.

A consulta pode ainda ser realizada pessoalmente, bastando se dirigir a qualquer um dos diversos pontos de atendimento distribuídos pelo Brasil. É importante dizer que essa consulta pode ser realizada gratuitamente ou pode ser cobrada uma pequena taxa.

Realizar o pagamento ou negociação

O segundo passo para limpar o nome é procurar o credor para quitar a dívida ou para sinalizar o desejo de negociação. Se for optado o parcelamento é preciso que tudo seja estipulado com transparência.

Ao pagar a primeira parcela já é possível ter o nome limpo. Porém, se o consumidor não cumprir com o que foi estipulado e atrasar ou deixar de pagar em dia as parcelas, seu nome pode retornar ao sistema.

Conferir se o nome foi retirado do cadastro de negativados

Após seguir os dois passos anteriores o seu nome já estará limpo. É preciso, entretanto, verificar se ele será realmente retirado do sistema. Após o pagamento ou negociação as empresas têm geralmente cinco dias úteis para apresentar o recibo e retirar a dívida do CPF do cliente.

Fazer um planejamento financeiro

Existem muitos motivos que podem levar alguém a se endividar. A crise e o desemprego recentes, por exemplo, causaram impacto inesperado no orçamento de muitas famílias e acabaram tornando mais difícil fechar as contas no fim do mês.

Uma doença ou acidente inesperado também podem trazer despesas que não foram previstas e dificultar a vida financeira. Outras questões, porém, podem ser previsíveis e o planejamento é fundamental para evita-las.

É preciso fazer uma análise objetiva sobre seu orçamento: o quanto você ganha, o quanto gasta para as contas básicas e o quanto sobra ao mês. Assim, poderá ter maior clareza sobre o quanto pode gastar.

Não realize compras por impulso, procure sempre pagar a vista, analise bem os juros e opções antes de realizar qualquer negócio. Além disso, ter parcimônia com o cartão e evitar utilizar o crédito especial são medidas simples e que podem auxiliar as famílias a evitar o endividamento.

Realizar uma pequena reserva para o caso de emergências também pode ajudar aliviando o bolso em caso de gastos surpresas.

Após cinco anos a divida não pode constar mais nos cadastros de nenhuma das instituições de proteção de crédito e nem pode ser cobrada judicialmente pelo credor. Entretanto, esperar esse período pode acarretar em diversas consequências e o mais indicado é sempre procurar limpar o nome e negociar condições que sejam vantajosas para as duas partes.

CARTÃO UNIBANCO – COMO SOLICITAR?

Talvez você não saiba disso ainda, mas há alguns anos o Unibanco foi absorvido pelo Banco Itáu, então os produtos que eram de uma instituição passaram a ser da outra. Assim sendo, se você pensa em solicitar um cartão Unibanco vai precisar na verdade pedir um do Itaú!

Isso não é necessariamente um problema, muito pelo contrário. Quando o Unibanco se fundiu ao Itaú passou a oferecer serviços de maior qualidade e amplitude, que podem te trazer várias vantagens.

Assim sendo, a seguir nós vamos explicar como solicitar um cartão Unibanco nos dias atuais, em que ele é um produto também do Banco Itaú. Confira as nossas dicas e se surpreenda com as possibilidades!

Descubra como solicitar o cartão Unibanco

Como informamos previamente é fato que o Unibanco não ser mais um banco único faz com que os seus produtos sejam diretamente vinculados ao Banco Itaú, então na hora de solicitar um cartão dessa instituição você vai precisar se referir a empresa conhecida pelas cores azul e laranja!

Se você já for correntista do Itaú o problema é resolvido com você indo ao banco e solicitando o cartão em questão! A tendência é que o processo seja resolvido rapidamente e sem nenhum tipo de dificuldade!

É interessante dizer, inclusive, que o Itaú junto ao Unibanco oferece mais de 78 tipos de cartão aos seus clientes, então você com certeza poderá optar pelo que melhor te atender! Vale dizer, aliás, que essa organização se conectou a vários parceiros comerciais, que vão te dar vantagens na hora de consumir produtos ou serviços. Entre os principais podemos citar…

  • O supermercado Pão de Açúcar;
  • As lojas varejistas Marisa;
  • A montadora Volkswagen;

Além disso, com o Itaú você pode conseguir cartão Unibanco do tipo Nacional e Internacional, sendo válidas também as opções de Gold e Platinum, que podem te interessar.

Conheça as vantagens do cartão Unibanco

O cartão Unibanco com Itaú oferece uma série de vantagens para os seus consumidores, que precisam ser conhecidas por aqueles que se interessam pela possibilidade de tê-los.

Talvez o benefício mais destacado que o Itaucard oferta aos seus clientes é o seu programa de 50% de desconto! Com o sistema você vai conseguir pagar meia-entrada em uma série de eventos e situações, como…

  • Peças de teatro;
  • Jogos de futebol;
  • Filmes no cinema;
  • Atrações em parques de diversões;
  • Atrações turísticas;

Isso significa, na prática, que tendo um cartão desse tipo você passa a ter acesso a uma série de eventos culturais para a sua diversão por um preço muito amis em conta, o que acaba tornando esse dispositivo de crédito bastante atraente para quem costuma gastar demais quando se trata de lazer!

É um fator bastante relevante, que faz muita gente apostar no consumo desse cartão e não é por acaso que até hoje tem gente que deseja contar com o cartão Unibanco ao invés de apostar em outras opções mais modernas, como os digitais. Ele pode não ser tão moderno e nem tão reconhecido atualmente, uma vez que não tem o mesmo nome, mas oferta benefícios impossíveis de se ignorar!

Vale a pena então se esforçar de verdade para conseguir ter esse dispositivo em mãos, aproveitando tudo de bom que ele tem para te oferecer! Pode apostar que vai ser muito vantajoso para você!

O cartão Unibanco é com certeza muito interessante e muito benéfico para os seus proprietários, especialmente pela fusão que essa instituição fez com o Itaú! Aproveite a possibilidade de tê-lo e siga as nossas orientações, porque aí vai dar tudo certo da forma como você deseja que dê! Muito boa sorte nesse processo!

COMO GANHAR DINHEIRO COM CARTÃO DE CRÉDITO?

Há quem pense que esse tipo de dispositivo apenas tira grana das nossas contas e bolsos, mas você sabia que é perfeitamente possível ganhar dinheiro com cartão de crédito?

Se você não tinha noção está tudo bem, porque com certeza não é o único! A maioria das pessoas demoniza essas opções de crédito, vendo-as como meios para se endividar e para “sujar” o nome, sem perceber que elas oferecem muitas possibilidades.

Assim sendo, a seguir nós vamos falar mais abertamente sobre como ganhar dinheiro com cartão de crédito é viável para qualquer um, desde que se saiba como fazer! Vem conferir e se surpreender!

Descubra como ganhar dinheiro com cartão de crédito seguindo as nossas dicas

1 – Escolha bem o seu cartão

Nem todo cartão de crédito vai te dar a chance de ganhar dinheiro, e é necessário entender isso antes de definir qual será o que vai estar na sua carteira no dia a dia! Entre as informações que você precisa buscar descobrir antes de assinar o contrato nós podemos elencar…

  • A cobrança de anuidade – Se o cartão de crédito em questão cobra esse tipo de valor é melhor fugir dele, porque ele vai te fazer gastar mais dinheiro do que vai te dar a chance de ganhar, com toda a certeza;
  • A cobrança de taxa de manutenção – Aqui a lógica é a mesma. Instituições que fazem questão desses valores não vão te ajudar a ganhar dinheiro;
  • A cobrança de taxas de juros alta demais – As taxas de juros de rotativo costumam ser bastante altas em todos os cartões, mas são mais preocupantes em uns cartões do que em outros. Fique de olho;
  • A possibilidade de desconto ou programa de recompensa – Essas e outras vantagens estão na lista de possibilidades ofertadas por cartões com os quais você pode ganhar dinheiro, então fique ligado;

2 – Faça a conversão dos pontos por milhas

Uma das maneiras mais funcionais de ganhar dinheiro com cartão de crédito é converter os pontos que você conquista no relacionamento com a instituição em milhas.

Essas milhas podem ser usadas para uma série de compras de produtos ou serviços, mas elas também podem ser vendidas! Agora, lembre-se: as suas milhas têm validade, e normalmente o prazo para vencer é curto, então tem que ficar de olho sempre, para acabar não perdendo dinheiro em vão!

3 – Compre nas viagens para outras pessoas

Se seus amigos pediram para você comprar alguma coisa porque está indo fazer uma viagem internacional não considere isso uma perturbação, mas sim uma oportunidade!

Com o seu cartão de crédito você pode comprar esses bens e ter uma margem de lucro, mas lembre-se de exigir que o pagamento aconteça antes! E não, não se sinta constrangido de pedir um valor extra pela sua mão de obra e pela IOF pedida no seu dispositivo de compras, porque você de fato está tendo um trabalho e é inegável que essa taxa existe nos limites alfandegários!

4 – Tenha registro de compras e economize

Uma das maneiras mais funcionais de ganhar dinheiro com cartão de crédito é aproveitando-o para economizar! Lembre0se sempre que esse dispositivo te dá a chance de ver o que gastou no momento em que esse gasto aconteceu, e assim você pode analisar como está consumindo e passar a fazê-lo com mais consciência!

Como você pode ver dá para ganhar dinheiro com cartão de crédito sem dificuldade, basta você se esforçar para fazer acontecer de verdade, utilizando-o tanto para lucrar quando tiver a chance quanto para economizar todos os dias! Aproveite esse dispositivo e faça dele o seu melhor amigo!

Empréstimo sem consulta ao SPC como conseguir?

É bastante comum diversas pessoas se perguntarem como conseguir empréstimo sem consulta ao SPC, e para isso, é preciso que elas saibam que antes de realizar o empréstimo, a empresa que oferece irá sempre fazer uma consulta do histórico, fazendo a avaliação do perfil e da situação do CPF.

Mas, caso você se encontre negativado, uma opção é que recorra a uma financeira, onde esse tipo de empresa sempre realiza a liberação desse tipo de crédito, porém, com juros bem mais altos, isto é, de alguma forma a empresa terá uma maior segurança sobre a quitação das parcelas do empréstimo.

Dessa forma, o empréstimo sem consulta ao SPC ou outros tipos de informações, independentemente da empresa que irá ceder o crédito, sempre irá avaliar o seu perfil, orçamente e o seu CPF.

Conheça mais sobre como conseguir empréstimo sem consulta ao SPC e onde conseguir

Para que você saiba mais sobre como conseguir empréstimo sem consulta ao SPC, entenda que não exista qualquer modalidade de crédito que não faça consulta, porém, quem se encontra negativado e necessita de dinheiro, apresenta a opção das financeiras.

Grande parte das instituições financeiras sempre realizam a consulta do CPF daqueles que querem fazer empréstimo, porém, existem algumas que não são muito criteriosas quanto a liberação do crédito, sendo esse o caso de financeiras mais flexíveis.

Em muitos casos, como o caso do empréstimo consignado ou então do empréstimo com garantia de um imóvel ou carro, é possível que se consiga liberar o crédito em bancos e, até mesmo, utilizar a parte do empréstimo para poder quitar as dívidas.

No entanto, isso irá depender muito de quanto você deve atualmente, e não existe qualquer outra forma de saber sobre a sua dívida sem realizar a consulta do seu CPF.

Vale lembrar ainda que as instituições financeiras que realizam a liberação de empréstimos para aqueles que se encontram negativados, sempre fazem cobranças de juros altos, e tudo isso para terem uma maior segurança de que a financeira ou o banco não irão ter prejuízo caso não haja a quitação das parcelas.

Dessa forma, pode-se dizer que existem diversos tipos de empresas e de instituições financeiras que oferecem esses serviços para os negativados, onde os empréstimos se direcionam para aqueles que possuem restrição. Por isso, confira abaixo os diferentes tipos:

  • Os Bancos públicos e os bancos privados;
  • As Federações e as Cooperativas de crédito;
  • As Financeiras e as instituições de créditos;
  • Os sites de financiamento coletivo;
  • As correspondentes bancárias e não bancárias;
  • As organizações não governamentais e as empresas que possuem serviços públicos;
  • As empresas de empréstimo e crédito, plataformas online, entre outros;
  • Os emprestadores particulares e os agiotas.

Com isso, os empréstimos sem a realização de consultas ao SPC não são muito diferentes de outros tipos de modalidades que se encontram disponíveis para a solicitação que se encontram existentes.

Caso você queira realizar esse tipo de empréstimo, você deve acessar o credor, realizar uma inscrição passando as informações dos seus dados, pedir o dinheiro emprestado que necessita, e com isso, o credor irá retornar dizendo se foi aprovado ou reprovado o seu pedido.

Se for aprovado, o valor irá será então acrescido de certos juros, impostos e de taxas adicionais por um determinado prazo em que você irá escolher, e irá constar no contrato que irá ser assinado depois da sua confirmação.

Portanto, sobre como conseguir empréstimo sem consulta ao SPC, saiba que o empréstimo consignado é uma das melhores alternativas caso você esteja negativado, onde as parcelas irão ser descontadas de forma direta do seu salário, benefício, aposentadoria ou pensão, assim que o pagamento entrar na sua conta.

Empréstimo no cartão de crédito? Como funciona?

Muitos buscam informações sobre como funciona o empréstimo no cartão de crédito, onde somente com um telefonema é possível que você já consiga o dinheiro na mesma hora.

Geralmente, esse tipo de empréstimo apresenta uma taxa inferior quanto se compara com outros tipos de linhas de empréstimos, além de apresentar uma maior segurança de que os valores irão ser mantidos, pois o contrato será fixo.

Já em relação ao crédito rotativo, as regras sempre podem variar durante a realização de um empréstimo, onde você pode acabar arcando com uma taxa de juros que seja maior, por exemplo.

Saiba mais sobre como funciona o empréstimo no cartão de crédito

Caso você queira saber mais sobre como funciona o empréstimo no cartão de crédito, entenda que todos aqueles que apresentam o cartão já possuem o crédito pré-aprovado, porém, o valor do empréstimo pode mudar de acordo com o perfil de cada cliente.

Assim, se o valor que você deseja adquirir se encontra dentro do limite que você tem disponível, basta apenas que você acione a sua operadora através de um telefonema ou então por meio da internet.

No entanto, caso o valor que você queira solicitar seja maior, é preciso então que você passe por uma análise de crédito que irá avaliar há quanto tempo você é cliente, e se ainda paga todas as suas contas em dia.

Além disso, o prazo máximo do empréstimo é sempre de 36 meses, e o valor nunca pode ultrapassar três vezes o valor da sua renda, sem falar que você possui um prazo de 48 meses para realizar o pagamento do empréstimo. Já aqueles que não são correntistas, possuem 24 meses para pagar.

Dessa forma, se você está interessado em realizar o empréstimo no cartão de crédito, então você irá ser submetido a uma análise de perfil, além do fato de que tanto as taxas de juros como os valores podem mudar de acordo com o seu perfil.

Mas, é preciso que você tenha cuidado em pagar as parcelas em dia, pois pode ocorrer cobranças de juros sobre juros, além do IOF ou Imposto sobre Operações Financeiras e, por isso, tenha cautela para que não ocorra um descontrole financeiro.

Sendo assim, por definição, os cartões de crédito são considerados como uma modalidade de crédito em que as pessoas podem fazer pequenos empréstimos adiantados nos tradicionais ou grandes empréstimos antecipados.

Aqueles que possuem então cartão de crédito, sempre irão ter consigo muitas vantagens, como a flexibilidade para a realização de pagamentos de qualquer tipo de valor e em qualquer local do mundo sem ter dinheiro no bolso, podendo pagar a fatura no dia do vencimento à vista ou então adiar o pagamento por meio do valor mínimo no crédito rotativo, caso o valor seja alto demais.

Podemos dizer então que em tal modalidade não existe uma parcela fixa ou prazo para pagar, onde a sua taxa muda de acordo com o mercado. Com isso, determinados cuidados devem ser tomados, como:

  • Realize o empréstimo apenas do necessário;
  • Faça uma programação de um pagamento regular;
  • Entenda que o saque não é um empréstimo;
  • Faça o cálculo dos juros;
  • Sempre procure ter com você o controle dos seus gastos.

Dessa forma, utilizar o cartão de crédito é bastante fácil, onde você pode gastar até que todo o limite seja concedido pela sua instituição financeira credora, em que assim que a fatura for paga, o limite do crédito irá de forma automática ser liberado novamente para ser usado.

Portanto, se você queria saber como funciona o empréstimo no cartão de crédito, saiba que ele é uma forma bastante segura para que você realize um empréstimo, porém, sempre tome cuidado com as cobranças dos encargos e as taxas.

Empréstimo Lendico

Antes de saber mais sobre o empréstimo Lendico, saiba que ela foi fundada no ano de 2013 na Alemanha, onde se expandiu de forma rápida os seus serviços para o mercado de diversos outros países, e recentemente no Brasil.

Assim, com esse rápido crescimento em apenas menos de uma década, a Lendico vem mostrado resultados incríveis devido ao seu comprometimento em garantir empréstimos com menores taxas de juros aos usuários.

Além disso, é importante que você tenha em mente que a Lendico não é considerada como uma instituição financeira, pois ela não é uma credora de empréstimos e nem responsável por análise de crédito de usuário, mas sim atuante como correspondente bancária do banco BMG.

Saiba mais sobre o empréstimo Lendico

Se você deseja saber mais sobre o empréstimo Lendico, saiba que a Lendico possui um site que auxilia você para a contratação de empréstimos e de produtos financeiros, trabalhando com empréstimo pessoal online.

Assim, para a solicitação de uma proposta de empréstimo pessoal na Lendico, é necessário que você realize um cadastro informando o seu e-mail e CPF, onde será realizado uma pré análise do seu perfil, e caso haja aprovação, você deverá realizar o encaminhamento dos seus documentos.

Com isso, logo em seguida, o banco que é parceiro irá realizar uma análise nova de crédito e lhe enviar uma proposta, em que ao aceitar as condições da propostas que foi ofertada, você deverá informar os seus dados bancários e assinar o contrato para que então o dinheiro caia na sua conta.

Quais as documentações necessárias para o empréstimo Lendico?

Quanto aos documentos para o empréstimo Lendico, é necessário a confirmação dos dados preenchidos para que seja prosseguido a liberação do crédito, além do fato de que será por meio dos documentos enviados que a Lendico irá fazer a verificação da autenticidade da sua identidade e de qualquer outra informação que foi preenchida no site.

Além disso, toda a documentação que sempre deve ser enviada para a Lendico na hora eu você for solicita o empréstimo são:

  • O CPF, RG ou então a CNH;
  • O comprovante da sua residência, ou então pode ser faturas de cartão de crédito, contas de água e de luz, ou conta de telefone;
  • Você deve enviar ainda um comprovante de renda, o qual deve ser o último holerite, caso seja empregado de carteira assinada, ou então o último imposto de renda, se for profissional autônomo.
  • Por fim, é preciso enviar uma cédula de crédito bancário, onde esse é preciso que você assine digitalmente o contrato formal do empréstimo para a validação da obrigação.

Vale lembrar ainda que o custo de um empréstimo não é resumido apenas ao valor que foi solicitado mais as taxas de juros, mas sendo incluso ainda outros tipos de tarifas para o seu pagamento. Por isso, é preciso ter em mente todos os custos adicionais no empréstimo para não ser surpreendido na contratação.

No entanto, se você ainda deseja saber se a Lendico é confiável, saiba que ela é totalmente confiável, sendo uma empresa segura para que você consiga empréstimos com juros menores, além de economizar tempo e dinheiro, mesmo que ela não conceda crédito de forma direta, ela é capaz de facilitar a sua aquisição de crédito com o BMG.

Portanto, sobre o empréstimo Lendico, o seu pedido de solicitação é sempre analisado pelo Banco BMG, a qual é uma instituição financeira autorizada e fiscalizada para a realização de empréstimos conforme a legislação brasileira.

Crédito Consignado Sicoob

O crédito consignado Sicoob garante um empréstimo especial para aqueles que são funcionários de instituições públicas e privadas, além de pensionistas e aposentados do INSS, apresentando diversas vantagens.

Esse tipo de empréstimo na Sicoob é considerado como um empréstimo bastante rápido e simples, sendo sempre realizado para aqueles que necessitam de dinheiro, porém, que não possuem tempo com burocracias.

Normalmente, as parcelas são fixas e descontadas de forma direta na conta dos usuários, ou seja, na folha de pagamento ou no benefício dos clientes do banco, o que torna tudo um processo bem mais fácil para os clientes do Sicoob.

Conheça mais sobre o crédito consignado Sicoob

Se você deseja saber mais sobre o crédito consignado Sicoob, ele promete para todos um crédito fácil no momento da sua contratação, além de ser rápido na sua liberação, sendo uma ótima solução para você pagar as suas contas, realizar uma viagem, entre outras coisas.

No entanto, esse tipo de empréstimo se encontra sujeito a realização de uma análise do banco, a qual sempre ocorre em média no prazo de dois dias úteis, e caso você queira saber mais os seus principais diferenciais, confira abaixo algumas informações interessantes!

  • Para conseguir o crédito consignado Sicoob você não necessitar ser associado a uma cooperativa para conseguir o empréstimo, pois ele atende ainda aposentados e pensionistas do INSS.
  • Por meio do Sicoob você terá a concessão de um empréstimo com menos burocracia, em que o desconto do valor será realizado de forma direta no contracheque de funcionários ou no benefício de aposentados e pensionistas, sempre em parcelas fixas, o que faz com que o tempo não seja perdido com análise de cadastro e aprovação do crédito.
  • Esse crédito consignado, como apresenta um valor abatido todos os meses direto na folha de pagamento, não possui inadimplência. Assim, o Sicoob garante tarifas que são menores, além de ter uma preocupação em não estender o prazo do pagamento, onde as pessoas pagam rapidamente a dívida.
  • Geralmente, quando uma empresa ou instituição pública realiza um convênio com o Sicoob, ela garante que os seus funcionários possuam o acesso a esse tipo de crédito, oferecendo um excelente auxílio para eles, onde eles podem contar com uma dívida menor e que poderá ser paga rapidamente.

Além disso, com essa garantia é possível que se gere um retorno bom para a empresa, pois será refletido todo a preocupação e o cuidado que eles possuem com os funcionários, garantindo uma imagem positiva.

  • O Sicoob procura acreditar na cooperação e na economia solidária, onde a sua preocupação é de garantir um desenvolvimento social e bem-estar para os associados.

Com isso, todas as suas operações são desenvolvidas por cooperativas que geram retorno para as comunidades, ou seja, os valores que são investidos são sempre reaplicados nas soluções locais.

Dessa forma, ao realizarem o empréstimo consignado, as pessoas fazem com que o seu dinheiro procure atender outros tipos de necessidades da localidade.

Sendo assim, o fato ser uma cooperativa em que o interesse de diversas pessoas se encontra em jogo, faz com que o Sicoob seja bem mais transparente que os outros tipos de bancos, tornando-a uma empresa confiável para que as pessoas fechem negócio.

Além disso, a Sicoob ainda apresenta a responsabilidade fiscal de uma ótima empresa, sendo séria quanto ao atendimento dos seus clientes, realizando os seus negócios sempre seguindo a legislação brasileira quanto as transações financeiras.

Portanto, se você queria saber sobre o crédito consignado Sicoob, saiba que ela procura usar sempre o contrato conforme entre as partes para o fechamento do negócio, além de ter o reconhecimento e a liberação para ser atuante do Banco Central Brasileiro.

CARTÃO FÁCIL IPIRANGA – SEM COMPROVAÇÃO DE RENDA

O cartão Fácil Ipiranga é um dos mais conhecidos do mercado atualmente, e não é por acaso que vemos tanta gente interessada com a possibilidade de ter esse dispositivo na sua carteira permanentemente.

Talvez esse seja o seu caso, e se você está instigado por essa oportunidade pode acreditar: está longe de ser o único, e não faltam pessoas buscando meios para contar com esse dispositivo!

Assim sendo, a seguir nós vamos te falar sobre o cartão Fácil Ipiranga, explicando exatamente o que você precisa fazer para poder tê-lo com você! Vem conferir e se surpreender!

Saiba mais sobre o cartão Fácil Ipiranga

O cartão Fácil Ipiranga tem um diferencial para os demais dispositivos de crédito que acaba tornando-o bastante interessante: para tê-lo não é necessário de forma alguma comprovar a sua renda.

Mas por que isso se dá, se estamos falando de um cartão de crédito, dispositivo que sempre exige muita segurança de seus requerentes para ser obtido? Simples: porque esse cartão é na verdade pré-pago!

Um cartão pré-pago, caso você não saiba, só pode ser usado quando você coloca dinheiro nele previamente. Não dá para usar um limite de crédito e depois pagar a fatura. Nesse tipo de dispositivo a ordem das coisas é invertida.

Isso dá segurança para a instituição financeira de que ela vai ser paga com certeza, o que torna o processo de concessão de crédito mais fácil e menos desesperador para os consumidores! É claro que nem todos adoram a ideia de ter que carregar o cartão antes de utilizar, mas essa oportunidade deve ser vista com toda a certeza com bons olhos, já que dá oportunidades para pessoas que antes não tinham!

Vantagens de se ter um cartão Fácil Ipiranga

Talvez você esteja se perguntando nesse momento se existe algum benefício em contar com um cartão Fácil Ipiranga, e a verdade é que com certeza sim! São várias as vantagens que esse dispositivo de crédito oferece aos seus usuários, e entre os principais pontos a se considerar nós podemos com certeza elencar…

  • O fato de que ele pode ser carregado online – Sim! Para carregá-lo você não precisa ir a lugar nenhum! É perfeitamente possível desenvolver o processo utilizando-se do site oficial do dispositivo;
  • A certeza de que ele é aceito em mais de dois milhões de estabelecimentos – Isso vale também para lojas online! É uma boa notícia, já que sabemos que muitas vezes dispositivos desse tipo são negados por várias empresas;
  • O fato de que ele não te exige uma conta bancária – Ao contrário de muitos cartões de crédito que vemos por aí para ter esse você não vai precisar contar com uma conta em um banco, que costuma cobrar taxas e ser bem complicada de se lidar em muitos casos;
  • A certeza de que ele não cobra taxas – Ao contrário da maioria dos dispositivos de crédito do mercado o cartão Fácil Ipiranga não exige pagamento de taxa de anuidade ou de taxa de manutenção, se tornando bastante acessível e econômico para o consumidor;
  • O fato de ganhar Km de Vantagens – Quem tem o cartão Ipiranga passa a fazer parte do programa Km de Vantagens, e com isso tem direito a ter acesso a uma série de benefícios e prêmios bem variados;

Como você pode perceber o cartão Fácil Ipiranga oferece aos seus usuários uma série de possibilidades e de vantagens! Vale a pena considerá-lo se você ainda não tem um cartão ou busca um que te dê mais controle de gastos e tranquilidade no dia a dia! Aproveite as nossas dicas e boa sorte com cada uma delas!

Sem comprovação de renda

Caso você esteja em informações de empréstimos ou crédito pessoal sem comprovação de renda, normalmente, realizar pesquisas e comparar alguns tipos de opções podem ajudar muito você a encontrar taxas de juros que sejam menores.

Com certeza a grande promessa de empréstimo sem comprovação de renda sempre parece ser muito tentadora para aqueles que apresentam restrição no nome, porém, nem sempre a situação de não necessitar comprovar renda pode ser uma opção interessante devido aos juros.

Sendo assim, para que você faça a escolha da melhor opção de crédito, você deve pesquisar e realizar uma comparação das principais ofertas que se encontram no mercado.

Entenda mais sobre o assunto sem comprovação de renda

Atualmente, conseguir um empréstimo sem comprovação de renda é muito comum, e isso ocorre devido ao fato de diversas pessoas não terem como comprovarem as suas rendas ou então se encontrarem negativadas.

É muito comum que você encontre alternativas de empréstimos que não exijam comprovação de renda, no entanto, as financeiras e os bancos sempre irão precisar de uma garantia de retorno financeiro, e é por isso que você deve ter atenção nas modalidades que aceitam tal tipo de condição, as quais são:

  • Empréstimo com garantia: esse é preciso que você possua algum bem como forma de garantia caso você não quite o crédito, sendo esse bem um imóvel ou um carro.

Geralmente, o bem usado como forma de garantia fica com você durante todo o pagamento do empréstimo, pois ele só irá ser retido pela instituição financeira em situações de inadimplência.

Quanto as vantagens desse tipo de empréstimo são em relação aos juros que são mais inferiores e o prazo do pagamento que é bem maior.

  • Penhor: esse tipo de empréstimo é parecido com o de garantia, no entanto, os bens são deixados de precaução para a instituição financeira são joias, em que elas ficam no banco como uma garantia, sendo esse um empréstimo que não é muito usado.
  • Avalista: essa é uma opção para aqueles que tem uma pessoa que queira ajudar durante o processo da contratação de crédito, podendo ser pais, avós, filhos, entre outros.

Com isso, a principal função do avalista é a disponibilização da sua comprovação de renda ou de bens como uma forma de garantia para que o indivíduo consiga que o empréstimo seja aprovado, sendo o avalista bastante parecido com o fiador de imóveis.

  • Microcrédito: essa modalidade é garantida para aqueles que procuram realizar o investimento no próprio negócio, sendo um empréstimo de valor pequeno para os microempreendedores.

Dessa forma, uma das primeiras coisas que você deve realizar quando deseja realizar um empréstimo sem comprovação de renda é fazer uma boa pesquisa, pois isso irá fazer com que as instituições que não possuem vínculos com o Banco Central não sejam cogitadas.

Além disso, vale lembrar que é importante que as taxas de juros sejam sempre comparadas entre as diferentes empresas, onde com isso se torna mais fácil que você consiga taxas mais baixas.

Por isso, realize a verificação de todos os requisitos antes de fazer a contratação desse tipo de serviço, além de ser essencial ainda que você leia o contrato com muita atenção para que não tenha qualquer tipo de surpresa futuramente.

Portanto, se você pretende realizar um crédito pessoal ou empréstimo sem comprovação de renda, saiba que essas linhas oferecem taxas de juros elevadas, pois as chances de inadimplências, isto é, de não pagar as parcelas, são consideradas elevadas, o que representa um risco para a instituição financeira.

CARTÃO FÁCIL EPA – COMO FAZER?

Saber como fazer o cartão Fácil EPA é o que muita gente quer, uma vez que esse dispositivo se mostra bastante interessante em vários graus para a maior parte das pessoas!

Talvez você tenha interesse e queira saber mais sobre essa opção, e não tenha ainda encontrado uma boa forma de se informar e saber um pouco mais a respeito dessa marca e suas alternativas.

Assim sendo, a seguir nós vamos falar mais sobre o cartão Fácil EPA, explicando o que é necessário para ele ser feito e como esse processo pode ser simples, prático e rápido para você! Vem conferir e se surpreender!

Saiba mais sobre o cartão Fácil EPA

Antes de falarmos mais profundamente sobre o cartão Fácil EPA é interessante explicarmos de que marca estamos falando. Em outra oportunidade ofertamos a você informações a respeito de um cartão da Ipiranga, mas aí você provavelmente já sabia que se tratava de uma empresa voltada para o abastecimento de veículos.

No caso do EPA o tema é totalmente distinto! EPA é, se você ainda não sabe, uma marca de supermercados bastante consolidada no país, que está espalhada por Belo Horizonte, pelo Espírito Santo e pela região de Rio Doce e Mucuri!

Recentemente a empresa passou a ofertar o cartão Fácil EPA, que pode ser pedido de maneira simples: basta que você vá até uma das lojas da instituição e faça o seu pedido de adesão. Entre os documentos que você deve apresentar nesse momento nós com certeza podemos elencar…

  • Um documento de identidade (pode ser RG, carteira de trabalho, carteira de habilitação e outros);
  • Um comprovante de renda que apresente no mínimo um salário mínimo;
  • Um holerite ou contra cheque;
  • Um comprovante de residência que esteja atualizado (pode ser uma conta de telefone ou de luz, por exemplo);

Conheça as vantagens de ter acesso ao cartão Fácil EPA

As vantagens de se ter um cartão Fácil EPA são muitas, e não é por acaso que o interesse nele vem crescendo tanto. Abaixo vamos elencar as principais, para você ficar ligado em tudo que ele pode vir a oferecer para você:

  • Você pode pedir até 3 cartões adicionais, e tudo virá da mesma rede;
  • Você não precisa ter uma renda superior a um salário mínimo para pedir esse cartão;
  • Você recebe a fatura em casa, na comodidade do lar;
  • Você tem até 40 dias sem juros para pagar a sua fatura, uma vantagem sobre os concorrentes mais próximos;
  • Você consegue descontos nas suas compras nas lojas com a utilização do seu cartão;
  • Você consegue parcelar a sua compra em todas as lojas do varejo;
  • Você pode escolher entre 5 datas de vencimento distintas;
  • Você pode pagar a fatura em qualquer loja da rede, ou em agências bancárias;

Vale, no entanto, explicar uma coisa: Esse cartão só pode ser utilizado dentro das lojas dessa empresa, e não vai funcionar em nenhuma outra. O bom é que estamos falando de um grande varejista, mas é necessário compreender que como qualquer dispositivo de crédito esse também terá as suas limitações, que precisam ser consideradas e pensadas!

Obviamente vão existir cartões que ofertam opções maiores para os consumidores, mas nesse você tem a facilidade de pagamento e a opção de produtos como um diferencial a se apostar e considerar, então pode valer a pena.

Se for o caso não deixe de apostar no seu cartão Fácil EPA, porque ele terá muito a te oferecer se puder atender às suas expectativas e aos seus desejos! Boa sorte na requisição e muita atenção na hora de escolher a data de vencimento!

CARTÃO DA C&A – COMO SOLICITAR?

É possível que alguma vez na vida você tenha passado por uma loja da C&A e tenham te perguntado se você queria fazer um cartão! Bem, essa pelo menos foi a experiência de muita gente nos últimos anos com relação a esse grande varejista, e se você quer saber cada vez mais pessoas vem topando ter um dispositivo de crédito essa empresa! Mas por quê o cartão da C&A agora é interessante?

Bem, existem muitos fatores que justificam essa mudança de paradigma, e a maior parte delas está diretamente associada às vantagens que esse cartão oferece hoje para os seus clientes.

Seja como for, a seguir nós vamos te explicar como solicitar um cartão da C&A, para o caso de não te oferecerem e para a chande de você querer contar com essa alternativa no seu dia a dia. Vem conferir e se surpreender com as nossas dicas!

Descubra já como solicitar um cartão da C&A

Solicitar um cartão da C&A é mais fácil do que você pode imaginar, não há como duvidar! Você precisa cumprir alguns requisitos, claro, e nós vamos elencá-los aqui para você ficar ligado:

  • Você precisa ser maior de 18 anos;
  • Você precisa não ter nenhum tipo de restrição de crédito (nem no SPC e nem no Serasa);
  • Você precisa ter um trabalho que te dê renda há pelo menos três meses, algo que você pode comprovar com um holerite ou com seu imposto de renda;
  • Você precisa levar o RG e seu CPF original;

Não precisa se preocupar com comprovante de residência ou qualquer outro tipo de documento, porque com esses você já consegue solicitar o seu cartão! Aliás, caso não saiba, para fazê-lo é só ir a uma das milhares de lojas C&A espalhadas pelo país, porque é nesses espaços que a requisição é normalmente feita!

Conheça as vantagens de ter acesso ao cartão da C&A

O cartão da C&A oferece várias vantagens para os seus usuários, e a seguir nós vamos apontá-las para você que tem interesse em tê-lo, então vem dar uma olhada em cada uma delas:

  • Você tem 40 dias para fazer o pagamento da sua fatura;
  • Você pode parcelar todas as suas compras;
  • Você tem a chance de contar com o MasterSeguro para viagens internacionais;
  • Você pode parcelar em até 6 vezes sem juros nas lojas da C&A;
  • Você pode fazer recarga no celular em 10 vezes sem juros;
  • Você pode pagar contas como a de água, luz, telefone e celular usando esse cartão e pode parcelar em até 3 vezes sem juros;
  • Você pode fazer saques nas lojas da C&A ou ainda em caixas eletrônicos 24 horas;
  • Você pode contar com um seguro acidentes para as suas viagens;
  • Você vai conseguir descontos em dentistas e também em laboratórios que sejam conveniados ao cartão;

Como você pode ver são muitos os benefícios que alguém tem ao apostar na aquisição do cartão da C&A, então se você quiser ter um desses com certeza está mais do que explicada a sua necessidade, não há mesmo como negar!

Agora, é necessário sempre lembrar que existem exigências, como já dissemos, então é natural que você não passe de primeira na sua requisição! Ainda assim vale a pena tentar, porque você tem muito a ganhar!

Como deu para perceber o cartão da C&A é maravilhoso e pode ser um aliado do seu dia a dia, com toda a certeza! Assim sendo, vá na loja mais próxima e tente conseguir o seu dispositivo, para aproveitá-lo no cotidiano da melhor forma possível! Boa sorte nesse processo é sem sombra de dúvidas é o que temos para te desejar!

CARTÃO BRADESCO: COMO SOLICITAR?

O cartão Bradesco é um dos mais procurados pelas pessoas, pelas vantagens que ele oferece e por ser um produto de uma instituição financeira bem confiável e bastante estabelecida no mercado.

Infelizmente muita gente não tem a menor ideia do que precisa fazer para solicitar esse tipo de dispositivo, e talvez seja também o seu caso, mas se for não tem problema, porque nós estamos prontíssimos para te ajudar!

A seguir vamos te mostrar como solicitar um cartão Bradesco com facilidade e sem dificuldade, de forma rápida e prática, livre de qualquer estresse. Vem conferir e se surpreender!

Saiba de uma vez por todas como solicitar o cartão Bradesco

O cartão Bradesco é um dos mais bem estabelecidos no mercado de crédito, e isso se deve a um fato para lá de importante: a empresa responsável por ele é muito renomada no nosso país e inspira confiança, o que faz com que os seus clientes contem com um montão de vantagens de benefícios.

Falaremos sobre isso em outro momento! Agora é hora de te explicar o que você precisa fazer para solicitar esse incrível dispositivo. Bem, de modo geral é necessário se dirigir a uma agência bancária do Bradesco e abrir conta, ou requisitar o cartão se você já for cliente desse banco.

Existe outra alternativa se você for mais ligado a tecnologia e preferir a opção de ter uma conta digital a uma tradicional! O Bradesco hoje tem um braço de atendimento que é a Next! Ela pode ser acionada do celular ou computador sem dificuldade e te oferece não só a chance de você ter um cartão de crédito ou débito sem ir a uma agência, mas também permite que você não gaste com transações bancárias!

Essa é uma alternativa cada vez mais em voga, uma vez que permite que estejamos mais conectados às nossas finanças e ainda oferece a oportunidade de economizarmos, já que esse tipo de cartão não costuma cobrar taxa de manutenção ou anuidade. É uma possibilidade instigante para você que deseja ter um cartão Bradesco, mas não tem conta no banco e nem quer abrir uma!

Descubra as vantagens de se ter o cartão Bradesco

Se você quer ter um cartão Bradesco tradicional é interessante saber que existem duas opções específicas sobre as quais terá que fazer uma escolha. Elas são conhecidas como…

  • Cartão de crédito;
  • Cartão pré-pago;

Na primeira alternativa você tem 40 dias para pagar a fatura, que vem depois de você fazer os seus consumos ao longo do mês. Já o pré-pago tem que ser carregado para depois ser utilizado da forma que você bem entender. É uma forma funcional de você ter o controle sobre os seus gastos, fugindo do risco de comprometer a renda!

Além disso, o cartão do Bradesco te dá a chance de escolher pela opção Smiles, onde você ganha milhas aéreas a cada US$ 1,00 de compra! A quantidade de pontos conquistados depende do seu tipo de dispositivo e contrato, e com elas você pode viajar, pagar por compras e serviço e tem a chance inclusive de vencer e conseguir assim algum dinheiro (saiba mais aqui)!

Vale dizer que o Bradesco oferta vários tipos de cartão aos seus consumidores, e se você está interessado em conhecer as diversas possibilidades não deixe de clicar aqui e ver o que ele pode te oferecer!

O cartão Bradesco é, sem sombra de dúvidas, um dos melhores do mercado e se você escolher e usar com sabedoria vai conseguir tê-lo como um aliado das suas finanças e do seu cotidiano! Vale a pena aproveitar essa oportunidade!

DICAS PARA SER APROVADO MAIS RÁPIDO NO CARTÃO DE CRÉDITO

Ser aprovado mais rápido no cartão de crédito é um desejo que muita gente tem, mas que poucos conseguem concretizar. Talvez você mesmo passe por isso, e se for o caso não é preciso se envergonhar, porque a maioria das pessoas está no mesmíssimo barco!

De fato, em tempos de crise econômica a oferta de crédito diminui bastante, e as operadoras de cartões se tornam muito mais exigentes na hora de conceder algum limite para os seus clientes.

Seja como for, ser aprovado mais rápido no cartão de crédito é sim possível, e a seguir nós vamos te dar 3 dicas para tornar esse sonho uma realidade na sua vida! Confira as nossas orientações e se surpreenda com cada uma delas!

3 dicas para você conseguir ser aprovado mais rápido no cartão de crédito

1 – Tenha o seu nome “limpo”

Ter o nome “limpo” nada mais é do que não ter nenhuma dívida no seu nome! Uma vez que você compra produtos ou consome serviços de uma empresa e não honra o compromisso de pagar por eles ela tem o direito de negativar o seu Cadastro de Pessoa Física (CPF), e essa negativação acaba sendo acessada por qualquer outra que receba seu requerimento de crédito.

É óbvio que uma operadora de cartão vai pensar duas vezes antes de ofertar um limite para você, porque entende que corre o risco de levar calote. É assim que o sistema funciona, e por mais que você não pretenda mais deixar de pagar ninguém a sua reputação no mercado de crédito vale mais do que qualquer palavra que você dê agora!

Assim sendo, a nossa primeira dica para ser aprovado mais rápido no cartão de crédito é justamente que você tente descobrir para que instituições está devendo! Uma vez que a constatação for feita é hora de renegociar essas dívidas, porque assim que acabar de pagá-las você voltará com certeza a ter o seu nome “limpo” na praça!

2 – Atente-se para o seu histórico

Ainda que agora o seu nome esteja “limpo” o histórico também pesa sobre os ombros de alguém que deseja receber crédito de alguma instituição financeira específica.

Se alguma vez você demorou a pagar alguma conta, ou se foi porventura foi negativado em algum momento da sua vida financeira a tendência é que algumas credoras prefiram não fazer negócio contigo, o que é uma pena. Felizmente, no entanto, existe solução! Você pode, entre outras coisas…

  • Passar contas para o seu nome;
  • Fazer o possível para pagar tudo em dia;

Com essa atitude as empresas vão ver que você é um bom pagador, e aos poucos você vai afastando-se da má reputação que no momento te precede! Boa notícia, não?

3 – Cuidado no preenchimento de dados

Para ser aprovado mais rápido no cartão de crédito é muito importante que você leve a sério o momento de preencher os dados para a postulação. É recorrente que uma empresa tente entrar em contato com um interessado e descubra que ele deu endereço e telefone errado, e ainda se equivocou na hora de passar uma referência.

Isso é muito grave e faz com que as credoras fiquem desconfiadas e duvidem da sua boa-fé. Assim sendo, o melhor que você pode fazer é ser muito cuidadoso na hora de colocar informações a seu respeito no cadastro, porque isso vai trazer confiança para as empresas envolvidas!

Ser aprovado mais rápido no cartão de crédito de fato não é uma missão simples, mas seguindo as 3 dicas que nós demos você com certeza vai conseguir chegar lá! Boa sorte!

5 DICAS PARA SER APROVADO NO NUBANK

Ser aprovado no Nubank é algo que muita gente deseja conseguir atualmente, e isso não é por acaso. Esse cartão está desvinculado dos bancos tradicionais, pode ser acessado pelo celular de maneira simples e rápida e o melhor: não tem anuidade!

Não dá para julgar quem está desesperado para fazer parte da gama de clientes da Nubank, não é verdade? Os benefícios de fato são muitos e colocam esse dispositivo como um dos mais destacados no mercado de cartões digitais!

Assim sendo, a seguir nós vamos te passar 5 dicas funcionais e eficazes para você enfim ser aprovado no Nubank! Aproveite cada uma das nossas orientações, porque com elas você certamente só vai ter a ganhar!

Veja também: Crédito ou empréstimo para negativado?

5 dicas maravilhosas para finalmente ser aprovado no Nubank

1 – Deixe o seu nome “limpo”

Não é porque o Nubank é revolucionário que a instituição em questão abre mão de algumas tradições no mercado de crédito. Uma delas corresponde, sem sombra de dúvidas, a “limpeza” do seu nome.

Se você foi negativado por alguma empresa com a qual contraiu uma dívida é hora de tentar renegociar, porque muitas vezes os organismos levam isso em consideração na hora de conceder ou não crédito para você!

2 – Evite atrasar o pagamento das contas

Para ser aprovado no Nubank não basta ter o nome “limpo”! É necessário também ter as suas contas pagas em dia, e se você for um desses pagadores que sempre deixa a data de vencimento passar não está apenas se obrigando a pagar juros (o que nunca é bom), mas também está queimando a sua reputação no mercado de crédito!

Se você está recebendo depois do vencimento das suas contas tente colocar todas as datas para uma única semana que seja posterior ao seu pagamento. Assim você se livra de cobranças maiores e se coloca como um bom pagador dentro do sistema, o que definitivamente é muito positivo!

3 – Cadastre-se no “Cadastro Positivo”

Não faz muito tempo que o Serasa lançou o Cadastro Positivo, que nada mais é do que um currículo financeiro de todos os brasileiros. Com ele você pode entre outras coisas…

  • Manter atreladas ao seu nome suas ações positivas dentro do mercado de crédito;
  • Ganhar pontos por cada uma das compras e boas atitudes que você tiver enquanto pagador;

Para ter seu Cadastro Positivo ativado basta entrar no site do Serasa e fazer o trâmite. É tudo bem rápido e simples, e hoje em dia várias instituições financeiras levam isso em consideração, e a Nubank faz parte desse time!

4 – Receba o convite de um bom pagador

Uma coisa que muita gente não sabe é que para ser aprovado no Nubank você tem que primeiro receber um convite de alguém que já seja cliente dessa instituição!

Até aí tudo bem, mas você tinha ideia de que ser convidado por um bom pagador é melhor do que ser convidado por alguém que não paga tão bem assim? O sistema de convites é usado pela Nubank para manter o nível de confiança alto entre os seus usuários, então esse “detalhe” tem um peso maior do que muita gente poderia imaginar!

5 – Faça a atualização dos seus dados no Serasa

Se você mudou de interesse, telefone e até de estado civil vale a pena fazer a atualização do seu cadastro no Serasa! Ser facilmente encontrado pela instituição e reportar as transformações na sua vida faz com que você seja visto com maior boa-fé!

Como você pode ver ser aprovado no Nubank é um pouco complicado, mas seguindo as nossas 5 dicas você com certeza vai ter êxito nesse intento! Boa sorte!

Atolado nas contas do cartão de crédito? Como parcelar

A maioria das pessoas já sabem que o cartão de crédito é sempre utilizado para a compra de serviços e produtos, sendo que uma das principais maneiras de pagamento é sempre o parcelado.

No entanto, poucos sabem que também é possível pagar o boleto do cartão de crédito, e se você está atolado nas contas do cartão de crédito, então saiba como parcelar.

Porém, ao invés de começar pagar tudo no cartão de crédito, é interessante que você busque conhecer os custos e as todas as limitações de tal tipo de pagamento, além de não adiantar deixar tudo para depois e, com isso, não possuir o dinheiro para pagar toda a fatura.

Se você encontra atolado nas contas do cartão de crédito, então saiba como parcelar

Se você está atolado nas contas do cartão de crédito, então é interessante que você saiba como parcelar, onde primeiramente você deve saber se o seu cartão possui a funcionalidade de pagar toda a fatura no cartão.

Normalmente existem três maneiras possíveis para o pagamento de um boleto utilizando um cartão de crédito, o qual é:

  • Por meio da internet banking, você deve acessar a sua conta na internet, procurar pela alternativa opção, colocar o código de barras do boleto, escolher a opção de pagamento cartão de crédito e autorizar com a sua senha.
  • Ou então você pode pagar pelos aplicativos de bancos.
  • E, por fim, fazer a opção de pagar por telefone através da central de atendimento.

Normalmente, nos aplicativos dos bancos, é preciso que haja uma autorização prévia do aparelho no caixa eletrônico do seu banco ou então por meio da internet banking, em que certos casos, é preciso até mesmo que haja uma conversa com o gerente do seu banco para que ocorra a liberação.

Já em relação a central de atendimento, é possível a realização do pagamento, se o seu banco oferecer esse tipo de serviço, e com isso, é essencial que haja a verificação se o seu banco faz a permissão disso e qual irá ser o valor do serviço.

É vantajoso realizar o pagamento com cartão de crédito?        

Mesmo que o seu banco não cobre taxas pelo serviço, não é vantajoso pagar os boletos com cartão de crédito devido ao IOF, o qual é o Imposto por Operação Financeira que é cobrado em todas as transações financeiras.

Dessa forma, se você possuir dinheiro para pagar uma conta, não utilize o cartão de crédito, e se você não possuir o dinheiro no momento, faça uma avaliação se vale a pena se endividar por tal conta que você necessita pagar.

Quais são as tarifas cobradas pelo serviço do cartão de crédito?

Normalmente, cada baco se encontra livre para fazer a cobrança do preço que desejar pelo serviço de pagamento de contas do cartão de crédito. Além ainda da tarifa do serviço, pode ser cobrado ainda o IOF, sendo possível ainda que haja juros no serviço, como se fosse um empréstimo.

Com isso, para que você não se enrole nas suas contas e acabe ficando inadimplente, é preciso que você controle os seus gastos, e com isso, segue algumas dicas abaixo:

  • Procure fazer sempre uma lista de tudo aquilo que você ganha e tudo o que você gasta.
  • Sempre guarde uma parte do que você ganha para casos de emergências, pensando em poupar pelo menos uma parte do seu salário.
  • Nunca comprometa mais que um terço do seu dinheiro com dívidas, se lembrando sempre de que pode ocorrer uma emergência e você pode necessitar do dinheiro extra ou então de crédito.

Portanto, se você está atolado nas contas do cartão de crédito, então vale a pena saber sobre como parcelar, onde é muito importante que você saiba usá-lo sempre com sabedoria, pois as suas taxas de juros rotativos são muito altos ao ano, em que quando chega a fatura e você não possui o dinheiro para pagar, você pode fazer o pagamento mínimo, porém, tudo pode virar uma bola de neve.

Vítima de fraude no cartão de crédito? O que fazer

Caso você tenha sido vítima de fraude no cartão de crédito e deseja saber o que fazer, entenda que normalmente isso pode envolver quantias pequenas, porém, em algumas situações os problemas podem ser muito maiores.

Geralmente, uma fraude ocorre sempre quando na sua fatura do cartão de crédito é realizado um lançamento de algo que você não comprou ou então não foi autorizado por você.

Assim, o consumidor que é vítima de fraude no cartão de crédito apresenta o direito de realizar a suspensão de tais compras que foram realizadas de forma indevida, e caso a conta já tenha sido paga, ou então o banco emissor se recuse em suspender os valores, o cliente pode receber as quantias em dobro.

Saiba o que fazer se você foi vítima de fraude no cartão de crédito

Se você foi vítima de fraude no cartão de crédito, então é preciso que você saiba o que fazer, em que é preciso ter sempre atenção na sua fatura, e caso você encontre compras que não foram realizadas por você, então você deve realizar a comunicação o mais rápido com a operadora do cartão por meio do SAC.

Assim, você deve informar todo o ocorrido, pedindo a suspensão de todas as cobranças que não foram suas, além da emissão de uma nova fatura do cartão de crédito, do bloqueio imediatamente do seu cartão e da substituição por um novo cartão.

Além disso, sempre se lembre de fazer a anotação do número do protocolo de atendimento, pois esse pode ser utilizado no futuro para caso você queira fazer alguma reclamação.

Geralmente, todas as informações que são solicitadas pelos consumidores por meio do SAC, são sempre prestadas de forma imediata, e as reclamações devem ser resolvidas em um prazo máximo de até cinco dias úteis.

Vale lembrar ainda que as ligações sempre devem ser gratuitas e o SAC deve se encontrar disponível em qualquer horário. No caso de compras fraudulentas que são parceladas, essas sempre merecem muita atenção, pois além de ter que seguir os passos acima, é necessário a realização de um Boletim de Ocorrência.

Além disso, deve-se ainda fazer a informação das empresas, como o SPC e o Serasa, na intenção de evitar possíveis problemas futuramente. E caso alguns dos seus direitos forem descumpridos por alguma operadora de cartões de crédito, é preciso que você registre uma reclamação no PROCON.

Mas, se o problema ainda persistir, é necessário então que você conte com a ajuda de um advogado e então recorra ao Judiciário para poder ressarcir todos os seus prejuízos tanto materiais como morais. Confira algumas dicas abaixo!

  • Quanto notar a sua fatura, e ver compras que não foram realizadas por você, avise de forma imediata a sua operadora por meio do SAC, além de pedir o cancelamento e a substituição do cartão de crédito que foi clonado por um novo cartão, sempre anotando o número do protocolo de atendimento.
  • Faça a declaração de todos os valores que você não reconhece, realizando o pedido imediatamente da suspensão da cobrança, além da emissão de uma nova fatura sem os valores que foram constatados.
  • Se caso você depois de pagar a sua fatura notar que a teve uma fraude do seu cartão de crédito, ou então, caso a sua operadora se recusou em suspender tais compras que foram constatadas, então os valores que foram pagos devem ser devolvidos sempre em dobro.
  • Além disso, caso o valor indevido tiver juros pelo uso do cheque especial, em situações de faturas pagas no débito automático, a operadora deve também ser obrigada em realizar a devolução dos valores em dobro, reduzindo todos os prejuízos que você teve que suportar.

Atualmente, com a melhora de leve na econômica e com a volta dos consumidores no mercado do cartão de crédito, também se tem aumentado muito as tentativas de fraude.

Com isso, se você foi vítima de fraude no cartão de crédito, então você deve saber o que fazer com as dicas citadas acima, onde de uma maneira geral, os bandidos sempre utilizam os dados pessoas da vítima para poder ter a obtenção de crédito, em que no fim, além da fraude, você ainda pode ficar com o nome negativado.

Empréstimo Pessoal: Guia Completo

Sobre o guia completo do empréstimo pessoal, saiba que esse é considerado como um produto financeiro que é garantido por bancos e também por financeiras, os quais emprestam dinheiro ao solicitante, sem que haja a necessita de uma comprovação para a sua finalidade.

Assim, se trata de um contrato de crédito entre um cliente e uma instituição financeiro, onde o cliente normalmente irá receber uma determinada quantia prévia, porém, acrescida de juros, em que tal quantia terá que ser devolvida em um prazo determinado.

Com isso, o empréstimo pessoal pode ser uma solução muito prática para aqueles que precisam de um dinheiro urgente para uma finalidade, em que na maior parte das vezes, é sempre solicitado para uma emergência, para a quitação de dívidas, entre outras situações.

Conheça mais sobre o guia completo do empréstimo pessoal

Se você deseja saber mais sobre o guia completo do empréstimo pessoal, saiba que no momento de pedir um, é sempre realizado uma análise de crédito, a qual irá determinar uma resposta que pode ser positiva ou negativa.

Geralmente, um dos primeiros passos para você conseguir o seu empréstimo pessoal é ter conhecimento sobre o porque você necessita desse dinheiro, em que essa pode ser uma alternativa, por exemplo, para a quitação de uma dívida, ou alguma emergência familiar, entre outros motivos.

Assim, quando você possui um objetivo mais claro na sua mente você já consegue pedir somente uma quantia em que você irá precisar naquele momento, e irá fazer um planejamento para realizar o pagamento do que pegou emprestado.

Quanto as documentações que são exigidas, elas geralmente podem variar conforme a instituição financeira e o fato de você ser ou não um correntista do banco. Porém, de uma forma geral, para a solicitação de um empréstimo pessoal, é necessário o RG, CPF, comprovante de residência e de renda.

Quais são os tipos de empréstimo pessoal?

Sobre os tipos de empréstimo pessoal, essa é uma modalidade muito comum, em que para a sua solicitação não é necessário a comprovação de como o dinheiro irá ser usado.

Com isso, de uma maneira geral, ele pode ser pago através de boleto, de cheque e até mesmo por débito automático na sua conta corrente, conforme a sua instituição financeira.

Além disso, outra forma de empréstimo é o consignado, onde tal modelo cobra taxa de juros bem menores que a modalidade pessoas, se diferenciando por não ser necessário a apresentação e garantias, nem a comprovação de finalidades.

Assim, as parcelas podem ser descontadas de forma direta do seu salário e, por isso, essa opção não se encontra disponível para todas as pessoas, onde ela é somente acessível para os aposentados, os quais apresentam um valor de parcelas que são descontados da conta benefício do INSS, e de funcionários de empresas que possuem convênios com a instituição.

Dessa forma, aqueles que apresentam um bem, como por exemplo um carro ou então um imóvel próprio, podem então considerar ainda refinanciá-lo para poder conseguir um dinheiro emprestado. Mas, nesse caso, o bem é sempre dado como forma de garantia na negociação, o que pode ajudar a reduzir os juros que são cobrados.

Sendo assim, procurar recorrer a um empréstimo pessoal pode ser uma excelente alternativa para que você consiga quitar as suas dívidas que normalmente cobram juros mais altos, como o caso do cheque especial ou então o cartão de crédito, ou ainda solucionar algum problema financeiro mais urgente.

Porém, para que você não necessite pegar sempre dinheiro emprestado, é extremamente importante que você faça um investimento em uma ótima organização financeira e ainda crie um fundo de emergência para tais situações.

Portanto, se você queria saber sobre o guia completo sobre o empréstimo pessoal, saiba que para solicitar é necessário que você tenha já 18 anos de idade ou mais, e possua um CPF ativo, além de ser preciso a apresentação do RG dentro da validade de 10 anos desde a sua data de emissão. Além disso, ainda podem pedir comprovante de residência e de renda.

Quando é o momento de pedir um empréstimo?

Se você deseja saber quando é o momento de pedir um empréstimo, saiba que em situações de imprevistos, além de questões que estão ligadas a saúde ou a aquisição de bens de valores que são mais elevados, o empréstimo é sempre uma boa opção.

No entanto, mesmo assim, é preciso que você saiba identificar a hora certa de fazer a solicitação do empréstimo para que não ocorra um descontrole das suas finanças, além de saber decidir sempre pelo crédito que é o mais adequado quanto a sua necessidade.

Normalmente, um empréstimo pessoal é considerado como um ótimo facilitador, em que em meio a tantas inseguranças, ele é pode se ruma solução rápida e fácil, sendo recomendado para as mais diversas situações.

Com isso, antes de realizar um pedido de empréstimo pessoal, primeiramente faça uma análise se encontra preparado para poder assumir esse compromisso, onde é essencial que você fique por dentro da sua situação financeira atual, pois todos os meses e por um certo tempo você terá um acordo e terá que pagar parcelas ao banco.

Por onde começar um empréstimo pessoal?

Um dos primeiros passos para a solicitação de um empréstimo pessoal, é realizar uma lista de tudo que envolve o seu dinheiro, como o seu saldo na conta, os seus financiamentos e crediários, a sua dívida total do cartão de crédito, e outros empréstimos.

Além disso, você também deve levar em consideração os gastos do mês, como a sua conta de água, energia, internet, luz, internet, plano de saúde, assinatura de TV, entre outros.

Realizando isso você irá saber o valor que já tem comprometido com todas as despesas do mês, e assim o segundo passo será saber qual é o valor ideal de parcela de um empréstimo pessoal, o qual deve ser aquele que você terá a certeza que consegue pagar todos os meses sem que comprometa esses gastos citados acima.

Quais são as situações para uma solicitação de empréstimo pessoal?

  • Caso você se encontre no vermelho e necessita realizar o pagamento de certas dívidas, então esse é o momento de pedir um empréstimo pessoal para resolver o problema.

No entanto, antes de realizar a solicitação de um empréstimo pessoal, faça uma avaliação de todas as condições de negociações com as credoras e assim peça um desconto no pagamento da sua dívida.

Geralmente, nesse tipo de situação, um empréstimo pessoal pode ser uma escolha muito inteligente, pois você estará optando por pagar por menos juros.

  • Se você não possui dinheiro para pagar o seu cartão de crédito, então uma solução muito simples e rápida é a solicitação de um empréstimo pessoa, e com isso, ter o impedimento que a sua dívida do cartão aumente.

Ao realizar a opção por um empréstimo pessoal, você poderá quitar todo o seu cartão de crédito, e se livrar de uma vez por todas daqueles juros altos, além de escolher uma parcela que irá caber no seu orçamento, deixando o limite do seu cartão sempre livre para emergências.

  • Normalmente, os juros do cheque especial perdem para o cartão de crédito, e com isso, você não deve pensar duas vezes em quitar de uma vez essa dívida com o seu banco.

Sendo assim, faça um empréstimo pessoa para poder pagar o seu cheque especial, e se livre dessa dívida que só tende a crescer, onde é bem mais fácil pagar um certo valor por mês, do que ficar sempre perdendo dinheiro que cai na sua conta do banco.

  • Caso a sua casa esteja necessitando de uma reforma urgentemente, porém, você não possui dinheiro, então a principal solução é realizar um empréstimo pessoal para realizar a reforma.

Assim, realize todas as contas para ter conhecimento do valor que você necessita, tanto do seu empréstimo quanto das parcelas, e para economizar, faça uma pesquisa de todos os materiais em várias lojas.

Com isso, quando você for fazer o orçamento, você deve sempre procurar informar que deseja pagar à vista, e sempre escolha uma loja que ofereça o maior desconto.

Portanto, muitas pessoas possuem dúvidas sobre quando é o momento de pedir um empréstimo, em que esse processo de solicitação jamais deve ser feito no calor do momento, pois deve-se levar em conta diversos fatores para depois partir para a ação.

Quem pode solicitar um empréstimo pessoal?

Sobre quem pode solicitar um empréstimo pessoal, entenda que esse é considerado como uma das formas mais comuns de se conseguir crédito, pois ele possui uma grande facilidade de aprovação, além da liberação do dinheiro de uma maneira rápida, sendo um melhor alternativa do que o cheque especial.

No entanto, essa sempre deve ser uma decisão muito bem tomada, pois o empréstimo pessoal possui uma taxa de juros, o que pode acabar atrapalhando o seu orçamento, além disso, caso você possua dificuldades de realizar pagamentos de empréstimos, você irá ter que lidar com ligações o tempo todo da empresa de cobrança.

Vale lembrar ainda que se você for ao banco, é necessário que você tenha mais de 18 anos de idade e seja titular da sua conta corrente que está em uso atualmente, pois o banco irá fazer uma análise do seu histórico antes de realizar a liberação do dinheiro para ter conhecimento se você é ou não um bom pagador.

Saiba mais sobre quem pode solicitar um empréstimo pessoal

Se você deseja saber mais sobre quem pode solicitar um empréstimo pessoal, saiba que tirar um dinheiro emprestado pode lhe ajudar muito nos momentos de aperto no orçamento, em que antes de sair em busca de um empréstimo, o mais indicado é que você sempre conheça o passo a passo de tal processo.

Além disso, é interessante que você procure entender sobre como as instituições financeiras irão decidir sobre a liberação da sua linha de crédito. Mas, de uma maneira geral, o básico para que se consiga um empréstimo pessoal e com uma ótima taxa é atender a determinados requisitos.

Vale lembrar ainda que o que é muito comum para a maioria das instituições é a necessidade de comprovação de que você é você, onde você deve apresenta o seu RG, apresentar o seu comprovante de renda e outros documentos que comprovem que a sua renda não se encontra tão comprometida com outro empréstimo, e a apresentação do comprovante de residência.

Assim, após pedir uma análise de crédito, provavelmente a instituição financeira irá analisar todos os seus documentos e irá decidir se possui ou não uma oferta para você, analisando quanto você pode pagar e qual irá ser a taxa de juros.

É interessante que você saiba que outras características também são levadas em consideração, porém, todas se encontram sempre calculadas dentro do score, onde recentemente tem crescido muito a busca por formas alternativas, como a análise de informações que se captura por redes sociais para o entendimento com clareza de como o consumidor lida com o dinheiro.

Além disso, vale falar ainda que no Just, todo o perfil financeiro de consumidores é sempre analisado em segundos e de forma automática, principalmente quando a conta bancária se encontra conectada.

Com isso, é possível então encontrar uma oferta de empréstimo que possua uma taxa que seja sob medida e que tenha mais chances de aprovação para você. Já sobre as informações que você deve ter atenção no momento da solicitação do empréstimo, a principal é sempre a taxa de juros.

Assim, você deve analisar se ela se encontra sendo calculada no seu formato nominal ou pelo CET, em que uma dica é procurar se perguntar pelo CET, ou então Custo Efetivo Total, o qual é a taxa de juros que se soma aos outros custos administrativos, como o caso dos seguros, em que tal taxa você irá pagar no fim das contas.

Além disso, ainda busque sempre ter a certeza de que o prazo de pagamento, a parcela do empréstimo e o valor total podem caber no seu orçamento, pois senão tudo pode se transformar em uma bola de neve.

Já no caso sobre em quanto tempo você pode conseguir o dinheiro, isso sempre irá depender muito da instituição financeira que você irá escolher e se todos os seus documentos se encontram em dia e sem pendências.

Mas, em casos que são mais ágeis, como o caso dos empréstimos online, é sempre possível que você consiga a liberação de até dois dias úteis no máximo.

Portanto, se você queria saber quem pode solicitar um empréstimo pessoal, saiba que esse é conhecido como um empréstimo que pode ser cedido para todas as pessoas e para diversos fins, em que você realiza a simulação juntamente com a financeira da quantia que você necessita, e analisa as suas parcelas em um cronograma estruturado de pagamentos fixos.

Conseguir um empréstimo é burocrático?

Se você deseja saber se conseguir um empréstimo é burocrático, saiba que o empréstimo pessoal pode ser uma excelente alternativa para aqueles que desejam avaliar a situação financeira e quitarem as suas dívidas que possuem juros mais altos.

No entanto, para que consiga usar o dinheiro da melhor forma possível, é necessário fazer uma análise de certas dicas e evitar aquele conhecido efeito de bola de neve, onde todas as suas dívidas parecem crescer sem controle.

Com isso, conseguir um dinheiro emprestado em um momento de aperto pode ser uma excelente saída para conseguir sair do sufoco, em que são nessas horas que os empréstimos sem burocracia surgem como ótimas opções simples e rápidas para resolverem os problemas.

Saiba mais se conseguir um empréstimo é burocrático

Caso você queira saber mais se conseguir um empréstimo é burocrático, então entenda que se você está necessitando de crédito, porém nenhum banco se encontra disposto em emprestar, e você necessita de recursos de forma imediata, então é importante que você conheça algumas alternativas para fazer um empréstimo sem burocracia. Confira!

  • É normalmente um fato que conseguir um empréstimo envolver uma determinada burocracia, porém, é muito mais fácil que muitas pessoas pensam, onde essa modalidade garante o uso livre do dinheiro, o qual pode ser usado para qualquer fim.

Geralmente, certos bancos procuram oferecer aos correntistas um crédito já pré-aprovada, que quando se encontra disponível, pode ser simulado e depois solicitado através da própria internet.

No entanto, é possível ainda que você converse de forma direta com o gerente na própria agência do seu banco e faça uma solicitação da análise de crédito para que consiga a montante que deseja.

Assim, nesse caso, é preciso que você faça a apresentação de comprovantes de renda, e outros documentos de um fiador ou então de um avalista, o qual irá ser o responsável pela sua dívida.

  • Outra opção de empréstimo atualmente é realizar a contratação através da internet, com alguma instituição de intermediação financeira, além ainda de poderem garantir taxas que sejam mais baratas por conta dos seus custos serem bem menores.
  • Nos dias atuais, a quantidade de financeiras e de cooperativas de empréstimo tem aumentado muito, onde o crédito pessoal tem se tornado mais acessível.

Nesse caso também é realizado uma análise de crédito, onde você deverá apresentar documentos como o RG, CPF, comprovante de residência e de renda.

Assim, tais instituições podem lhe garantir o crédito do dinheiro de forma direta na sua conta corrente, ou então lhe garantir um cartão que irá servir como débito de uma conta, onde todo o montante estará depositado.

  • É extremamente necessário que você pesquise muito sobre as taxas de juros, procurando observar se elas são fixas ou variáveis. No caso das taxas fixas, elas normalmente garantem mais segurança, enquanto que as variáveis já dão mais acesso e possuem valores mais altos.

Dessa forma, se você procura empréstimo para poder quitar alguma dívida com juros altos, como o caso de cheque especial e cartão de crédito, então você deve procurar observar se o seu empréstimo possui taxas menores e nunca atrasar o pagamento das suas parcelas, pois assim a dívida não irá crescer e se tornar onerosa.

Com isso, sempre faça um bom planejamento do seu empréstimo, onde o valor pode ser dividido em diversos meses, sempre de acordo com a quantia e a forma de pagamento.

  • Para que você planeje e garanta que o seu plano seja bem-sucedido, é fundamental que você use alguma ferramenta de planejamento financeiro, a qual irá lhe ajudar e controlar todas as suas finanças, onde você consegue enxergar quanto irá poder gastar por mês.

Atualmente, é possível encontrar muitas opções gratuitas no mercado, onde você pode fazer o registro de todos os seus gastos nela, e que garantem facilidades como agrupamento dos seus gastos por categorias, além ainda da inserção dos seus gastos diários, e muito mais.

Portanto, se você queria saber se conseguir um empréstimo é burocrático, saiba que ao seguir todas essas dicas realizar um crédito pessoa irá ser muito mais fácil do que você pensa, não comprometendo a sua saúde financeira.

É possível conseguir um empréstimo com restrições?

obre se é possível conseguir um empréstimo com restrições, saiba que se você possui restrição no seu nome, tudo acaba se tornando mais difícil no momento do empréstimo, e isso ocorre, pois tanto o banco como a empresa fazem a consulta do seu CPF antes da liberação do dinheiro.

Com isso, caso o seu nome esteja em restrição, as suas chances podem diminuir muito, pois eles sempre entendem que você não irá possuir condições financeiras para poder pagar pelo serviço que está contratando.

Dessa forma, é extremamente importante que você procure limpar o seu nome e resolver toda a sua situação o mais rápido possível, mas, caso você necessite de dinheiro agora, é possível encontrar alternativas para que você tenha acesso a um crédito.

Conheça mais se é possível conseguir um empréstimo com restrições

Se você deseja saber mais se é possível conseguir um empréstimo com restrições, saiba que se você encontra com o nome sujo, o mercado nunca é muito amigável com as pessoas negativadas, porém, ainda é possível que se consiga um crédito de que você precisa.

No entanto, um empréstimo para pessoas que estão negativadas, possuem taxas que são mais altas, e com isso, confira abaixo algumas alternativas para que você consiga empréstimo com restrição no seu nome!

  • No caso do empréstimo pessoal online, a Simplic é conhecida como um site que é especializado em empréstimo, e mesmo possuindo juros altos, ela é bem flexível na sua aprovação de crédito e, com isso, conforme o tamanho da sua dívida, eles podem conceder um empréstimo até mesmo para quem possui restrição no nome.
  • Em relação ao refinanciamento de imóvel, você normalmente dá o imóvel como forma de garantia do empréstimo que está realizando e, por isso, é essencial que você tenha um imóvel já quitado e no seu nome para que você consiga tal empréstimo.

Geralmente, o mais interessante é que certos bancos aceitam a realização desse empréstimo mesmo para aquelas pessoas que possuem restrição no nome, onde alguns obrigam que parte do empréstimo seja usado para a quitação da dívida que você terá que limpar o seu nome.

  • Sobre o refinanciamento de veículo, ele funciona da mesma maneira que o do imóvel, mas, ao contrário de você dar a sua casa como forma de garantia, você dá o seu veículo. Por isso, é necessário que você tenha um veículo quitado.
  • No caso do penhor, ele ocorre sem burocracia na liberação do crédito, onde a penhora de bens é uma alternativa para aqueles que precisam de um dinheiro de forma rápida, e tal tipo de empréstimo não realiza a análise de crédito e nem faz a exigência de uma comprovação de renda, pois você deve deixar algo valioso como garantia.
  • Sobre o empréstimo consignado, as parcelas do pagamento da dívida são sempre descontadas de forma direta na sua folha de pagamento, isto é, assim que o seu salário cai na sua conta, ela será menor, pois uma parte será para a quitação da parcela do empréstimo daquele mês.
  • Já o consórcio não é considerado como um empréstimo, e você não possui o dinheiro como essa opção, mas é interessante conhecer essa alternativa.

Geralmente, possuir restrição no seu nome não lhe impede que você realize um consórcio, no entanto, quando você for contemplado com uma carta de crédito, seja por leilão ou por sorteio, certas administradoras irão exigir que você possua pelo menos 70% da sua dívida quitada.

Sendo assim, possuir restrição no seu nome pode dificultar em certos casos a aprovação de um empréstimo, mas não ter como comprovar uma renda torna tudo ainda mais difícil para conseguir um empréstimo e, por isso, é essencial que você tenha os documentos para conseguir comprovar a sua renda quando for solicitar o seu empréstimo.

Portanto, se você queria saber se é possível conseguir um empréstimo com restrições, saiba que ele sempre costuma ser mais caro, em que mesmo existindo diversas alternativas, se você possui uma restrição no seu nome, o importante é que você procure sempre limpa-lo.

Como funciona o empréstimo com garantia de veículo?

Sobre como funciona o empréstimo com garantia de veículo, saiba que você possui um veículo quitado é possível que você possa usá-lo para que consiga uma linha de crédito.

Atualmente, é cada vez mais comum a prática de se pegar um empréstimo com a garantia de veículo, onde isso traz diversas vantagens para aqueles que estão necessitando de dinheiro.

Normalmente, esse tipo de crédito é muito conhecido ainda como refinanciamento de veículos, em que para se obter o empréstimo é preciso que você deixe o bem como forma de garantia na instituição financeira.

Saiba mais sobre como funciona o empréstimo com garantia de veículo

Se você deseja saber mais sobre como funciona o empréstimo como garantia de veículo, para lhe ajudar a entender melhor tudo sobre esse conceito, iremos explicar como funciona esse tipo de empréstimo, além ainda de apresentar as vantagens e as desvantagens de tal modalidade de empréstimo.

Geralmente, ao realizar a solicitação de um empréstimo com garantia de veículo, é realizado uma avaliação de crédito, onde são sempre utilizados diversos créditos para tal aprovação, como a análise de restrição do seu nome, a pontuação do score, a capacidade de você pagar para poder estipular o valor total que irá ser disponibilizado, entre outros.

Assim, caso você possua o seu crédito aprovado, então irá ser feito uma avaliação do seu veículo por meio de um pré-agendamento, onde questões como o ano do seu carro, a quilometragem e o valor do carro são sempre levados em conta.

Mas, de uma maneira geral, um carro novo, ou que seja pouco usado e um modelo mais atual, irá garantir menores juros e uma taxa de aceitação como garantia bem maior, em que à medida que carros mais antigos, ou seja, com dez anos ou mais, irá ter juros maiores ou irão poder não ser aceitos pelas instituições.

Com isso, as instituições financeiras irão disponibilizar um empréstimo de até 80% do valor da avaliação do veículo, o qual irá ficar como forma de garantia, no entanto, esse número pode variar muito, onde o valor da avaliação possui como base a Tabela da FIPE ou Molicar.

Além disso, uma vez que o seu veículo se encontra como forma de garantia na instituição financeira, o bem já começa a passar a ser considerado como alienado, e já não pode ser vendido até que essa dívida seja quitada totalmente.

Quais são as vantagens do empréstimo com garantia de veículo?

Geralmente, o empréstimo pessoal que utiliza como garantia o veículo é muito conhecido também como refinanciamento do veículo, onde essa modalidade de empréstimo, o tomador usa o seu carro ou moto como forma de garantia.

Assim, como tal tomador de crédito procura oferecer algo como garantia em situações de não pagamento da dívida, os juros do empréstimo são menores, e mesmo assim, ainda vale a pena observar que as empresas podem proporcionar taxas parecidas sem a garantia, o que se faz necessário pesquisar antes.

Uma das principais vantagens então de um empréstimo com garantia de veículo é que ele pode ser tomado por aqueles que possuem o nome sujo, no entanto, a pessoa irá passar por uma análise de crédito, onde poderá ter a liberação ou não do empréstimo.

Quais são as desvantagens do empréstimo com garantia de veículo?

Para que você possa pedir um empréstimo com garantia de veículo é preciso que ele esteja em seu nome e quitado, e mesmo que você seja casado, por exemplo, você não irá poder pedir um empréstimo utilizando o bem que se encontra no nome do seu conjugue.

Vale lembrar ainda que uma outra desvantagem de tal modalidade de empréstimo é que o seu bem irá ficar alienado, e com isso, não poderá ser vendido até que a sua dívida do empréstimo seja quitada.

Com isso, sempre se lembre que mesmo que você esteja ofertando um bem como forma de garantia, a instituição financeira nunca é obrigada a lhe conceder o empréstimo que você precisa.

Por isso, tal modalidade é ainda uma das mais burocráticas do que um empréstimo convencional, pois o veículo passa por uma vistoria, ficando alienado, em que você ainda corre o risco de perder o seu bem.

Portanto, se você queria saber sobre como funciona o empréstimo como garantia de veículo, saiba que essa uma das modalidades que tem as menores taxas e com prazos que são muito confortáveis para poder pagar. E se você está necessitando de um valor moderado e possui um veículo quitado, fazer esse empréstimo pode ser uma boa solução.

Empréstimo consignado: entenda essa modalidade

Hoje em dia é muito comum as pessoas recorrem em fazer um empréstimo consignado, seja para conseguir o equilíbrio em suas contas ou até mesmo para realizar um sonho.

Antes de optar por algum tipo de crédito é importante saber procurar pelas opções que têm as menores taxas do mercado. O empréstimo consignado é considerado um bom negócio.

Esse tipo de empréstimo consignado é uma modalidade onde as parcelas cobradas são descontadas diretamente da folha de pagamento da pessoa contratante. Desta forma a financeira tem maiores garantias de pagamento, assim podendo ter taxas de juros mais baratas.

Esse é um dos melhores negócios para quem precisa de dinheiro, além do mais com o empréstimo consignado você não deixa de pagar as parcelas, já que são descontadas diretamente do seu salário.

Saiba um pouco mais sobre empréstimo consignado

O empréstimo consignado é exclusivo para as pessoas que trabalham com com registro em carteira de trabalho, além de aposentados e pensionistas do INSS.

No caso de Servidores públicos, eles podem conseguir taxas ainda mais atrativas por terem mais estabilidade profissional.

Em alguns casos, pode-se dizer que até mesmo pessoas com restrição de crédito conseguem contratar esse tipo de crédito, podendo assim aproveitar essa oportunidade para regularizar suas finanças.

Caso você tenha interesse em conseguir esse tipo de crédito, a primeira coisa a fazer é passar a saber se a empresa em que você este registrado tem convênio com alguma instituição financeira, esse tipo de informação você poderá ter no RH de sua empresa.

Para solicitar o seu um empréstimo consignado, você terá que comparecer a uma instituição financeira e apresentar os seguintes documentos: RG, CPF, além de comprovante de residência e de renda.

No empréstimo consignado não é preciso ser correntista do banco definido para fazer a solicitação.

Sobre a quantia a ser solicitada varia muito dos rendimentos do cliente, por exemplo o valor comprometido que será cobrado mensalmente não pode ultrapassar mais que 30% da sua renda.

Outro item muito importante sobre o empréstimo consignado é que é possível ter mais de um empréstimo ao mesmo tempo, porém vale lembrar que o valor somado de todas as parcelas precisa respeitar o limite de não ultrapassar os 30% da renda do contratante.

Como você viu, aqui em nosso artigo esse tipo de crédito oferece para você as menores taxas do mercado a ainda mais, você terá mais comodidade na forma de pagamento.

Vale ressaltar que é muito importante, antes de solicitar esse tipo de empréstimo, se planejar, pois não se esqueça de que ele representará uma redução no seu salário todos os meses, até que o financiamento seja totalmente pago.

Muitas pessoas hoje em dia vêm optando em fazer o empréstimo consignado, pois esse crédito é considerado uma das melhores opções para as pessoas que estão precisando de um dinheiro extra, mas não tem condições financeiras de pagar parcelas muito altas e principalmente taxas absurdas, como são cobrados em outros tipos de financiamentos.

Então se você desejar pagar menos juros essa é a melhor opção para você, onde ambos ganham, afinal como o pagamento é descontado diretamente do salário do contratante, essa é uma forma de garantia da instituição financiadora também.

Tendo a garantia de pagamento em dia, do crédito financiado, sabemos que o risco para a empresa é bem menor em comparação as outras formas de pagamentos encontradas no mercado. Essa garantia ajuda com que os juros cobrados no empréstimo consignado sejam bem menores do que em um empréstimo pessoal normal.

Vale lembrar de que nessa opção de empréstimo consignado o dinheiro que você financiou poderá ser utilizado para qualquer fim, sem nenhum tipo de restrição, além do mais, esse dinheiro costuma ser liberado muito mais rápido.

Finalizando, ressaltamos que assim que o perfil for aprovado, o dinheiro cair na conta do contratante em 24 horas. Porém em alguns casos, podemos dizer que o prazo para a liberação do dinheiro muda um pouco de uma instituição financeira para outra, mas fique tranquilo que geralmente não demora a ser liberado o crédito.

Carregando…